Abertura de mercado

Direto ao Ponto
Abertura de mercado

A abertura de mercado é o início das operações da Bolsa de Valores (B3). É quando o preço de uma determinada ação se forma, o que pode sofrer interferência de fatos e oscilações dos mercados internacionais e de anúncios de empresas de capital aberto no Brasil.

Muitos operadores, por exemplo, mandam ordens para suas corretoras quando a Bolsa está fechada. E os investidores institucionais planejam suas decisões logo que acontece a abertura de mercado.

Exemplos ruins e bons de abertura de mercado

Crises mundiais podem abalar a Bolsa brasileira no horário em que a B3 começa a funcionar. Quando isso acontece, dizemos que “o mercado acorda nervoso”. Foi o que ocorreu com a crise na Ásia, em 1997, quando o Ibovespa caiu quase 15%. Outro exemplo foi a crise na Rússia, que decretou a moratória em 1998, e o circuit breaker foi acionado com a queda de 16% do Ibovespa logo pela manhã.

Mas notícias boas também interferem na abertura de mercado. As ações da Vale, por exemplo, dispararam no dia seguinte ao anúncio do lucro líquido do primeiro trimestre de 2021. A empresa foi a público informar que em três meses, seu lucro foi igual ao apurado no ano inteiro de 2020.

Cinco informações sobre a abertura de mercado

  1. O horário de funcionamento da Bolsa de Valores normalmente vai das 10h às 17h, de segunda à sexta-feira. Porém, o horário de verão nos Estados Unidos, que vai do segundo domingo de março até o primeiro domingo de novembro, mexe com nossa Bolsa. Sem o horário americano, o funcionamento da Bolsa brasileira é estendido até às 18h e o after market é cancelado. Assim, as negociações pós pregão só acontecem em caso de vencimento de opções.
  2. Existem duas ampliações a este horário: a pré-abertura e o after market.
  3. A pré-abertura de mercado acontece 15 minutos antes do início do pregão. Neste período, a B3 apenas registra ofertas de compra e venda – a finalização do negócio é a mesma realizada na abertura oficial da Bolsa.
  4. Esta pré-abertura de mercado é a base para a formação do preço das ações. E isso é importante principalmente para os papéis com maior liquidez, porque esta ferramenta acaba funcionando como um indicativo para avaliar a tendência do papel no dia.
  5. A pré-abertura existe para garantir transparência na formação dos preços dos ativos assim que o mercado abre. Por isso, nenhum investidor pode cancelar uma oferta lançada no leilão de pré-abertura.

Glossário  Bolsa de Valores Ir para: Verbetes

Conheça os termos mais importantes para enriquecer a sua Inteligência Financeira

Direto ao Ponto
Ifix

O Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX) foi criado em 2012 pela B3 para mostrar o retorno médio dos fundos imobiliários.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Blue Chip

Blue chips (ou large caps) são empresas listadas na Bolsa de Valores e que têm valor de mercado acima de R$ 40 bilhões.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Oferta hostil

Também conhecida como aquisição hostil, a oferta hostil acontece quando uma empresa ou um grande investidor toma o controle de uma companhia listada em Bolsa, comprando suas ações.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Acionista

Acionista é o investidor pessoa física ou jurídica que tem uma ou mais ações – ou até frações - de uma empresa.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
B3

A B3, sigla para ‘Brasil, Bolsa e Balcão’, é a Bolsa de Valores do Brasil, que está sediada em São Paulo.…

Leia Mais Ir para:
Swiper Próximo
Swiper Anterior

Você também pode gostar 🔽

Redação IF Publicado em 19.ago.2022 às 08h04
Alerta de seca na China e perdas no setor de tecnologia derrubam bolsas da Ásia

Onda de calor mais intensa em seis décadas pode prejudicar a expectativa de recuperação rápida da economia chinesa

Valor Econômico Atualizado em 19.ago.2022 às 06h40
Leilão de aeroportos arrecada R$ 2,72 bilhões em outorgas

Única interessada no bloco liderado por Congonhas, a espanhola Aena arrematou o lote com ágio de 231%. O certame também marcou a estreia da XP Asset no setor aeroportuário

Redação IF Publicado em 18.ago.2022 às 16h51
Juros futuros fecham em alta após megaleilão do Tesouro

Os juros futuros encerraram o pregão desta quinta-feira (18) em alta, na contramão dos rendimentos dos títulos do Tesouro americano

Itaú Meu Negócio