CDI

CDI é benchmark para grande parte dos investimentos de renda fixa e ainda serve como termômetro para as aplicações; saiba como ele funciona

CDI (Certificado de Depósito Interbancário) é um título emitido por bancos para captar recursos de outras instituições financeiras com prazo de um dia útil. Assim, ele é definido pela taxa DI, que é uma média das operações realizadas entre bancos e que acompanha a Selic. Mas há um desconto de 0,10 ponto percentual. O que chamamos de CDI, é, na verdade a taxa DI praticada entre bancos.

Então, o CDI nasceu na década de 1980 para ampliar a liquidez de bancos. Ele funciona como um CDB, só que na outra ponta do empréstimo para um banco está outro banco. A média da taxa destes empréstimos é a taxa DI que conhecemos como CDI e usamos como parâmetros para os investimentos. 

Por regras do sistema financeiro nacional, os bancos precisam terminar o dia com um saldo positivo de transações.

Dessa forma, caso o saldo das operações seja negativo, as instituições emitem CDIs para captar nos bancos que têm um caixa positivo o valor necessário e fechar o caixa de forma simples. No dia útil seguinte, há a compensação do CDI, com o empréstimo corrigido pela taxa DI. 

O que você deve saber sobre o CDI

1. Investimentos 

Entre os principais investimentos que acompanham a rentabilidade do CDI estão o CDB, a LC (Letra de Câmbio), o LCA e o LCI (Letra de Crédito Imobiliário). 

2. Como calcular 

O valor do título corresponde a uma taxa de juros (taxa DI), que muda de acordo com a Selic. Este juro, por sua vez, tem seu valor determinado pelo Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central). O comitê se reúne a cada 45 dias para definir a Selic. Nesta reunião, a taxa pode ser mantida, ampliada ou reduzida, de acordo com as necessidades econômicas do país. 

A partir da Selic, é possível calcular o valor diário, mensal e anual do CDI. A taxa de DI atualizada (0,10 ponto percentual abaixo da Selic) pode ser consultada no site da B3, expresso no seu valor anual. Por exemplo, quando a Selic está a 5,25% ao ano, a taxa DI está a 5,15% ao ano, assim como o CDI. 

O CDI mensal corresponde à média das taxas diárias do DI no mês. Para calcular o CDI mensal também é possível dividir a taxa anual pelos 12 meses do ano. 

3. Quanto rende um investimento atrelado ao CDI? 

Para calcular o rendimento de um produto atrelado ao CDI basta multiplicar o percentual do CDI utilizado pela taxa DI.

Por exemplo, um CDB que rende 110% do CDI rende 110% da taxa DI, que em agosto de 2021 estava 5,15%. Ou seja, este CDB rende 5,66%. 

Explore mais termos
Swiper Anterior
Swiper Próximo

Direto ao Ponto Pro rata

Pro rata, ou pro-rata, é um termo usado no mundo da contabilidade, economia, direito e finanças que indica divisões iguais de um valor. A distribuição de dividendos entre acionistas é um exemplo de pro rata.…

Leia Mais Ir para: Pro rata
Direto ao Ponto Recuperação judicial

RJ é uma medida extrema para evitar a suspensão das atividades e a consequente falência de uma empresa. Recuperação judicial funciona principalmente para negociar as dívidas com os credores.…

Leia Mais Ir para: Recuperação judicial
Direto ao Ponto Ifix

O Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX) foi criado em 2012 pela B3 para mostrar o retorno médio dos fundos imobiliários.…

Leia Mais Ir para: Ifix
Direto ao Ponto Balanço patrimonial

Balanço patrimonial é um relatório que descreve as situação financeira de uma empresa e todas suas movimentações no período, normalmente um trimestre. Em resumo: um balanço de uma empresa é como uma "selfie sem filtro" das informações contábeis que o acionista investidor deve acompanhar.…

Leia Mais Ir para: Balanço patrimonial
Direto ao Ponto Dividendo

Dividendo é o lucro de uma empresa distribuído aos acionistas. A partilha fica a cargo dos diretores da empresa, que definem se haverá pagamento, qual a quantia a ser paga, quando isso deve acontecer e quais acionistas terão direito ao recebimento. …

Leia Mais Ir para: Dividendo
Direto ao Ponto B2B

B2B é o modelo em que uma empresa faz negócio com outras empresas.…

Leia Mais Ir para: B2B

Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 25.fev.2024 às 07h59
Saiba como o FGTS Futuro contribuirá para compra da casa própria

O FGTS Futuro permite o uso de contribuições futuras do empregador ao fundo para comprovar renda maior e comprar imóveis mais caros ou reduzir o valor da prestação

4 min.
Lívia Venaglia Publicado em 23.fev.2024 às 09h43
LCI tem FGC? E debêntures, CRA e CDB? veja quais produtos são protegidos

Fundo Garantidor de Créditos assegura a proteção a valores investidos em diversos produtos, mas não cobre todos os ativos e nem qualquer valor

Redação IF Publicado em 23.fev.2024 às 08h40
Caixa Seguridade (CXSE3) lucra R$ 922,4 milhões no 4º trimestre, alta anual de 22,5%

O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) da companhia em 2023 foi de 66,2%, 11,6 pontos percentuais acima do visto no ano retrasado

Renato Jakitas Publicado em 22.fev.2024 às 21h06
Nubank (ROXO34) vai ampliar ‘caça’ na alta renda e quer expansão no México em 2024

Banco digital divulgou resultado financeiro com números recordes no quarto trimestre de 2023

Anne Dias Publicado em 22.fev.2024 às 16h02
Qual é o melhor banco digital para investir?

Levantamento analisou oito bancos digitais; veja qual recebeu a maior nota e saiba também como escolher o banco para investir

4 min.
Aluísio Alves Publicado em 22.fev.2024 às 12h02
Nvidia (NVDC34) dá show no 4° tri e Itaú BBA dobra aposta

Analista usou uma frase de Warren Buffett para justificar a manutenção de compra do papel, mesmo após uma disparada de mais de 200% em 12 meses

Redação IF Publicado em 22.fev.2024 às 10h08
Itaú ‘entrega’ à Madonna criação de novo comercial da campanha de 100 anos do banco

No peça publicitária, Madonna afirma que a sua carreira é atemporal, em linha com o mote da campanha do Itaú

Aluísio Alves Publicado em 21.fev.2024 às 12h30
Entra BTG (BPAC11) e sai Nubank (ROXO34) na carteira Top 5 do Itaú BBA

O relatório considera que Nubank ainda é uma boa tese de investimento, mas os estrategistas preferiram realizar lucros após a forte alta recente das ações

Redação IF Publicado em 21.fev.2024 às 07h38
HSBC (H1SB34) sofre prejuízo inesperado no 4º tri com baixas contábeis e anuncia recompra de ações

O HSBC teve prejuízo líquido de US$ 153 milhões no quarto trimestre de 2023; resultado frustrou a expectativa de analistas

1 min.
Lucas Andrade Publicado em 20.fev.2024 às 13h34
Por que comprar ações da Vale (VALE3) agora? Veja o que diz a XP

Analistas apontam desconto em relação ao preço do minério de ferro e dividend yield atrativo

Aluísio Alves Publicado em 20.fev.2024 às 12h11
Itaú BBA vê Life bombando e sobe preço-alvo de Vivara (VIVA3)

Analistas preveem agora uma aceleração das inaugurações de lojas da Life, que têm maior margem e devem ajudar no fluxo de caixa do grupo

Clique e veja mais

Caso ainda não esteja recebendo nossas mensagens, cheque sua caixa de spam e permita o recebimento dos emails da Inteligência Financeira.

Continue acompanhando a gente aqui no nosso site, pelo seu e-mail e nas nossas redes sociais. Informação é investimento!

A partir de agora, enviaremos a você as últimas notícias e análises para orientar seus investimentos com inteligência. Não esqueça de checar se nossa mensagem de boas vindas caiu na sua caixa de "Spam" ou "Promoções". Se isso acontecer, transfira a mensagem para a sua caixa de "Entrada". Obrigada!
Caso ainda não esteja recebendo nossas mensagens, cheque sua caixa de spam e permita o recebimento dos emails da Inteligência Financeira.

Verifique se o e-mail com o vídeo caiu na caixa de "Spam" ou "Promoções". Se isso acontecer, transfira essa mensagem para a sua caixa de "Entrada".

< Voltar ao site