Quanto rendem R$ 5 mil em bitcoin de 6 meses a 1 ano?

Veja os cálculos de quanto renderam R$ 5 mil investidos em bitcoin e quanto da criptomoeda é possível comprar com o dinheiro

O bitcoin (BTC) voltou ao radar dos investidores após a SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos) ter aprovado na quarta-feira passada a listagem de 11 ETFs de bitcoin à vista nas bolsas de Nova York. O mercado de criptomoedas saiu do inverno e é considerado uma boa aposta de analistas para a diversificação.

Supondo que o investidor comece com, por exemplo R$ 5 mil, quanto rende esse dinheiro hoje investido em bitcoin?

Para saber a resposta diante de tantas novidades no segmento de criptoativos, a Inteligência Financeira consultou Rony Szuster, analista do Mercado Bitcoin. Os cálculos abrangem quanto renderam R$ 5 mil em bitcoin em seis meses, um ano, dois e três anos.

Como rendem as criptomoedas?

A maioria das criptomoedas parecidas com o bitcoin rende de acordo com a oferta e demanda pela moeda. Na mesma categoria do BTC, temos outros criptoativos extremamente populares, como ether, da rede Ethereum (ETH) e a solana (SOL), de rede homônima.

O bitcoin está em tendência de alta principalmente por eventos antecipados pelos investidores neste ano.

Para negociar bitcoins, o investidor pode comprar uma fração da criptomoeda por muito menos do que ela atualmente vale. Um bitcoin tem hoje o valor de US$ 43.351,68, o equivalente a R$ 210.494,08.

O investidor, contudo, paga uma taxa de corretagem para obter bitcoin em uma exchange centralizada (CEX). Caso contrário, ele paga uma taxa de uso da blockchain para adquirir a criptomoeda em uma exchange descentralizada (DEX).

Após a incidência de taxas, Szuster calcula que o investidor deve terminar com uma fração de 0,0212 BTC.

Quanto renderam R$ 5 mil em bitcoin em 6 meses?

De acordo com cálculos de Szuster, analista do Mercado Bitcoin, o investimento inicial de R$ 5 mil em bitcoin rendeu R$ 2.227,48. Ou seja, um saldo de R$ 7.227,48. No período de 6 meses, a moeda teve valorização de 44,55%.

Neste período, o bitcoin se aproximou cada vez mais de sua máxima histórica, registrada em 2021, quando foi negociado acima de US$ 69 mil.

Há 6 meses, o bitcoin negociava a R$ 147,5 mil e, com um investimento de R$ 5 mil, uma pessoa poderia comprar 0,0339 de BTC.

E quanto renderam R$ 5 mil em bitcoin em 12 meses?

O maior retorno do bitcoin analisado por Szuster se concentra justamente no período de 12 meses. Na base de comparação anual, R$ 5 mil em bitcoin renderam um saldo de R$ 10.937,16, dobrando seu patrimônio. Desta forma, a moeda alcançou 118,7% de valorização.

Vale destacar que 2023 foi um ano especialmente quente para criptomoedas, com saltos de diversos ativos dessa classe. No ano passado, o bitcoin rendeu 157%.

Há 12 meses, R$ 5 mil aplicados em bitcoin teriam poder de comprar 0,0513 de um BTC. Isso porque um bitcoin valia R$ 97.430,00 em janeiro de 2023.

E em 2 anos?

Ainda de acordo com cálculos do analista do Mercado Bitcoin, o retorno do investimento em bitcoin piora considerando a janela de 24 meses. Na verdade, ele passa a ser negativo.

Quanto renderam R$ 5 mil em bitcoin em dois anos? O prejuízo teria sido de R$ 565,44, resultando no valor final de R$ 4.434,56 na conta.

Vale destacar também que, conforme os cálculos de Szuster, é o período em que o investidor teria tido o menor poder de compra para adquirir uma fração de bitcoin. Há dois anos, o bitcoin valia R$ 240.200,00, então uma pessoa com R$ 5 mil na carteira poderia comprar 0,0208 de uma unidade de BTC.

Retorno do bitcoin em 3 anos

Por fim, quanto renderam R$ 5 mil em bitcoin no recorte de 36 meses, considerado de médio prazo por investidores?

O retorno do bitcoin em três anos foi de 7,03%. Ou seja, quem começou com uma aplicação de R$ 5 mil terminou com R$ 5.351,32 na carteira em 36 meses.

Em janeiro de 2021, o bitcoin valia R$ 198.800,00. Portanto, alguém com o investimento inicial considerado nos cálculos poderia adquirir uma fração de 0,0251 de BTC.

Vale a pena investir em bitcoin hoje?

Szuster explica que é melhor esperar um pouco para investir no bitcoin. Pelo menos até que a euforia da aprovação do ETF de bitcoin à vista no mercado americano passe.

“No curto prazo tivemos já a volatilidade alta pela aprovação do ETF em si. Talvez comprar hoje, no curto prazo, não valha muito a pena”, afirma.

O analista afirma, contudo, que é recomendável comprar bitcoin no longo prazo. Szuster cita que a moeda deve passar por mais eventos de mercado importantes neste ano, “como o próprio halving”.

Ainda vemos a compra do ativo com bons olhos no longo prazo. Vale a pena comprar hoje para segurar por mais alguns anos”

Rony Szuster, analista do Mercado Bitcoin

“Além disso, mais dinheiro vai entrar com os ETFs. Conforme o rumo de negociação das cotas desses fundos, as gestoras precisam comprar mais e mais bitcoin”, prossegue.