IF HOJE: Juros, risco fiscal, balanços e fim dos estímulos nos EUA prometem quarta agitada no mercado

Na sua última reunião, o Comitê elevou a Selic para 7,75% ao ano e sinalizou aumento semelhante, de 1,5 ponto percentual, em dezembro

Sede do Banco Central, em Brasília (Foto: Pablo Jacob/ Agência O Globo)

Repleta de eventos que devem mexer com o mercado financeiro, a quarta-feira (3) começa com a divulgação da ata da última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central), por volta das 8h30.

Na semana passada, a autoridade monetária decidiu elevar a Selic para 7,75% ao ano e sinalizou aumento semelhante, de 1,5 ponto percentual, na próxima reunião, em dezembro. O movimento foi considerado como insuficiente por parte do mercado, que vê a necessidade de uma política fiscal mais dura contra a inflação, que não tem arrefecido.

Analistas também criticaram a visão do BC quanto ao cenário fiscal. Para eles, a manobra fiscal do governo para financiar o Auxílio Brasil mudou o panorama por completo, o que significa uma necessidade de juros mais altos.

Por que importa?

A ata da reunião trará uma perspectiva mais completa e detalhada da visão de cada um dos membros sobre a trajetória da Selic e da inflação. Com o documento, é possível desenhar projeções mais assertivas para os próximos meses.

Como afeta seus investimentos

Se os membros do Copom apontarem para uma alta ainda maior da Selic em dezembro, ativos de renda fixa pós-fixados ficam mais atrativos, e os de renda variável, menos. Caso não haja sinalizações além do já comunicado aumento de 1,5 ponto percentual, os juros futuros e a inflação podem subir mais, também beneficiando ativos de renda fixa.

Mais acontecimentos para prestar atenção hoje

PEC dos precatórios

Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, marcou para 18h desta quarta o primeiro turno da votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 23/2021, que ficou conhecida como PEC dos precatórios, no plenário da casa. Essa lei permite que o governo faça o parcelamento dos precatórios que deve pagar em determinado ano. Antes, a quitação deveria ser feita à vista. A PEC também muda o fator de correção do teto de gastos. O texto já foi aprovado na comissão especial da Câmara, mas precisa passar pelo plenário das duas casas do Congresso, com voto a favor de 3/5 dos legisladores. Se aprovada, a PEC liberaria R$ 91,6 bilhões do orçamento de 2022, que poderiam ser usados para pagar parte do novo benefício de distribuição de renda, o Auxílio Brasil, estimado em R$ 400 mensais.

A discussão sobre o financiamento do Auxílio Brasil azedou o humor dos investidores na semana passada. O governo Bolsonaro vem demonstrando intenção de desobedecer às regras que o impedem de gastar demais (o teto de gastos), com vistas à eleição do ano que vem. Essa atitude prejudica a credibilidade do país, alimentando o medo de que o Brasil não cumpra os seus compromissos.

Nos EUA, reunião do banco central

Nos Estados Unidos, o Comitê de Mercado do Fed (Federal Reserve, o banco central americano) se reúne. Existe uma aposta de que serão anunciadas as diretrizes do programa de redução de compra de ativos (chamado, em inglês, de tapering ). A compra, que há 19 meses vem injetando dinheiro na economia americana, atualmente está em US$ 120 bilhões por mês e deve começar sendo cortada em US$ 15 bilhões. Desde a crise financeira mundial de 2008, o Fed vem usando a estratégia de adquirir títulos públicos em poder de instituições financeiras, dando-lhes dinheiro a ser liberado para empresas e consumidores. Durante a pandemia de covid-19, tal expediente foi reforçado, mas agora as autoridades americanas acham que é possível começar a reduzir esse estímulo. Como significativa parte desses recursos foram destinados ao investimento no mercado financeiro, inclusive em países como o Brasil, a retirada pode levar a quedas na Bolsa e mais aumento da cotação do dólar ante o real.

E tem mais…

  • 5h: A Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) divulga o seu IPC (índice de preços ao consumidor do município de São Paulo) de outubro. O índice estima as variações do custo de vida das famílias paulistanas com renda familiar entre 1 e 10 salários mínimos.
  • 11h: O presidente do BC, Roberto Campos Neto, discursa na COP26.
  • Balanços trimestrais a serem divulgados: Itaú, CSN, PetroRio, Ultrapar, Arezzo, Pão de Açúcar, Cielo, AES Energia, Pague Menos, Iochpe-Maxion

Com reportagem de Júlia Moura e edição de Denyse Godoy


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 04.maio.2022 às 18h00
Ibovespa fecha em alta de 1,7%, aos 108.343 pontos

Presidente do Fed, Jerome Powell, descartou alta mais forte dos juros nas próximas reuniões do banco central dos EUA