Ticker

Direto ao Ponto
Ticker

Ticker é o código formado por quatro letras maiúsculas e um número, que compõem o nome de uma ação na B3, nossa Bolsa de Valores.

Veja este e outros vídeos explicando o bê-a-bá das finanças e investimentos no nosso canal do Youtube: youtube.com/sigaif

No ticker, as letras representam a razão social da empresa de capital aberto. Já os números definem o tipo de ação. Os mais comuns são: o 3, para ações ordinárias, 4 para as  preferenciais ou 11, no caso das units (11). Mas ainda são usados os seguintes números no ticker: 

  • 1: dá direito à subscrição de ação ordinária 
  • 2: representa o direito de subscrição a uma ação preferencial 
  • 5 a 8: para ações preferenciais das classes A, B, C, D 
  • 9: para recibo de subscrição de ação ordinária 
  • 10: para subscrição de ação preferencial 

Alguns exemplos de ticker no Brasil:  

  • ABEV3 – ação ordinária da Ambev 
  • PETR4 – ação preferencial da Petrobras 
  • SANB11 – unit do Santander 

Você sabe como funcionam os tickers de opções? 

As opções são um caso à parte. Elas são compostas por cinco letras, e a última representa o vencimento da opção. Exemplo: VALEF53 = opção de compra de ações da Vale (VALE) com vencimento em junho (F), com preço a ser negociado de R$ 53. Ou ainda: PETRD35 é o símbolo das opções para Petrobras (PETR), que têm vencimento em abril (D) e preço a R$ 35. 

Os vencimentos de compra (call) são simbolizados de A a L (de janeiro a dezembro). Os vencimentos de venda (put) vão de M a X (também de janeiro a dezembro). Um pouco confuso, mas conforme você for se habituando, tudo isso deixa de ser uma barreira.  

Para que serve o ticker? 

O ticker existe para facilitar a visualização e a consulta sobre um ativo, principalmente nas plataformas de investimento. Se você quiser, por exemplo, ter acesso ao gráfico de uma ação específica, vai precisar inserir o ticker onde a plataforma indicar. Simples assim.

Glossário  Ações Ir para: Verbetes

Conheça os termos mais importantes para enriquecer a sua Inteligência Financeira

Direto ao Ponto
Blue Chip

Blue chips (ou large caps) são empresas listadas na Bolsa de Valores e que têm valor de mercado acima de R$ 40 bilhões.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Oferta hostil

Também conhecida como aquisição hostil, a oferta hostil acontece quando uma empresa ou um grande investidor toma o controle de uma companhia listada em Bolsa, comprando suas ações.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Minoritários

Acionista minoritário é aquele que tem menos de 50% das ações de uma empresa.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Mercado fracionário

O lote padrão de uma empresa listada na Bolsa de Valores tem 100 ações. No mercado fracionário, este lote é "quebrado" e o investidor pode comprar de uma a 99 ações.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Direito de subscrição

Direito de subscrição é a preferência dada ao acionista para adquirir mais ações, quando uma empresa decide fazer uma nova captação (follow on).…

Leia Mais Ir para:
Swiper Próximo
Swiper Anterior

Você também pode gostar 🔽

Valor Econômico Atualizado em 19.ago.2022 às 06h40
Leilão de aeroportos arrecada R$ 2,72 bilhões em outorgas

Única interessada no bloco liderado por Congonhas, a espanhola Aena arrematou o lote com ágio de 231%. O certame também marcou a estreia da XP Asset no setor aeroportuário

2 min
André Franco Atualizado em 19.ago.2022 às 06h34
Meme coins: vale a pena investir?

Nos ciclos de alta, é normal que ‘versões B’ de uma criptomoeda sejam criadas

5 min
Mário Mesquita Atualizado em 19.ago.2022 às 06h33
Opinião: A economia brasileira em 2022 e 2023

Dados fatores internos e externos, não é baixa a probabilidade de o PIB retroceder no ano que vem

5 min
Redação IF Publicado em 18.ago.2022 às 16h51
Juros futuros fecham em alta após megaleilão do Tesouro

Os juros futuros encerraram o pregão desta quinta-feira (18) em alta, na contramão dos rendimentos dos títulos do Tesouro americano

1 min
Itaú Meu Negócio