Renda fixa: como fica esse ativo se os juros caírem?

Pode ser que o ciclo de alta dos juros esteja chegando ao fim. O que você deve fazer com seus investimentos? Saiba mais no Manhã Inteligente

Em tempos de juros altos, a renda fixa se tornou a “menina dos olhos” de muitos investidores brasileiros. Com uma Selic alta, de fato, os investimentos na modalidade se tornaram atrativos. Mas, pode ser que esse ciclo de alta de juros esteja chegando ao fim. E aí, como ficam os investimentos na renda fixa se, de fato, os juros começarem a cair? Isabella Carvalho e Caio Camargo conversam sobre esse assunto no Manhã Inteligente desta sexta (17).

Saiba mais sobre renda fixa na Inteligência Financeira:

Fundos de renda fixa são os queridinhos dos investidores

Os fundos de renda fixa voltaram a apresentar captação líquida positiva, ou seja, mais aportes do que resgates, na primeira semana de junho. O saldo líquido deles no mês era negativo em R$ 3,5 bilhões em 1º de junho, mas ficou positivo em R$ 600 milhões em 8 de junho, conforme os dados da Anbima.

Você sabe o que é o Copom? E qual é a importância da Selic?

De tempos em tempos, você vê o noticiário ser inundado pela reunião do Comitê de Política Monetária (Copom ), do Banco Central (BC), e pela tensão do mercado financeiro sobre a Selic . Certo. E daí? E daí que você precisa saber o que leva esses dois temas tomarem tanto tempo de jornalistas, gestores, economistas, analistas. Por isso, a Inteligência Financeira preparou um guia que vai te ajudar a esclarecer o que tudo isso quer dizer.

Como as altas de juros nos EUA e no Brasil afetam o investidor

No Brasil, juros mais altos tornam o crédito mais caro. E isso inibe o consumo – com menos consumidores indo às compras, a tendência é de os preços baixarem, ou subirem menos, reduzindo assim a inflação. Nos investimentos, com juros baixos, como o Brasil vivia até fevereiro de 2021 (Selic na casa dos 2%), há um estímulo para se aplicar no setor produtivo. Isso pode ser visto na Bolsa, que bateu recordes de atração de novos investidores.

Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

Valor Econômico Publicado em 01.jul.2022 às 11h39
Análise: PEC dos Combustíveis dificulta o trabalho do Banco Central para baixar a inflação

O assunto novo levantado pelo Copom em junho é o risco de as medidas colocarem o pé no acelerador da economia, num momento em que a política monetária pisa no freio

Globo News Publicado em 29.jun.2022 às 12h00
2022 é o ano da renda fixa?

Com a alta da inflação e dos juros, a renda fixa tem se tornado atraente. Cauê Fabiano explica se é o momento de migrar para esses ativos

Redação IF Publicado em 28.jun.2022 às 07h49
Propostas de Bolsonaro ajudam a piorar percepção de risco do país e afastam investidores

Projetos como os subsídios para combustíveis e reajuste do Auxílio Brasil aumentam incertezas sobre as contas públicas no longo prazo elevam risco-país e desvalorizam ações e real

Redação IF Publicado em 27.jun.2022 às 08h44
IF Hoje: Indicadores da atividade econômica nos EUA são destaque

No Brasil, atenções estão no risco fiscal e na mudança de gestão na Petrobras