Valuation

Valuation - ou avaliação de empresas, em tradução livre - é o processo de calcular o valor de uma empresa. É útil para investidores que negociam ações na Bolsa e empreendedores que vendem ou compram um negócio.

Comprar ações de uma boa empresa é sempre vantajoso, certo? Errado! Se o papel dessa companhia estiver sendo negociado por um preço muito elevado, pode não ser uma boa fazer esse investimento. Aí está a importância de entender o conceito de valuation. Calcular o valor justo de uma empresa ou ação vai permitir que você faça investimentos mais assertivos. 

É a partir do valuation que o investidor avalia, ou pelo menos deveria avaliar, se quer entrar em um investimento arriscado ou em outro mais defensivo. Isso porque se o comprador coloca em sua carteira uma empresa negociada com preço alto, apostando em mais valorização da ação no futuro, pode passar a correr um risco mais alto. A expectativa em cima daquela empresa é grande e se ela não entregar resultados satisfatórios, a tendência é que o preço da ação caia. Por outro lado, o investidor que aposta em uma empresa barata faz um movimento mais defensivo, já que a ação tem, na teoria, menos espaço para desvalorização e maior margem para crescimento. 

Valuation não é só preço 

Um aviso aos investidores iniciantes: uma ação pode custar R$ 4 e ser considerada cara enquanto outra é negociada a R$ 98 e ser classificada como barata. Ao oferecer suas ações na Bolsa de Valores, as empresas dividem seu capital de diferentes formas. O que o valuation faz é avaliar se o preço, independentemente do patamar dele, é o justo a ser pago por uma fração daquela empresa. 

Outra informação importante é que o valuation não é uma ciência exata. Você pode considerar uma ação muito barata enquanto seu colega de investimentos se recusa a comprá-la reclamando do alto preço. Essa avaliação tem a ver com a expectativa que o investidor tem para o futuro daquela empresa, além do cálculo do valuation.

Como calcular o preço justo de uma empresa? 

Calcular o valuation de uma empresa não é tarefa fácil, tampouco simples. Tanto que existem inúmeros cursos que se prestam a ensinar a fazer essa conta. E há várias formas de se chegar até o levantamento. A mais conhecida é o fluxo de caixa descontado. Neste método, os investidores olham para indicadores do fluxo de caixa de uma empresa, como receitas e custos, e projetam o lucro que a empresa terá em cinco anos, por exemplo. Depois, colocam na conta o risco do negócio – alguns setores são mais arriscados que outros –, fatores macroeconômicos – como taxa de juros e inflação – e depreciação dos bens daquela empresa – como um carro, que hoje vale R$ 50 mil e em quatro anos pode valer R$ 20 mil. 

Há ainda outros métodos, como o de múltiplos de mercado, que compara os números de um negócio aos dos concorrentes. Os investidores podem comparar lucro, faturamento ou outros indicadores adequados para cada setor.

Outro exemplo de método de valuation é o contábil, que considera apenas o patrimônio líquido da empresa, sem colocar na conta itens intangíveis, como a marca do negócio e patentes, por exemplo.

Explore mais termos
Swiper Anterior
Swiper Próximo

Direto ao Ponto Recuperação judicial

RJ é uma medida extrema para evitar a suspensão das atividades e a consequente falência de uma empresa. Recuperação judicial funciona principalmente para negociar as dívidas com os credores.…

Leia Mais Ir para: Recuperação judicial
Direto ao Ponto Open banking

O open banking foi criado pelo Banco Central (BC) para estimular a concorrência entre os bancos. Pela ferramenta, você decide quando e com quais instituições deseja compartilhar seus dados. O processo é digital e realizado dentro de um ambiente seguro, com supervisão do BC.…

Leia Mais Ir para: Open banking
Direto ao Ponto Fundo Garantidor de Créditos (FGC)

O FGC funciona como um muro de contenção para o sistema bancário como um todo, limitando um efeito dominó que poderia ser gerado no caso de quebra de um dos integrantes.…

Leia Mais Ir para: Fundo Garantidor de Créditos (FGC)
Direto ao Ponto B3

A B3, sigla para ‘Brasil, Bolsa e Balcão’, é a bolsa de valores do Brasil, onde se negocia títulos de renda variável.…

Leia Mais Ir para: B3
Direto ao Ponto Direito de subscrição

Direito de subscrição é a preferência dada ao acionista para adquirir mais ações, quando uma empresa decide fazer uma nova captação (follow on).…

Leia Mais Ir para: Direito de subscrição
Direto ao Ponto Bitcoin

Bitcoin é a primeira criptomoeda criada no mundo. Ele é baseado em uma rede descentralizada, chamada de blockchain, e não depende de nenhum banco para circular …

Leia Mais Ir para: Bitcoin

Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 18.abr.2024 às 13h16
Petrobras (PETR4) vai decidir sobre dividendos extraordinários ainda em abril? Veja o que diz Jean Paul Prates

As últimas semanas têm sido de negociações sobre o tema na Esplanada dos Ministérios

Raphael Coraccini Publicado em 18.abr.2024 às 10h32
Ibovespa perde força e dólar sobe a R$ 5,26 com juros longos avançando nos Estados Unidos

Bolsa de valores hoje: Como se comportam Ibovespa e dólar nesta quinta (18), após movimentações intensas nos últimos dias

Redação IF Publicado em 18.abr.2024 às 09h59
Petrobras (PETR4) assina protocolo de intenções com chinesa de olho em energias renováveis e transição energética

Parceria também prevê a avaliação de potenciais acordos comerciais nas áreas de exploração de petróleo e produção de fertilizantes a partir de gás natural

Redação IF Publicado em 18.abr.2024 às 07h54
Brasil-Chile: Latam amplia voos em mais de 30% entre maio e julho

Ampliação busca atender a demanda aquecida de viagens para o Chile, segundo a diretora de Vendas e Marketing da Latam Brasil, Aline Mafra

Lucas Andrade Publicado em 18.abr.2024 às 06h30
Lojas Renner (LREN3), C&A (CEAB3) ou Guararapes (GUAR3)? Itaú BBA diz qual é a ação preferida do momento

Banco aponta melhores tendências de crédito e perspectivas positivas para as varejistas de média renda no primeiro trimestre

Pedro Knoth Publicado em 17.abr.2024 às 20h18
Raia Drogasil (RADL3) anuncia dividendo extra de R$ 84 milhões; veja o valor por ação

Apenas acionistas que seguraram o papel até esta quarta-feira (17) têm direito a receber o próximo dividendo da Raia Drogasil

Pedro Knoth Publicado em 17.abr.2024 às 19h08
Ações em alta: CSN Mineração (CMIN3) sobe 5% com minério; Marfrig (MRFG3) despenca 6%

Mineradora lidera bloco de ações em alta e sobe junto a Totvs (TOTS3) e Locaweb (LWSA3); Marfrig (MRFG3) despenca 6% e BRF (BRFS3) cai 4%

Raphael Coraccini Publicado em 17.abr.2024 às 13h02
Vale (VALE3): com vendas acima do esperado, mercado aumenta aposta na mineradora

Vendas de minério de ferro da Vale alcançaram 63,8 milhões de toneladas, o que representa um crescimento de 15% ano contra ano

Isabella Carvalho Publicado em 17.abr.2024 às 12h26
É possível comprar ações da Petrobras, e blindar o investimento de questões políticas?

Entenda o impacto do governo nas ações da estatal e como reduzir riscos

Pedro Knoth Publicado em 17.abr.2024 às 11h02
Dez small caps com potencial de pagar bons dividendos em 2024

Analistas apontam algumas small caps que podem pagar dividendos acima da média de 12 meses em 2024, como Tegma (TGMA3), Lavvi (LAVV3) e mais

Clique e veja mais