Unit

Direto ao Ponto
Unit

Units são valores mobiliários de diferentes classes negociados como uma unidade. A composição mais comum no mercado brasileiro é a junção de uma ação ordinária com algumas preferenciais, como é o caso da unit do BTG (uma ação ordinária e duas ações preferenciais). Também há a combinação de ações e bônus de subscrição, por exemplo.

Para diferenciar a unit de outros ativos, seu código na Bolsa de Valores é 11 ao fim do ticker. No caso do BTG, fica BPAC11. O investidor, porém, deve ficar atento para não se confundir, já que há outros ativos também levam o código 11, como ETFs e FIIs.

Nos Estados Unidos, uma unit é geralmente composta por uma ação ordinária e bônus de subscrição, que funcionam como títulos de garantia que dão ao titular o direito de adquirir no futuro mais ações a um determinado preço, sob certas condições previamente acordadas.

Qual é a vantagem da unit?

A vantagem da unit é o aumento de liquidez do ativo negociado. Ao invés do investidor negociar a ação ordinária ou a preferencial, ele negocia as duas pela unit.

Ou seja: a unit agrega qualidades de diferentes ativos em apenas um. Comprando uma unit, o acionista terá preferência nos proventos, mas também direito a voto nas assembleias.

E qual é a desvatagem?

Os críticos dizem que a unit é uma maneira de “empurrar” ações preferenciais para os acionistas, e que elas dão menos direitos que as ordinárias.

Como tudo começou

A primeira oferta de unit que se tem registro foi da CMS Advertising, em 1986. A empresa americana fez seu IPO em units que equivaliam a duas ações e um bônus de subscrição, que dava direito a uma ação posteriormente.

Segundo especialistas, a unit foi a solução nos EUA para ofertas com pouca demanda, de empresas menores, mais novas e com negócios mais arriscados.

No Brasil, porém, o uso da unit seguiu um caminho contrário. Uma das primeiras ofertas com este tipo de papel foi do Santander, em 2009. Depois de comprar o estatal Banespa, já listado em Bolsa, o banco espanhol fez uma oferta de units para unir as ações ordinárias e preferenciais do Banespa em um conjunto de papéis do Santander (SANB11), no que é considerado o maior IPO do Brasil.

Units na B3 

Veja abaixo as units negociadas na Bolsa brasileira:  

ALUPAR ALUP11 1 ação ON + 2 ações PN 
BANCO INTER BIDI11 1 ação ON + 2 ações PN 
BTGP BANCO BPAC11 1 ação ON + 2 ações PN 
COPEL CPLE11 1 ação ON + 4 ações PNB 
ENERGISA ENGI11 1 ação ON + 4 ações PN 
KLABIN KLBN11 1 ação ON + 4 ações PN 
MODALMAIS MODL11 1 ação ON + 2 ações PN 
PPLA PPLA11 1 BDR A + 2 BDR B 
RENOVA RNEW11 1 ação ON + 2 ações PN 
SANEPAR SAPR11 1 ação ON + 4 ações PN 
SANTANDER BR SANB11 1 ação ON + 1 ação PN 
SUL AMERICA SULA11 1 ação ON + 2 ações PN 
TAESA TAEE11 1 ação ON + 2 ações PN 
Fonte: B3

Glossário  Bolsa de Valores Ir para: Verbetes

Conheça os termos mais importantes para enriquecer a sua Inteligência Financeira

Direto ao Ponto
Ifix

O Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX) foi criado em 2012 pela B3 para mostrar o retorno médio dos fundos imobiliários.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Blue Chip

Blue chips (ou large caps) são empresas listadas na Bolsa de Valores e que têm valor de mercado acima de R$ 40 bilhões.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Oferta hostil

Também conhecida como aquisição hostil, a oferta hostil acontece quando uma empresa ou um grande investidor toma o controle de uma companhia listada em Bolsa, comprando suas ações.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Acionista

Acionista é o investidor pessoa física ou jurídica que tem uma ou mais ações – ou até frações - de uma empresa.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
B3

A B3, sigla para ‘Brasil, Bolsa e Balcão’, é a Bolsa de Valores do Brasil, que está sediada em São Paulo.…

Leia Mais Ir para:
Swiper Próximo
Swiper Anterior

Você também pode gostar 🔽

Redação IF Publicado em 15.ago.2022 às 11h57
Minério de ferro recua 4,1% no norte da China, para US$ 104,40 por tonelada

Os preços do minério de ferro iniciaram a semana em forte queda no mercado transoceânico, em meio à inesperada desaceleração da economia chinesa em julho. O país asiático é o maior consumidor da commodity no mundo. No norte da China, o minério com teor de 62% de ferro caiu 4,1%, para US$ 104,40 por tonelada, […]

Redação IF Publicado em 15.ago.2022 às 11h52
Cosan tem Ebitda no 2º tri acima do consenso, com melhores volumes em Raízen, diz Goldman Sachs

O Goldman Sachs tem recomendação neutro para as ações da Cosan, com preço-alvo de R$ 20,40, abaixo do valor de R$ 21,03 negociado no momento na B3

Valor Econômico Publicado em 15.ago.2022 às 11h39
No vermelho, Natura vai enxugar a holding

Se cortes tivessem sido feitos em 2021, as despesas corporativas poderiam ter caído 40%, diz CEO global

Itaú Meu Negócio