Ações baratas que pagam dividendos: conheça 3 papéis para você pagar pouco e ter renda mensal

Especialistas consultados pela Inteligência Financeira destacam três boas pagadoras de dividendos

As ações baratas que pagam bons dividendos estão na lista de desejos de todo investidor do mercado acionário. Mas o que significa um bom preço? Na visão de Ruy Hungria, analista da Empiricus Research, uma ação de R$ 2, por exemplo, não é necessariamente mais barata do que uma ação de R$ 60.

“Especialmente se a empresa em questão não dá lucro, tem problemas operacionais ou de endividamento, como é o caso de várias ações que negociam hoje na casa de centavos”, ressalta.

Dito isso, especialistas consultados pela Inteligência Financeira destacam três ações baratas que pagam bons dividendos. 

Itaú (ITUB4) 

Segundo Ruy, a ação do Itaú é um dos destaques da carteira. Hoje uma ação do banco custa por volta de R$ 26. “O Itaú segue apresentando resultados bem superiores aos pares e negocia atualmente por 7 vezes lucros e um dividend yield esperado de mais de 6% para 2024, e que deve continuar crescendo”, explica o analista. 

B3 (B3SA3) 

Outra empresa interessante, na visão do especialista, é a B3. “Atualmente, a B3SA3 negocia por 13 vezes os lucros esperados para o ano que vem (bem abaixo da média de 17 vezes), e um dividend yield de mais de 7% também. Além disso, com a perspectiva de queda da Selic nos próximos meses, ela deve ser uma das grandes beneficiadas”, ressalta. A ação da empresa é negociada hoje por volta de R$ 11.  

Vale (VALE3) 

Já na visão de Gustavo Cruz, estrategista chefe da RB Investimentos, a Vale é outra empresa com uma ação barata e que paga bons dividendos. “Ela está com um preço bem menor do que a maior parte dos analistas acredita ser um preço ideal. Acredito que ela está negociando muito em função da economia chinesa, mas começou a reagir com os estímulos econômicos por parte do banco central e governo”, explica. Segundo Gustavo, a companhia tem hoje um fluxo de receita extremamente elevado. Uma ação da Vale custa cerca de R$ 66.  

Como escolher ações baratas que pagam dividendos?

Sobre o processo de escolha de uma ação barata, na visão de Ruy, da Empiricus, não existe uma regra para ser bem-sucedido. “Cada caso é um caso. Às vezes a empresa nem está tão barata, mas está dentro de um setor pouco cíclico, o que permite um fluxo previsível de dividendos. Outras vezes o setor é bastante volátil, mas um valuation descontado faz o investimento em troca de dividendos valer muito a pena, nem que seja por alguns trimestres enquanto o cenário estiver favorável”.  

De maneira geral, de acordo com o analista, o importante é buscar empresas que estejam negociando com múltiplos relativamente baixos para os seus históricos, que tenham uma boa geração de caixa e, com algumas exceções, estejam inseridas em setores menos cíclicos.

“Uma dica muito importante é: não escolher ações apenas com base no dividend yield, porque ele é uma medição do que aconteceu no passado, e não necessariamente representa o que a empresa pagará nos próximos anos”, ressalta.