Petz sobe quase 6% com oferta de ações; Ibovespa fecha em alta de 0,41% aos 105.967 pontos

A rede de lojas de produtos para animais de estimação obteria quase R$ 900 milhões se a venda fosse hoje

Loja da Petz: planos de abrir 50 lojas em 2022 (Foto: Divulgação)

Pontos-chave

  • Desde o seu IPO (oferta inicial de ações), em setembro de 2020, a Petz acumula valorização de 31%
  • Neste mesmo período, o Ibovespa avançou 9,6%

A rede de lojas de produtos para animais de estimação Petz (PETZ3) teve uma das maiores altas do Ibovespa, após anunciar, na manhã desta quarta-feira (10), que planeja uma oferta de 41 milhões de ações no mercado. A notícia foi antecipada pela agência de notícias americana Bloomberg na terça (9) à noite e confirmada pela companhia nesta manhã.

O papel da Petz chegou a subir 8%, mas fechou em alta de 5,47%, a R$ 21,97. A esse preço, a oferta da empresa seria de pouco mais de R$ 900 milhões. Desde o seu IPO (oferta inicial de ações), em setembro de 2020, a Petz acumula valorização de mais de 30%, enquanto, nesse mesmo período, o Ibovespa avançou cerca de 10%.

Na terça, um pouco antes da notícia da oferta, a empresa informou que seu lucro no terceiro trimestre de 2021 atingiu R$ 26,6 milhões, o que significa uma alta de 56,1% em relação ao mesmo período do ano passado, e ampliou a previsão de abertura de lojas em 2022 de entre 30 e 40 para 50.

Sérgio Zimermam, seu presidente, disse em teleconferência com analistas para comentar os resultados que “o segmento pet é mais resiliente” em momentos de crise, daí o otimismo dos planos.

Bradesco

O Bradesco (BBDC3 e BBDC4) foi outro destaque na sessão. A ação preferencial do banco subiu 5,65%, a R$ 20,29, após o presidente do banco, Octavio de Lazari, dizer que pretende levar os bancos digitais do grupo, como Next, Digio e Bitz, para o México e para os Estados Unidos.

Ibovespa

Após a aprovação da PEC dos Precatórios na Câmara dos Deputados, o Ibovespa fechou em alta de 0,41%, a 105.967 pontos.

O alívio com a resolução sobre o financiamento do Auxílio Brasil se sobressai à inflação maior do que o esperado em outubro. Nesta quarta, o IBGE (Instiuto Brasileiro de Geografia e Estatística) informou que o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) subiu 1,25% no mês passado, acima de todas as expectativas.

Diante desse avanço de preços, o Banco Central pode ser mais duro ao aumentar a taxa básica de juros Selic em sua reunião de dezembro. Juros mais altos desestimulam os investimentos das empresas na expansão de seus negócios e desencorajam os gastos do consumidor.

Com o IPCA acima do esperado, o Itaú Unibanco calcula que a inflação oficial do país caminha para fechar o ano pela primeira vez em dois dígitos desde 2015 —quando ficou em 10,67%—, a 10,1%

Evergrande

Ao fim do pregão, outro revés para o mercado: a Evergrande deixou de pagar cerca de US$ 148 milhões em juros a um dos seus credores, a empresa alemã Deutsche Marktscreening Agentur (DMSA), que disse que irá abrir um processo de falência contra a construtora chinesa.


Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação

Você também pode gostar
Valor Econômico Publicado em 17.maio.2022 às 07h47
Maior parte das ações na Bolsa acumula queda desde início de 2021

Das 100 ações do IBrX, 64 têm perda no período

Valor Econômico Atualizado em 16.maio.2022 às 20h10
Magazine Luiza reverte lucro e tem prejuízo de R$ 161,3 milhões no primeiro trimestre

Rede afirma que o resultado reflete o aumento de despesas financeiras no período

Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 20h04
Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 19h58
Twitter tem sétimo dia de queda e recua 8,2% em NY em meio a incertezas de aquisição

Elon Musk disse que as negociações estão suspensas até ter mais dados sobre a atuação de contas falsas na plataforma

Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 15h25
Ações da Infracommerce têm forte queda após notícia de demissões na empresa

Os desligamentos teriam ocorrido por conta de 'mudanças no orçamento'

Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 15h16
Estrangeiros já sacaram R$ 12,6 bilhões da Bolsa em maio

Movimento positivo no ano diminuiu para R$ 45,03 bilhões