Ações de tecnologia: é hora de comprar?

Inovação e investimentos têm tudo a ver. Saiba como as empresas mais valiosas do mundo podem ajudar a diversificar e fortalecer sua carteira.

Pesquisando qual setor da Bolsa de Valores merece o seu dinheiro? Já pensou em investir em ações de tecnologia? Tenho 17 anos de experiência na área e posso dizer com propriedade: investimentos e empresas que apostam na inovação têm tudo a ver!

Em primeiro lugar, das 10 companhias mais valiosas do mundo, 7 são deste setor, segundo levantamento da Kantar BrandZ. Ademais, no ranking mundial da Tecnologia da Informação, o Brasil é líder na América Latina e o 9º colocado no mundo, segundo o estudo “Mercado Brasileiro de Software, Panoramas e Tendência”, de 2021.

Ações de empresas brasileiras de tecnologia

Ficou interessado? Pois saiba que é possível investir na B3 em ações de várias empresas brasileiras de tecnologia. Os resultados dessas empresas devem ser fortes no terceiro trimestre de 2022, mesmo em um período difícil, de acordo com a XP. Listo algumas:

Totvs (TOTS3)

A Totvs (TOTS3) vende plataformas de gestão, finanças e negócios. Recentemente, a Totvs se uniu ao Banco Itaú em uma joint venture para criar plataforma digital de serviços financeiros para empresas. O objetivo, portanto, é ampliar e simplificar o acesso a serviços integrados e personalizados. É previsto que ela tenha o melhor desempenho de crescimento de receita entre as empresas de tecnologia brasileiras, segundo a XP.

Sinqia (SQIA3)

A Sinqia (SQIA3) é provedora de softwares, serviços e soluções de tecnologia financeira. Fundada em 1996, ela processa bilhões de transações diariamente e atende mais de 700 clientes, entre eles, os principais nomes do mercado financeiro e bancário.

Locaweb (LWSA3)

A Locaweb (LWSA3) que oferece software, hospedagem, e-commerce, cloud, inteligência de mercado, entre outros. No final de 2021, a empresa criou um fundo de R$ 100 milhões para investir em startups, principalmente no segmento eletrônico.

Ações de empresas estrangeiras de tecnologia

E a Apple, Microsoft, Amazon? Dá também para investir nestas empresas no exterior por meio de certificados conhecidos, como o Brazilian Depositary Receipts, ou BDRs.

Já estão disponíveis na B3, por exemplo, BDRs das seguintes empresas internacionais:

Apple (AAPL34)

A Apple (AAPL34) é famosa por seus iPhones, iPads e Macs. Ela se valorizou durante o período mais crítico da pandemia de US$ 1,287 trilhões para US$ 2,9 trilhões. Assim sendo, os BDRs da Apple custam, em média, R$ 80.

Microsoft (MSFT34)

A Microsoft, fundada por Bill Gates, adquiriu mais de 16 empresas em 2021 e atingiu o valor de US$ 2,5 trilhões. Desta forma, os seus BDRs custam, em média, R$ 60.

Amazon (AMZO34)

A Amazon, companhia de Jeff Bezos, apresentou em 2021 um lucro recorde de US$ 7,2 bilhões. Hoje, ela vale cerca de US$ 1,7 trilhão. Portanto, suas BDRs custam, em média, R$ 110.

Em resumo, apesar da alta volatilidade dos ativos, a tecnologia é um setor que tende a valorizar cada vez mais.

Mas lembre-se de diversificar seus investimentos e não apostar todas as fichas em um só lugar, hein!