Selic

Direto ao Ponto
Selic

É a taxa básica de juros da economia e é por ela que o Banco Central controla a inflação. A Selic influencia os juros que são cobrados em empréstimos e financiamentos - e ela ainda baliza os investimentos.

Veja este e outros vídeos explicando o bê-a-bá das finanças e investimentos no nosso canal do Youtube: youtube.com/sigaif

Mas o que significam as letras da taxa “Selic”? Ela vem das iniciais de “Sistema Especial de Liquidação e de Custódia”. Para compreendermos como ela funciona, vamos falar sobre os títulos públicos federais, o Tesouro Direto. Esses títulos são como uma espécie de empréstimo que você faz para o governo federal, que, por sua vez, financia suas atividades. Os títulos do Tesouro são comprados por instituições financeiras, como bancos e corretoras.

Por lei, as instituições financeiras devem manter uma parte do dinheiro captado em uma conta do Banco Central, o chamado depósito compulsório. Essa é uma meta diária. Se ao final do dia uma instituição não atingiu sua meta de depósito, deve tomar empréstimos de outras instituições.  

É aí que entra a taxa Selic. Os bancos podem vender e pegar empréstimos entre si oferecendo como garantia títulos públicos. Esses empréstimos têm curta duração e são liquidados dentro de 24 horas. A Selic efetiva, também chamada de Selic Over, é justamente a média diária dos juros dos empréstimos interbancários dos títulos públicos federais. Ou seja, é a taxa que efetivamente está sendo cobrada. 

Existe ainda a Selic Meta, ou simplesmente Selic e que é a mais divulgada na imprensa. Criada em 1979, ela é a taxa básica de juros da economia que serve de parâmetro para outras taxas do mercado. Ela é definida a cada 45 dias em uma reunião feita pelo Copom (Comitê de Política Monetária), ligado ao Banco Central. Essa mudança acontece para que, em meio a uma economia instável, o dinheiro continue circulando e a inflação seja controlada. 

Quando a taxa Selic cai, o crédito tende a se tornar mais acessível, já que os bancos, acompanhando o movimento, diminuem os juros. Em paralelo, a inflação tende a subir. Já com o aumento da Selic, os juros em geral ficam mais altos. Como consequência, o consumo diminui e ​​os preços tendem a baixar ou ficar mais estáveis.

Como a taxa Selic afeta quem faz investimentos? 

A taxa Selic afeta a vida de diversas formas. É a partir dela que os bancos calculam os juros de empréstimos, do cheque especial e do cartão de crédito. A rentabilidade de investimentos como Tesouro Direto, poupança e outros títulos de renda fixa também é afetada pela Selic. 

Glossário  Inflação Ir para: Verbetes

Conheça os termos mais importantes para enriquecer a sua Inteligência Financeira

Direto ao Ponto
IGP-M

O Índice Geral de Preços do Mercado é um indicador de inflação e balisa, por exemplo, os contratos de aluguel.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Estagflação

A estagflação acontece quando uma economia passa por uma queda da atividade ao mesmo tempo em que os preços disparam. O termo é a junção das palavras “estagnação” e “inflação”.…

Leia Mais Ir para:
Swiper Próximo
Swiper Anterior

Você também pode gostar

Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 09h16
Macy’s pode oferecer pistas sobre força dos gastos do consumidor nos EUA

Investidores monitoram pistas sobre o comportamento da inflação no país

JOTA Atualizado em 21.maio.2022 às 07h47
Análise: Como mitigar os efeitos da inflação no seu bolso?

Correção dos rendimentos pela inflação os leva à faixa superior da tabela progressiva do IR

Redação IF Publicado em 19.maio.2022 às 09h06
IGP-M desacelera para 0,39% na segunda prévia de maio, aponta FGV

Houve recuos nos preços ao produtor, ao consumidor e nos custos da construção