Dividend Yield

Dividend yield é a relação entre os dividendos pagos por uma empresa e os valores da ação.

Seja na compra ou na venda de ações, muitos investidores têm o objetivo de lucrar com a valorização desses ativos no pregão da B3. Em contrapartida, existe um outro atrativo muito importante a ser considerado: a distribuição de dividendos, que são os lucros de uma empresa distribuídos para os acionistas.

Para quem quer investir na segunda opção, acompanhar o dividend yield se torna fundamental. Mas afinal, o que significa esse termo exatamente?

O que é dividend yield?

Segundo Bruno Mori, economista e sócio fundador da Sarfin, dividend yield “é um indicador que representa a relação entre os dividendos pagos pela companhia e os preços da ação comprada pelo investidor”, explica.

Portanto, quanto melhor for este indicador (que é apresentado em percentuais), maior será a possibilidade do investidor lucrar com os dividendos daquela empresa. 

Porém, o dividend yield não é o único fator que você deve se atentar ao tomar uma decisão sobre algum investimento. É preciso, também, realizar uma análise mais aprofundada para fazer a melhor escolha.

Qual a importância para quem investe?

Essa métrica é importante para que o investidor possa determinar quais aplicações são mais interessantes para sua carteira de ações. Principalmente quando se está em dúvida entre duas companhias, por exemplo. 

Além disso, a análise se torna muito mais fácil de ser feita quando o valor é expresso em percentuais e não em números absolutos. Por conta disso, os valores do dividend yield geralmente são apresentados em porcentagens. 

Como calcular essa métrica?

É um processo bem simples. “Para realizar esta conta é preciso saber qual o valor dos dividendos por ação (ou pelo menos, sua projeção) pagos pela empresa e também o preço unitário (cotação) da ação, antes que os rendimentos sejam distribuídos”, ensina Ariane Benedito, economista e especialista em capitais.

Depois de já ter descoberto todas as informações necessárias, basta dividir o valor dos dividendos pela cotação da ação. Ao obter o resultado dessa operação, deve-se multiplicar o número por 100 para chegar à taxa percentual do dividend yield no período. Tranquilo, não é mesmo?

E para te ajudar a entender melhor essa fórmula, separamos um exemplo.

Vamos supor que uma ação esteja sendo cotada a R$ 10 e pague cerca de R$ 0,10 centavos de dividendos para cada uma delas. Então, basta dividir 0,10 por 10. Ao obter o resultado dessa operação, multiplique o valor por 100. No caso da nossa continha, o resultado seria de 1%.

O que influencia no dividend yield de uma empresa?

Mas vale saber que o desempenho da empresa dentro do mercado pode afetar o dividend yield, assim como vários outros fatores dentro do mundo dos investimentos.

Outros tópicos relevantes são:

  • O setor que a instituição está inserida, que pode prejudicar ou beneficiar os resultados dependendo do contexto;
  • A política de dividendos que é adotada. 

Como analisar e saber se o dividend yield é positivo ou negativo? 

Isso pode variar dependendo do comparativo que é feito. Portanto, o dividend yield é sempre uma medida relativa, ou seja, os números podem ser bons ou ruins em relação a outras empresas. 

Outras medidas comparativas são a taxa do CDI, ou até mesmo a taxa básica de juros (Selic). Para que seja um investimento vantajoso, o mínimo que se espera é que os retornos com dividendos sejam iguais aos juros da renda fixa. Caso contrário, vale mais a pena investir em aplicações com um risco menor.  

Colaboração: Daniel Navas

Explore mais termos
Swiper Anterior
Swiper Próximo

Direto ao Ponto Rali de Natal

É um fenômeno de alta no mercado acionário que, em geral, acontece nos últimos três meses do ano quando os investidores estão mais otimistas.…

Leia Mais Ir para: Rali de Natal
Direto ao Ponto Gestor de investimentos

É o profissional que administra um fundo de investimentos com o objetivo de fazer o patrimônio dos clientes crescer.…

Leia Mais Ir para: Gestor de investimentos
Direto ao Ponto Minoritários

Acionista minoritário é aquele que tem menos de 50% das ações de uma empresa.…

Leia Mais Ir para: Minoritários
Direto ao Ponto Selic

É a taxa básica de juros da economia e é por ela que o Banco Central controla a inflação. A Selic influencia os juros que são cobrados em empréstimos e financiamentos - e ela ainda baliza os investimentos.…

Leia Mais Ir para: Selic
Direto ao Ponto Recuperação judicial

RJ é uma medida extrema para evitar a suspensão das atividades e a consequente falência de uma empresa. Recuperação judicial funciona principalmente para negociar as dívidas com os credores.…

Leia Mais Ir para: Recuperação judicial
Direto ao Ponto BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) financia projetos que tenham caráter socioeconômico.…

Leia Mais Ir para: BNDES

Caso ainda não esteja recebendo nossas mensagens, cheque sua caixa de spam e permita o recebimento dos emails da Inteligência Financeira.

Continue acompanhando a gente aqui no nosso site, pelo seu e-mail e nas nossas redes sociais. Informação é investimento!

A partir de agora, enviaremos a você as últimas notícias e análises para orientar seus investimentos com inteligência. Não esqueça de checar se nossa mensagem de boas vindas caiu na sua caixa de "Spam" ou "Promoções". Se isso acontecer, transfira a mensagem para a sua caixa de "Entrada". Obrigada!
Caso ainda não esteja recebendo nossas mensagens, cheque sua caixa de spam e permita o recebimento dos emails da Inteligência Financeira.

Verifique se o e-mail com o vídeo caiu na caixa de "Spam" ou "Promoções". Se isso acontecer, transfira essa mensagem para a sua caixa de "Entrada".

< Voltar ao site