Letra de câmbio

Letra de câmbio (LC) é um título de renda fixa, que pode ter rentabilidade pré, pós-fixada ou híbrida e é emitida por financeiras, que usam o dinheiro para emprestar para outros clientes.

A letra de câmbio é um ativo que segue a mesma lógica dos CDBs: você vira credor do emissor, que, neste caso, é uma financeira, não um banco. Em troca, você recebe seu dinheiro corrigido.

Por se tratar de um ativo classificado como renda fixa, as LCs podem ser uma alternativa para quem queira compor e diversificar uma carteira que já tenha CDB, LCA e Tesouro Direto, por exemplo.

Paciência e Consistência: como lidar com seus investimentos de longuíssimo prazo
– Ilustração: Renata Miwa

Mas, se já existem os CDBs, qual é a vantagem da letra de câmbio? Simples: o retorno. Não raro, as financeiras oferecem rendimentos bastante atrativos para atrair investidores. Por serem instituições menores do que os bancos, as financeiras podem encontrar alguma desconfiança por parte dos investidores, daí a necessidade de oferecer taxas melhores.

O principal risco deste título é o de crédito, que acontece quando o devedor não paga a dívida. Neste caso, pode acontecer quando uma financeira quebra. De qualquer forma, a letra de câmbio é garantida pelo FGC, assim como outros ativos da renda fixa, como o próprio CDB e a LCA.

Letras de câmbio pré, pós-fixada ou híbrida

Segundo a B3, nossa Bolsa de Valores, a letra de câmbio pode ser emitida com remuneração pré, pós-fixada ou híbrida, sempre com rentabilidade diária. Vamos explicar cada uma das modalidades de pagamento das LCs:

Prefixadas

Nas prés, você conhece a rentabilidade do título assim que o adquire. Essa alternativa é boa quando os juros estão em queda. Assim, você já garante hoje um ganho maior no futuro.

Pós-fixadas

Já as pós-fixadas variam de acordo com o CDI e você só vai saber quanto vai apurar no vencimento do papel.

Híbridas

E temos ainda as LCs híbridas, que é a junção dos dois modelos anteriores, as prés e as pós-fixadas. Este modelo é bom para quem está com tempo e pode deixar o dinheiro aplicado no longo prazo, deseja manter o poder de compra e ter ganhos acima da inflação.

Leão e letra de câmbio

As letras de câmbio têm cobrança de Imposto de Renda sobre o rendimento, com tabela regressiva, como acontece com os CDBs e o Tesouro Direto. Então, seguem a seguinte estrutura de pagamento:

  • 22,5% sobre o rendimento, para até 6 meses de aplicação;
  • 20% sobre o rendimento, de 6 meses a 1 ano de aplicação;
  • 17,5% sobre o rendimento, para 1 ano a 2 anos de aplicação;
  • 15% sobre o rendimento, para investimentos acima de 2 anos.

E é bom que você saiba que resgates feitos antes de o investimento completar um mês pagam IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). 

Explore mais termos
Swiper Anterior
Swiper Próximo

Direto ao Ponto Bancos de investimento (BI)

Bancos de investimento (BI) são instituições financeiras especializadas em operações estruturadas, emitindo ativos como debêntures, e prestando assessoria financeira, como nos processos de abertura de capital na Bolsa de Valores.…

Leia Mais Ir para: Bancos de investimento (BI)
Direto ao Ponto BDR (Brazilian Depositary Receipt)

BDR (Brazilian Depositary Receipt) é um recibo com o qual o investidor tem acesso a ações de empresas estrangeiras pela B3, sem ter que abrir conta em corretora de outro país.…

Leia Mais Ir para: BDR (Brazilian Depositary Receipt)
Direto ao Ponto Berkshire Hathaway

Berkshire Hathaway é uma holding com sede em Nebraska (EUA), que está sob comando de Warren Buffett…

Leia Mais Ir para: Berkshire Hathaway
Direto ao Ponto Zerar posição

Zerar posição acontece sempre que você vende todos os seus investimentos. No mercado de ações, por exemplo, quando você zera sua posição, você está emitindo uma ordem de venda de todos os papéis que você tem em carteira.…

Leia Mais Ir para: Zerar posição
Direto ao Ponto Mercado fracionário

O lote padrão de uma empresa listada na Bolsa de Valores tem 100 ações. No mercado fracionário, este lote é "quebrado" e o investidor pode comprar de uma a 99 ações.…

Leia Mais Ir para: Mercado fracionário
Direto ao Ponto Pro rata

Pro rata, ou pro-rata, é um termo usado no mundo da contabilidade, economia, direito e finanças que indica divisões iguais de um valor. A distribuição de dividendos entre acionistas é um exemplo de pro rata.…

Leia Mais Ir para: Pro rata

Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 29.fev.2024 às 18h22
Mercadante: carteira de crédito do BNDES cresceu R$ 35 bilhões de 2022 a 2023

Total somou R$ 515 bilhões em 2023, incremento de 7,4% em relação a 2022. O BNDES apresentará os resultados do ano passado na próxima 2ª

2 min.
Redação IF Publicado em 21.fev.2024 às 07h02
BNDES investe R$ 500 mi em fundo de crédito para infraestrutura gerido pelo Pátria

Fundo focará em pequenos e médios projetos de infraestrutura, incluindo projetos greenfield, executados a partir do zero

3 min.
Redação IF Publicado em 17.fev.2024 às 09h17
Unigel volta a sofrer pressão de credores e fica mais próxima da recuperação judicial

O pedido de execução foi encaminhado ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) pela Vórtx, agente fiduciário das debêntures, na última quinta-feira, 15

Redação IF Publicado em 16.fev.2024 às 13h43
Haddad: pedido para bancos apoiarem projetos sobre crédito é para acelerar tramitação

Segundo o ministro da Fazenda, projetos não são novos, mas são primordiais para o ambiente de crédito no Brasil

2 min.
Aluísio Alves Publicado em 05.fev.2024 às 19h18
Itaú Unibanco (ITUB4) anuncia dividendo extra de R$ 11 bi; lucro chega a R$ 9,4 bi no 4º tri

O valor do dividendo extraordinário era amplamente aguardado por investidores e analistas

Bora Investir Publicado em 30.jan.2024 às 15h43
Onde estão as oportunidades no mercado de crédito?

Saiba como investir em um setor que vem crescendo há cinco anos

Aluísio Alves Publicado em 24.jan.2024 às 06h00
Caixa Econômica busca parceiros internacionais para financiamento imobiliário; assista vídeo

A informação é do presidente-executivo do banco estatal, Carlos Vieira, em entrevista à Inteligência Financeira

Redação IF Publicado em 15.jan.2024 às 13h21
Senacon acolhe denúncia de ‘parcelado sem juros pirata’ contra PagBank, Mercado Pago, Stone e PicPay

De acordo com a denúncia feita pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), PagBank, Mercado Pago, Stone e PicPay cobram juros dos consumidores de forma dissimulada em alguns de seus produtos

3 min.
Redação IF Publicado em 11.jan.2024 às 20h42
Teto de juros do consignado do INSS cairá para 1,76% ao mês

O novo teto do consignado é 0,04 ponto percentual menor que o antigo limite, de 1,80% ao mês, nível que vigorava desde dezembro. O teto dos juros para o cartão de crédito consignado caiu de 2,67% para 2,61% ao mês

3 min.
Clique e veja mais

Continue acompanhando a gente aqui no nosso site, pelo seu e-mail e nas nossas redes sociais. Informação é investimento!

A partir de agora, enviaremos a você as últimas notícias e análises para orientar seus investimentos com inteligência. Não esqueça de checar se nossa mensagem de boas vindas caiu na sua caixa de "Spam" ou "Promoções". Se isso acontecer, transfira a mensagem para a sua caixa de "Entrada". Obrigada!

< Voltar ao site