Fundo de agronegócios se populariza; entenda como funciona o ativo

Investidores buscam cada vez diversificar suas carteiras

Fiagro
– Ilustração: Renata Miwa

Pontos-chave

  • Desde que foi criado, o Fiagro cresceu 419% em número de investidores
  • Investimento é isento de Imposto de Renda

O Fundo de Investimento em Cadeias Agroindustriais (Fiagro), modalidade lançada em outubro do ano passado, caiu no gosto dos investidores pessoa física, que correspondem a 98% do volume investido no produto. O ativo já tem R$ 2,4 bilhões investidos. Desde que foi criado, o número de investidores cresceu 419%, informou estudo da B3.

Fiagros funcionam como os fundos imobiliários

O Fiagro se parece com um outro queridinho dos investidores pessoa física, os fundos imobiliários (FIIs), oferecendo inclusive isenção de Imposto de Renda. Em média, o investimento nesses fundos é de R$ 20 mil, um valor muito mais alto que em produtos como os ETFs, com saldo médio de R$ 2 mil.

Apesar da alta da Selic, os fundos imobiliários seguem em ritmo de crescimento, o que vem sendo observado desde 2018. De acordo com a B3, o número de investidores aumentou 24% no último ano e, 74% do total é de pessoas físicas, alcançando 1,6 milhão de investidores.

Aumento da Selic derruba valor das cotas

Historicamente, a escalada da taxa básica de juros costuma derrubar o valor das cotas dos FIIs e os torna menos interessantes quando o retorno da renda fixa está alto. Mas mesmo com a onda de aumento da Selic, o produto vem se popularizando no último ano.

Aliás, você sabia que valor de cota de um fundo e a rentabilidade deste mesmo fundo são independentes? Entenda com Leonardo Nascimento, sócio-fundador da Urca Capital Partners, que falou sobre isso no programa Entrevista da Semana, que está logo abaixo:

ETFs de criptos atraem cada vez mais investidores

Com uma quantidade ainda pequena de investidores, os ETFs de criptoativos estão interessando cada vez mais investidores. Desde abril do ano passado, o número de investidores cresceu 217%, indo de 61 mil CPFs na época do lançamento aos atuais 194 mil CPFs, com investimento médio de R$ 1.300.

Com conteúdo do site Valor Investe, um veículo Globo Notícias


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 24.jun.2022 às 18h11
NY: Bolsas fecham em alta e quebram sequencia de três semanas de perdas; Nasdaq acumula alta de 7,5%

Ainda que o medo por uma recessão continue presente, o temor vem sendo calibrado, com analistas enxergando exagero nas projeções

Papo de Finanças Publicado em 24.jun.2022 às 17h04 Duração 8 min.
Como ter segurança nos investimentos?

Você está se sentindo aflita com tanta instabilidade na economia? Nina Silva explica o que fazer em momentos tão tensos

Redação IF Publicado em 24.jun.2022 às 16h21
Americanos buscam ações defensivas com medo da recessão

Investidores monitoram o Fed, que quer derrotar a inflação a qualquer custo

Redação IF Publicado em 24.jun.2022 às 12h57
Dólar apresenta volatilidade e bate R$ 5,27 na máxima

Moeda americana opera sem uma tendência definida

Redação IF Publicado em 24.jun.2022 às 11h46
Redação IF Atualizado em 24.jun.2022 às 10h38
Bitcoin volta a ficar acima de US$ 21 mil

Ether supera US$ 1.200 apesar de atenção com Voyager e CoinFlex