Copom aumenta Selic em 1 p.p., para 12,75% ao ano

Nível dos juros no país é o mais alto desde fevereiro de 2017

Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) anunciou, no final da tarde desta quarta-feira (4), um aumento de 1 ponto percentual na Selic, a taxa básica de juros brasileira, que passa para 12,75% ao ano. É o maior nível desde fevereiro de 2017 e já havia sido antecipado pelos especialistas.

O Brasil, como diversos países no mundo, está enfrentando uma forte onda de inflação nos últimos meses. Aumentar a taxa de juros é a medida mais usada para tentar frear os preços. No meio da tarde, o Fed (Federal Reserve, banco central americano) também anunciou uma elevação de 0,5 p.p. na taxa básica dos Estados Unidos, para entre 0,75% e 1% ao ano.

A decisão do Copom foi unânime: os dez membros votaram pelo aumento nessa magnitude. “O comitê ressalta que, em seus cenários para a inflação, permanecem fatores de risco em ambas as direções”, diz o comunicado divulgado pelo BC para justificar a medida. Os riscos citados são a persistência das pressões inflacionárias globais e a incerteza sobre o futuro do arcabouço fiscal do país, parcialmente incorporada nas expectativas de inflação e nos preços de ativos.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 12h23
Sondagem da XP vê inflação no fim de 2022 maior do que projeção do último Focus

Divulgação do relatório do Banco Central está paralisada por causa da greve dos servidores

2 min
Anne Dias Atualizado em 15.maio.2022 às 07h16
Especialistas reforçam a importância dos ativos atrelados aos juros

Semana agitada pela queda das criptomoedas e migração para a renda fixa

3 min
Anne Dias Atualizado em 11.maio.2022 às 20h04
Juros devem continuar subindo

Ata do Copom é marcada por uma só palavra: "incerteza"

2 min
Manhã Inteligente Publicado em 11.maio.2022 às 11h22
Ata do Copom, medidas do governo para frear a inflação e NFTs no Instagram

No Manhã Inteligente, Isabella Carvalho e Victor Vietti falam sobre os assuntos que podem afetar seus investimentos nesta quarta (11)

Valor Econômico Publicado em 10.maio.2022 às 08h10
Projeções de inflação pioram e pressionam Banco Central

Desancoragem se aprofunda e mercado vê juros mais altos e por período prolongado

8 min
Manhã Inteligente Publicado em 05.maio.2022 às 11h32 Duração 20 min.
Copom e Fed elevam juros, Nubank em baixa na bolsa de NY

Isabella Carvalho e Victor Vietti comentam a alta dos juros no Brasil e EUA, a queda do Nubank em Nova York e outros assuntos