B3

A B3, sigla para ‘Brasil, Bolsa e Balcão’, é a bolsa de valores do Brasil, onde se negocia títulos de renda variável.

A bolsa de valores brasileira (B3) nasceu em 23 de agosto de 1890, por iniciativa de Emílio Rangel Pestana. Assim, seu primeiro nome foi “Bolsa Livre”.

Porém, em 1891, a bolsa foi fechada por políticas econômicas que geraram hiperinflação e surto especulativo.

Em contrapartida, quatro anos mais tarde, ela foi reaberta, agora com o nome de Bolsa de Fundos Públicos de São Paulo.

Então em 1935, a bolsa novamente passou por reformulações e foi rebatizada como Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

O IPO da bolsa

Em 2007, a Bovespa fez o próprio IPO e em 2008 se fundiu à Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), passando a ser chamada BM&F Bovespa.

Finalmente em 2017, a B3 surgiu sob o formato atual após a fusão da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBOVESPA) com a Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos (CETIP).

O que faz a B3?

Desta forma, podemos dizer que as bolsas organizam o mercado de compra e venda de ações, além de outros títulos de renda variável.

Logo, um dos objetivos da bolsa é garantir que o mercado tenha liquidez, dando segurança aos interessados em adquirir ou vender ativos.

Títulos negociados na B3?

Atualmente, cerca de 500 empresas estão listadas na B3.

Ou seja: todas essas companhias disponibilizam suas ações para serem vendidas e compradas.

Assim, para facilitar todo o processo, a bolsa também divide as essas empresas em diversos setores, como:

  • Bens Industriais
  • Consumo Cíclico
  • Consumo não Cíclico
  • Financeiro e Outros
  • Materiais Básicos
  • Petróleo, Gás e Biocombustíveis
  • Saúde
  • Tecnologia da Informação
  • Telecomunicações
  • Utilidade Pública

Também é possível encontrar na B3 outros ativos que chegaram depois da fusão entre BM&F Bovespa e Cetip. São eles:

  • Ativos de renda fixa públicos;
  • Ativos de renda fixa privados;
  • Cotas de fundos;
  • Derivativos;
  • Mercados à vista, de renda variável, ouro e câmbio.
(Foto: Divulgação/B3)

Explore mais termos
Swiper Anterior
Swiper Próximo

Direto ao Ponto Swing trade

Swing trade é uma operação feita na Bolsa de Valores, na qual o investidor compra e vende ações em pregões diferentes, com intervalo de dias ou semanas.…

Leia Mais Ir para: Swing trade
Direto ao Ponto Bancos múltiplos

Bancos múltiplos são instituições financeiras que oferecem uma série de serviços financeiros e fazem operações de várias outras instituições, como investimentos, crédito imobiliário, financiamentos. Eles são regulados pelo Banco Central e podem atuar no varejo e no atacado.…

Leia Mais Ir para: Bancos múltiplos
Direto ao Ponto D+0, D+1, D+2

D+0 (ou D0), D+1 (ou D1), D+2 (ou D2) são prazos de resgate de investimentos, considerando apenas dias úteis. As siglas representam a quantidade de dias para o dinheiro cair na conta do investidor. …

Leia Mais Ir para: D+0, D+1, D+2
Direto ao Ponto Acionista

Acionista é o investidor pessoa física ou jurídica que tem uma ou mais ações – ou até frações - de uma empresa.…

Leia Mais Ir para: Acionista
Direto ao Ponto Joesley Day

Joesley Day foi o nome dado ao histórico pregão de 18 de maio de 2017, em que a Bolsa de Valores despencou e o dólar disparou sob impacto da delação do empresário Joesley Batista, então presidente do grupo JBS, uma das empresas do grupo J&F.…

Leia Mais Ir para: Joesley Day
Direto ao Ponto Pirâmide financeira

É um modelo de negócio fraudulento e não sustentável. Nele, participantes se tornam membros de um esquema com promessas de ganho financeiro rápido e alto, mas acabam perdendo dinheiro em algum momento. …

Leia Mais Ir para: Pirâmide financeira

Você também pode gostar
Pedro Knoth Publicado em 25.fev.2024 às 07h00
A receita para o bilhão da Eletromidia (ELMD3)

Em entrevista exclusiva, Alexandre Guerrero, CEO da Eletromidia (ELMD3) abre o jogo: empresa tem recorde no Carnaval e pode pagar dividendos

Daniel Fernandes Publicado em 23.fev.2024 às 09h05
Ibovespa tenta entrar em campo, mas é barrado, informa análise grafista do Itaú BBA

Assim equipe de análise gráfica do Itaú BBA define o que ocorreu na bolsa de valores na quinta-feira

Redação IF Publicado em 22.fev.2024 às 20h02
B3 (B3SA3): lucro liquido recorrente cai 8,2% em 12 meses, para R$ 1,057 bi no 4º tri

Controladora da bolsa brasileira acredita que 'ainda que tenham ocorrido reduções na taxa de juros ao longo do ano no Brasil, o nível de juros ainda elevado não permitiu que o segmento de ações e instrumentos de renda variável apresentasse recuperação consistente'

Redação IF Publicado em 21.fev.2024 às 06h00
Morning call: mercado vive dia de expectativa com ata do Fed e balanços importantes

Há balanços importantes programados para esta quarta-feira e que sempre mexem com a bolsa de valores

Pedro Knoth Publicado em 20.fev.2024 às 10h34
Ibovespa fecha na máxima, acima de 129 mil pontos; dólar recua a R$ 4,93

Relatório de análise gráfica indica que a região de resistência em 130,6 mil pontos continua importante

Pedro Knoth Publicado em 17.fev.2024 às 07h15
MRV (MRVE3) e Hapvida (HAPV3): vale investir nas ações com maiores quedas do Ibovespa?

Mercado aponta o que as ações com maiores quedas na bolsa têm em comum. Afinal, vale a pena investir nelas?

Redação IF Publicado em 16.fev.2024 às 06h00
Morning call: bolsa de valores deve manter ritmo da semana de retorno do Carnaval nesta sexta

Por conta da ausência de indicadores econômicos relevantes por aqui, a tendência é que a bolsa de valores fique mais exposta ao exterior

Pedro Knoth Publicado em 15.fev.2024 às 19h46
Ações em alta: Usiminas (USIM5) sobe 5% junto a petroleiras no Ibovespa

Ibovespa sobe impulsionado por empresas ligadas a commodities, como Usiminas (USIM5) e Petrobras (PETR4), destaques entre ações em alta

Clique e veja mais

Caso ainda não esteja recebendo nossas mensagens, cheque sua caixa de spam e permita o recebimento dos emails da Inteligência Financeira.

Continue acompanhando a gente aqui no nosso site, pelo seu e-mail e nas nossas redes sociais. Informação é investimento!

A partir de agora, enviaremos a você as últimas notícias e análises para orientar seus investimentos com inteligência. Não esqueça de checar se nossa mensagem de boas vindas caiu na sua caixa de "Spam" ou "Promoções". Se isso acontecer, transfira a mensagem para a sua caixa de "Entrada". Obrigada!
Caso ainda não esteja recebendo nossas mensagens, cheque sua caixa de spam e permita o recebimento dos emails da Inteligência Financeira.

Verifique se o e-mail com o vídeo caiu na caixa de "Spam" ou "Promoções". Se isso acontecer, transfira essa mensagem para a sua caixa de "Entrada".

< Voltar ao site