Boletim Focus

O Boletim Focus é divulgado pelo Banco Central toda segunda-feira, às 8h30, com projeções considerando as expectativas de especialistas do mercado financeiro para o PIB, IPCA, IGP-M, Selic, câmbio, entre outros indicadores. Por que ele é importante? Porque o Focus é considerado um termômetro para se entender o momento e os rumos da economia brasileira.

O Boletim Focus também serve como uma bússola aos investidores ao identificar tendências que podem influenciar as aplicações, como um ciclo de ajustes na taxa básica de juros ou um cenário de disparada dos índices de inflação. A pesquisa ainda embasa o Comitê de Política Monetária (Copom) na reunião realizada a cada 45 dias em que é definida a Taxa Selic Meta.

Como é feito o Boletim Focus?

A produção do Focus é como uma linha de montagem de uma fábrica. O relatório é um agregado de projeções feitas por cerca de 140 instituições, como bancos, gestoras de recursos, empresas não-financeiras, consultorias, associações de classe e até universidades.

Primeiro, os analistas e especialistas das entidades coletam as estimativas por pesquisas junto a profissionais de mercado ou consumidores, ou recorrendo a dados captados a partir da negociação de ativos financeiros.

Em seguida, o Banco Central recebe as informações, via Sistema Expectativas de Mercado, até a sexta-feira que antecede a publicação de um novo documento.

Só a partir disso é que o Departamento de Relacionamento com Investidores e Estudos Especiais (GERIN) faz a consolidação do material e na segunda-feira, logo pela manhã, a pesquisa é divulgada no site oficial e nas redes sociais do Banco Central, além de ser amplamente repercutida na mídia e outras fontes ligadas ao mercado financeiro.

Você quer receber o Focus?

Então, basta preencher um cadastro simples neste endereço: www.bcb.gov.br/controleinflacao/inscricao_focus

Como tudo começou?

A versão informatizada do Focus existe desde novembro de 2001. Antes disso, o próprio Banco Central reconhece que o processo era bem confuso. Primeiro por conta do quadro de incertezas que se seguiu ao fim da âncora cambial e a forte valorização do dólar. Depois pelo fato de as informações serem repassadas por telefone, fax ou correio eletrônico, o que poderia aumentar a chance de erros. A digitalização acabou com tudo isso. E o relatório vem desde então sendo aperfeiçoado, tanto pelo maior número de instituições envolvidas no estudo, quanto pela incorporação de novas variáveis macroeconômicas, como outros indicadores de inflação, taxa de câmbio, taxa de juros e dados fiscais.

A interpretação do Boletim Focus em cinco passos:

1) Ao abrir o relatório completo, tanto das estimativas para o ano corrente quanto para os três próximos, a informação mais importante é a que aparece na coluna “Hoje”. Ela traz o número atualizado da projeção para cada um dos indicadores;

2) Outro tópico importante é o “Comportamento semanal”, que sinaliza se houve variação (queda ou alta) ou se o indicador ficou estável em relação ao levantamento anterior;

3) Na coluna “Há 1 semana” é possível identificar qual foi a oscilação numérica entre os dois últimos boletins;

4) Já o pilar “Há 4 semanas” mostra o histórico do indicador há um mês;

5) Como nem todas as instituições fazem uma avaliação completa dos indicadores, a última coluna destaca o número de respostas na amostra mais recente divulgada. Uma base maior ou menor dá mais clareza sobre o quadro geral na hora de fazer a análise do relatório.

Explore mais termos
Swiper Anterior
Swiper Próximo

Direto ao Ponto LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)

A LCA é um ativo de renda fixa, emitido por instituições financeiras públicas e privadas. Na prática, ao investir em LCA, você estará emprestando dinheiro para o agronegócio. …

Leia Mais Ir para: LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)
Direto ao Ponto Zerar posição

Zerar posição acontece sempre que você vende todos os seus investimentos. No mercado de ações, por exemplo, quando você zera sua posição, você está emitindo uma ordem de venda de todos os papéis que você tem em carteira.…

Leia Mais Ir para: Zerar posição
Direto ao Ponto Comitê de Política Monetária (Copom)

O Comitê de Política Monetária (Copom) é o órgão do Banco Central (BC) responsável por definir os juros básicos (Selic). …

Leia Mais Ir para: Comitê de Política Monetária (Copom)
Direto ao Ponto Renda fixa

A renda fixa é uma classe de ativos que tem regras e prazos para remunerar seus investidores.…

Leia Mais Ir para: Renda fixa
Direto ao Ponto Bancos de investimento (BI)

Bancos de investimento (BI) são instituições financeiras especializadas em operações estruturadas, emitindo ativos como debêntures, e prestando assessoria financeira, como nos processos de abertura de capital na Bolsa de Valores.…

Leia Mais Ir para: Bancos de investimento (BI)
Direto ao Ponto Benchmark

Benchmark é um termo inglês para “referência padrão”, que, no contexto financeiro, é utilizado como métrica de desempenho de um determinado ativo. Nos casos dos fundos de investimento em ações brasileiros, o benchmark costuma ser o Ibovespa, principal índice acionário do país. Já os fundos de renda fixa geralmente têm como referência o CDI. …

Leia Mais Ir para: Benchmark

Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 20.fev.2024 às 13h01
Servidores do Banco Central iniciam paralisação de 48 horas

De acordo com o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), a adesão à paralisação abrange pelo menos a metade dos servidores

Redação IF Publicado em 20.fev.2024 às 08h01
Prévia do PIB: indicador do Banco Central tem alta de 2,45% em 2023; acima do esperado

A atividade econômica ganhou tração nos últimos meses de 2023, impulsionada principalmente pelo consumo das famílias, diz economista

Redação IF Publicado em 19.fev.2024 às 12h52
Com paralisação de servidores, BC adia novamente Focus, da terça (20) para a quinta (22)

Além de intensificar a entrega de cargos comissionados, os sindicatos dos funcionários do BC anunciaram que vão parar completamente por 48 horas

Redação IF Publicado em 19.fev.2024 às 09h33
Quanto o PIB do Brasil cresceu em 2023? Novos dados indicam alta de 3% no ano passado

Números prévios do Banco Central e da FGV mostram uma expansão da economia do país em dezembro

Redação IF Publicado em 16.fev.2024 às 09h21
Bancos mantêm juros aos consumidores inalterados mesmo após a queda da Selic, diz pesquisa

A taxa está hoje em 11,25% ao ano, depois de cinco cortes consecutivos de 0,5 ponto porcentual iniciados em agosto de 2023

Redação IF Publicado em 09.fev.2024 às 18h11
Sindicatos do BC marcam greve de 48h para 20/2 e servidores entregam cargos de chefia em massa

Em dezembro, os servidores do BC aprovaram o 'estado de greve geral' e já realizaram paralisação de 24h no dia 11 de janeiro. Na ocasião, o movimento teve adesão de mais de 70% da categoria

Clique e veja mais

Caso ainda não esteja recebendo nossas mensagens, cheque sua caixa de spam e permita o recebimento dos emails da Inteligência Financeira.

Continue acompanhando a gente aqui no nosso site, pelo seu e-mail e nas nossas redes sociais. Informação é investimento!

A partir de agora, enviaremos a você as últimas notícias e análises para orientar seus investimentos com inteligência. Não esqueça de checar se nossa mensagem de boas vindas caiu na sua caixa de "Spam" ou "Promoções". Se isso acontecer, transfira a mensagem para a sua caixa de "Entrada". Obrigada!
Caso ainda não esteja recebendo nossas mensagens, cheque sua caixa de spam e permita o recebimento dos emails da Inteligência Financeira.

Verifique se o e-mail com o vídeo caiu na caixa de "Spam" ou "Promoções". Se isso acontecer, transfira essa mensagem para a sua caixa de "Entrada".

< Voltar ao site