Irani (RANI3) lucra menos no primeiro trimestre de 2023. Vale investir na empresa?

Companhia, que é uma das principais produtoras de embalagens sustentáveis, divide opinião de analistas

A Irani (RANI3) reportou lucro líquido de R$ 83 milhões no primeiro trimestre de 2023, valor 26% inferior ao reportado no mesmo intervalo de 2022. Os resultados da empresa, apesar do lucro menor, foram considerados sólidos e superaram as expectativas de analistas.

Diante desse cenário, será que vale a pena investir na companhia de papel e celulose? A seguir, confira mais informações sobre Irani (RANI3) e veja a opinião dos analistas.

O que faz a Irani (RANI3)?

Fundada em 1941, em Porto Alegre (RS), a Irani é uma das principais produtoras brasileiras de embalagens sustentáveis a base de papel e papelão ondulado. Ademais, é a única pure player de embalagens listada no novo mercado da B3.

A empresa se define como “uma das principais indústrias nacionais de embalagens sustentáveis a base de papel e papelão ondulado”, de acordo com o seu perfil no Linkedin. A companhia destaca que fabrica “produtos provenientes de base florestal renovável, 100% recicláveis, com absoluto respeito às pessoas e ao meio ambiente”.

“Nossa produção é integrada, das florestas aos produtos finais, assegurando excelente qualidade. Estamos presentes em quatro estados brasileiros. As nossas unidades produzem papel para embalagem, caixas e chapas de papelão ondulado, breu e terebintina”, pontua a empresa.

A Irani (RANI3) emprega mais de 2 mil colaboradores diretos. Tem como modelo de gestão a sustentabilidade, “balizador para que as atitudes resultem em ações éticas, transparentes e entendíveis do conhecimento de todos os envolvidos”, segundo a companhia.

Resultados mais recentes da Irani

A Irani (RANI3) reportou lucro líquido de R$ 83 milhões no primeiro trimestre de 2023, valor 26% inferior ao reportado no mesmo período de 2022. O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado totalizou R$ 128,2 milhões nos três primeiros meses deste ano. Isso representa uma redução de 6,1% em relação ao mesmo intervalo de 2022.

A margem Ebitda ajustada atingiu 31,5% entre janeiro e março. A receita líquida somou R$ 406,9 milhões no primeiro trimestre deste ano, um recuo de 0,3% na comparação com igual período de 2022.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 19,2 milhões no primeiro trimestre de 2023. Já as perdas financeiras foram de R$ 16,4 milhões .

O lucro bruto atingiu R$ 194,7 milhões no primeiro trimestre de 2023, uma queda de 3,1% sobre o primeiro trimestre de 2022. A margem bruta foi de 47,8%, queda de 1,5 ponto percentual frente a margem dos três primeiros meses do ano passado.

Em 31 de março de 2023, a dívida líquida da companhia era de R$ 799,7 milhões, crescimento de 67,3% na comparação com o mesmo período de 2022.

Vale a pena investir em Irani (RANI3)?

Apesar de tantos números negativos, para o BTG Pactual, os resultados da companhia foram novamente sólidos e mais uma vez os números superaram as expectativas dos analistas do banco de investimentos.

De acordo com os analistas do banco, a Irani exibe traços resilientes e defensivos, com resultados bastante estáveis, capazes de navegar condições macroeconômicas desafiadoras. Sendo assim, eles mantiveram a recomendação de compra para RANI3, com preço-alvo de R$ 11 em doze meses.

Recomendação neutra

Por outro lado, a XP tem recomendação neutra para Irani (RANI3), com preço-alvo para o final 2023 de R$ 9,40. De acordo com a corretora, a empresa “é um dos participantes de mercado mais resistentes sob a nossa cobertura, com um modelo de negócio integrado e um histórico de crescimento sólido, refletido no desempenho das ações da empresa”.

“Nós gostamos das ações da Irani para o longo prazo, principalmente devido à sua maior exposição a papelão ondulado e papel para embalagens (resultados menos voláteis quando comparados a outras commodities empresas); e a plataforma Gaia está dentro do prazo e do orçamento (resultando em maiores volumes de vendas e melhores margens)”, afirmam os analistas da XP.

No entanto, salienta a corretora, “nossa recomendação neutra é derivada de um cenário macro interno difícil (taxas de juros crescentes no Brasil tornam um ambiente desafiador para small caps) e um valuation menos atrativo em termos relativos a outras empresas do setor”.

Carteira de small caps

Por fim, vale destacar que o Safra mantém Irani (RANI3) em sua carteira de small caps, composta por ações de empresas nacionais com alto potencial de valorização no longo prazo e capitalização de mercado de até R$ 10 bilhões.

De acordo com o banco, “a empresa possui um balanço patrimonial saudável, além de perspectivas de crescimento forte no médio e longo prazo”. Na avaliação dos analistas do Safra, o cenário da indústria de papelão ondulado no mercado doméstico se mostra favorável e deve auxiliar a Irani a manter o desempenho das ações positivo. 

Dividendos da Irani (RANI3) 

A Irani (RANI3) pagou, no dia 18 de maio, R$ 93,2 milhões em dividendos aos seus acionistas. Sendo assim, o valor dos dividendos por ação foi de R$ 0,38.

Apenas os investidores com ações da Irani no dia 24 de abril tiveram direito de receber os rendimentos. Desde o dia 25 de abril, as ações passaram a ser negociadas sem direito aos dividendos.

Com uma política de distribuir 25% do lucro nos trimestres e mais 25% no fechamento do exercício, a Irani passou a compor a carteira do Índice de Dividendos da B3 (IDIV) e atraiu ainda mais investidores pessoa física.

Como comprar ações de Irani (RANI3)?

Primeiramente, para negociar ações de Irani, você deve abrir uma conta em uma corretora de valores. Depois disso, é só transferir o dinheiro que deseja investir para a sua conta e começar a negociar por meio do ticker RANI3.