Unit

Units são valores mobiliários de diferentes classes negociados como uma unidade. A composição mais comum no mercado brasileiro é a junção de uma ação ordinária com algumas preferenciais, como é o caso da unit do BTG (uma ação ordinária e duas ações preferenciais). Também há a combinação de ações e bônus de subscrição, por exemplo.

Para diferenciar a unit de outros ativos, seu código na Bolsa de Valores é 11 ao fim do ticker. No caso do BTG, fica BPAC11. O investidor, porém, deve ficar atento para não se confundir, já que há outros ativos também levam o código 11, como ETFs e FIIs.

Nos Estados Unidos, uma unit é geralmente composta por uma ação ordinária e bônus de subscrição, que funcionam como títulos de garantia que dão ao titular o direito de adquirir no futuro mais ações a um determinado preço, sob certas condições previamente acordadas.

Imposto de Renda, Ações, Renda Variável, Papéis, Investimentos, Bolsa de Valores, Dúvidas, Declaração, Onde Investir, Como declarar, Imposto
– Ilustração: Felipe Mayerle

Qual é a vantagem da unit?

A vantagem da unit é o aumento de liquidez do ativo negociado. Ao invés do investidor negociar a ação ordinária ou a preferencial, ele negocia as duas pela unit.

Ou seja: a unit agrega qualidades de diferentes ativos em apenas um. Comprando uma unit, o acionista terá preferência nos proventos, mas também direito a voto nas assembleias.

E qual é a desvatagem?

Os críticos dizem que a unit é uma maneira de “empurrar” ações preferenciais para os acionistas, e que elas dão menos direitos que as ordinárias.

Como tudo começou

A primeira oferta de unit que se tem registro foi da CMS Advertising, em 1986. A empresa americana fez seu IPO em units que equivaliam a duas ações e um bônus de subscrição, que dava direito a uma ação posteriormente.

Segundo especialistas, a unit foi a solução nos EUA para ofertas com pouca demanda, de empresas menores, mais novas e com negócios mais arriscados.

No Brasil, porém, o uso da unit seguiu um caminho contrário. Uma das primeiras ofertas com este tipo de papel foi do Santander, em 2009. Depois de comprar o estatal Banespa, já listado em Bolsa, o banco espanhol fez uma oferta de units para unir as ações ordinárias e preferenciais do Banespa em um conjunto de papéis do Santander (SANB11), no que é considerado o maior IPO do Brasil.

Units na B3 

Veja abaixo as units negociadas na Bolsa brasileira:  

ALUPAR ALUP11 1 ação ON + 2 ações PN 
BANCO INTER BIDI11 1 ação ON + 2 ações PN 
BTGP BANCO BPAC11 1 ação ON + 2 ações PN 
COPEL CPLE11 1 ação ON + 4 ações PNB 
ENERGISA ENGI11 1 ação ON + 4 ações PN 
KLABIN KLBN11 1 ação ON + 4 ações PN 
MODALMAIS MODL11 1 ação ON + 2 ações PN 
PPLA PPLA11 1 BDR A + 2 BDR B 
RENOVA RNEW11 1 ação ON + 2 ações PN 
SANEPAR SAPR11 1 ação ON + 4 ações PN 
SANTANDER BR SANB11 1 ação ON + 1 ação PN 
SUL AMERICA SULA11 1 ação ON + 2 ações PN 
TAESA TAEE11 1 ação ON + 2 ações PN 
Fonte: B3

Explore mais termos
Swiper Anterior
Swiper Próximo

Direto ao Ponto Berkshire Hathaway

Berkshire Hathaway é uma holding com sede em Nebraska (EUA), que está sob comando de Warren Buffett…

Leia Mais Ir para: Berkshire Hathaway
Direto ao Ponto Dividend Yield

Dividend yield é a relação entre os dividendos pagos por uma empresa e os valores da ação.…

Leia Mais Ir para: Dividend Yield
Direto ao Ponto Comitê de Política Monetária (Copom)

O Comitê de Política Monetária (Copom) é o órgão do Banco Central (BC) responsável por definir os juros básicos (Selic). …

Leia Mais Ir para: Comitê de Política Monetária (Copom)
Direto ao Ponto ETF

ETF é a sigla em inglês para fundo negociado em Bolsa (Exchange Traded Fund). Esses fundos replicam o desempenho de índices, como o Ibovespa e a Nasdaq. Eles também são chamados de fundos de índice.…

Leia Mais Ir para: ETF
Direto ao Ponto Fundos multimercados

O fundo multimercado investe o dinheiro dos cotistas em diversos produtos. Ao contrário de outros fundos, que muitas vezes precisam cumprir percentuais específicos de aplicações em ativos e classes, o multimercado não tem o compromisso de concentração e, por isso, têm autonomia para definir uma estratégia mais ágil e arrojada. …

Leia Mais Ir para: Fundos multimercados
Direto ao Ponto Credit default swap (CDS) ou Risco-país

CDS (credit default swap) é a troca de risco de crédito. O CDS é um contrato derivativo que funciona como um seguro para quem empresta dinheiro. Por levar em sua precificação o risco de inadimplência do tomador do empréstimo, o CDS é muito usado como termômetro para o risco de um país. …

Leia Mais Ir para: Credit default swap (CDS) ou Risco-país

Você também pode gostar
POR
Pedro Knoth 15 jul. 2024, 18:40
Ações em alta: EZTEC (EZTC3) sobe após prévia e Suzano (SUZB3) fica na cola

Construtora fica em destaque entre ações em alta após divulgar crescimento de 74% em vendas; Hypera (HYPE3) fica na lanterna do Ibovespa

POR
Aluísio Alves 15 jul. 2024, 18:04
Nubank (ROXO34) lança mais dois ETFs em parceria com a B3

Um dos ETFs inclui ações do Ibovespa com menor volatilidade, enquanto o outro busca potencializar ganhos com ações papéis mais voláteis

3 min.
POR
Aluísio Alves 15 jul. 2024, 14:26
Confira 7 dicas do Itaú BBA para surfar onda de recuperação das ações brasileiras

Relatório aponta oportunidades em empresas de energia, infraestrutura, finanças, transportes e construção civil; saiba quais são

POR
Redação IF 15 jul. 2024, 08:12
Ações da rede social de Trump sobem mais de 50% após ex-presidente sobreviver a atentado

Os investidores da controladora da rede social Truth Social reagem à possível galvanização da candidatura de Trump à presidência contra Joe Biden

Clique e veja mais