Confira o calendário da temporada de balanços do 2º tri de empresas da B3

Confira o calendário dos resultados das companhias que fazem parte do Ibovespa

Confira o calendário de balanços de empresas listadas na B3, preparado pela Inteligência Financeira, com base nas informações prestadas pelas próprias companhias em seis websites de relações com investidores.

Confira também um resumo dos principais balanços divulgados até o momento

WEG (WEGE3) reporta lucro 50% maior

A fabricante de motores elétricos WEG (WEGE3) abriu a temporada no dia 19 dentre as empresas que compõem o Ibovespa, o índice das ações de maior liquidez.

A WEG reportou lucro 50% maior o segundo trimestre e divulgou que vai pagar dividendos de R$ 609 milhões. A fabricante de motores industriais e de equipamentos para energia solar teve receitas impulsionadas por negócios no exterior.

Telefônica Brasil (VIVT3) lucra R$ 1,12 bi

O resultado foi divulgado na terça-feira (25) e indicou alta de 50,3% em comparação com o mesmo período do ano anterior. O desempenho da gigante de telefonia superou as previsões de analistas e a companhia citou o impacto de reajustes anuais de preço e a baixa perda de clientes.

Santander (SANB11) tem desempenho ruim

O lucro reportado pelo Santander caiu 43,5% no segundo trimestre, de acordo com dados divulgados pela instituição financeira. O banco informou que emprestou menos a grandes empresas, mas também vê possibilidade de aumento de crédito na segunda metade deste ano.

GPA (PCAR3) registra prejuízo

O GPA registrou, segundo balanço divulgado, prejuízo líquido consolidado de R$ 425 milhões no segundo trimestre. Foi uma alta de 146%. Se o investidor considerar apenas as “operações continuadas”, o saldo negativo foi de R$ 330 milhões – piora de 54,6% em relação ao mesmo período de 2022.

Lucro da Vale (VALE3) cai 78%

A Vale anunciou no último dia 27 de julho queda de 78,2% no lucro do segundo trimestre, refletindo a queda da receita devido a menores preços de minério de ferro e níquel. O lucro – de abril a junho – foi de US$ 892 milhões ante US$ 4,093 bilhões no mesmo período do ano passado.

Cielo (CIEL3) amplia em 27% lucro no 2° tri

A maior empresa de meios de pagamentos do país, controlada pelo Bradesco (BBDC4) e pelo Banco do Brasil (BBAS3), anunciou nesta terça-feira (1) que seu lucro de abril a junho somou R$ 486 milhões, alta de 26,8% ante mesma etapa de 2022. Leia completo aqui.

Petrobras (PETR4) amarga queda de 47%

A gigante brasileira lucrou R$ 28,7 bilhões no segundo trimestre de 2023, mas esse montante representa uma queda de 47% na comparação com a base anual. O resultado ocorre em um momento de queda do preço do petróleo.

Bradesco (BBDC4) tem lucro menor

Outro gigante, mas do setor financeiro, o Bradesco reportou que o lucro caiu 36%. E indicou que as perdas com calotes quase dobraram. O segundo maior banco privado do país anunciou lucro de R$ 4,518 bilhões, uma queda de 35,8% ante a mesma etapa de 2022.

Ambev (ABEV3): lucro líquido de R$ 2,597 bilhões

Já a Ambev teve queda de 15,2% em um ano no lucro líquido e, ao divulgar os resultados, a empresa destacou que a receita líquida permaneceu resiliente e as pressões de custos continuaram a desacelerar no período. Veja mais detalhes sobre o balanço.

Lucro do Itaú (ITUB4) cresce 14% no segundo trimestre

Reforçado pelo crescimento do crédito e pelo resultado do foco em linhas mais lucrativas, como o empréstimo pessoal, o Itaú Unibanco teve crescimento de 14% no lucro no segundo trimestre do ano – o montante foi de R$ 8,74 bilhões.

Eletrobrás (ELET3) também aumenta lucro

A empresa obteve lucro líquido de R$ 1,1619 bilhão no segundo trimestre deste ano, alta de 16% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado do primeiro semestre, a empresa ainda reportou lucro líquido de R$ 22,018 bilhões, mais uma alta, desta vez de 8% na comparação anualizada.

Braskem (BRKM5) sai de lucro para prejuízo

A petroquímica registrou prejuízo milionário no segundo trimestre de 2023; a empresa, que nos três primeiros meses do ano havia lucrado R$ 184 milhões, apresentou prejuízo de R$ 771 milhões.

BTG (BPAC11) informa lucro líquido de R$ 2,57 bilhões

O banco informou lucro líquido de R$ 2,57 bilhões, uma alta de 18% em relação ao mesmo período do ano passado e de 13,8% em relação ao primeiro trimestre deste ano.

BB (BBAS3) lucra R$ 8,8 bilhões

O BB informou que seu lucro cresceu 11,7% no segundo trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior, refletindo forte crescimento do crédito. E isso fez a empresa elevar suas previsões para 2023.

Nubank supera previsões

Banco superou as previsões de lucro no segundo trimestre, apoiado em maiores receitas com crédito e serviços. O banco anunciou que seu lucro de abril a junho somou US$ 224,9 milhões, ante prejuízo de US$ 29,9 milhões um ano antes.

Agenda de resultados 2T 2023

Empresa Data
WEG (WEG3)Balanço divulgado em 19/7
Carrefour Brasil (CRFB3)Balanço divulgado em 25/7
Telefonica Brasil (VIVT3)Balanço divulgado em 25/7
GPA (PCAR3)Balanço divulgado em 26/7
Santander Brasil (SANB11)Balanço divulgado em 26/7
Gol (GOLL4)Balanço divulgado em 27/7
Multiplan (MULT3)Balanço divulgado em 27/7
Hypera (HYPE3)Balanço divulgado em 27/7
Vale (VALE3)Balanço divulgado em 27/7
Usiminas (USIM5)Balanço divulgado em 28/7
TIM (TIMS3)Balanço divulgado em 31/7
Cielo (CIEL3)Balanço divulgado em 1/8
Iguatemi (IGTI11)Balanço divulgado em 1/8
Klabin (KLBN4)Balanço divulgado em 1/8
CSN (CSNA3)Balanço divulgado em 2/8
Prio (PRIO3)Balanço divulgado em 2/8
Suzano (SUZB3)Balanço divulgado em 2/8
Taesa (TAEE11)Balanço divulgado em 2/8
Alpargatas (ALPA3)Balanço divulgado em 3/8
Ambev (ABEV3)Balanço divulgado em 3/8
CCR (CCRO3)Balanço divulgado em 3/8
Cemig (CMIG4)Balanço divulgado em 3/8
Bradesco (BBDC4)Balanço divulgado em 3/8
Fleury (FLRY3)Balanço divulgado em 3/8
Lojas Renner (LREN3)Balanço divulgado em 3/8
Petrobras (PETR4)Balanço divulgado em 3/8
Itaú Unibanco (ITUB4)Balanço divulgado em 7/8
BB Seguridade (BBSE3)Balanço divulgado em 7/8
Braskem (BRKM5)Balanço divulgado em 8/8
CVC (CVCB3)Balanço divulgado em 8/8
Eletrobras (ELET6)Balanço divulgado em 8/8
3R Petróleo (RRRP3)Balanço divulgado em 8/8
Engie Brasil (ENGI3)Balanço divulgado em 8/8
Raia Drogasil (RADL3)Balanço divulgado em 8/8
Totvs (TOTS3)Balanço divulgado em 8/8
Gerdau (GGBR4)Balanço divulgado em 8/8
BTG Pactual (BPAC11)Balanço divulgado em 9/8
Banco do Brasil (BBAS3)Balanço divulgado em 9/8
Cogna (COGN3)Balanço divulgado em 9/8
Hapvida (HAPV3)Balanço divulgado em 9/8
Soma (SOMA3)Balanço divulgado em 9/8
Minerva (BEEF3)Balanço divulgado em 9/8
MRV (MRVE3)Balanço divulgado em 9/8
Rede D’Or (RDOR3)Balanço divulgado em 9/8
SLC (SLCE3)Balanço divulgado em 9/8
Ultrapar (UGPA3)Balanço divulgado em 9/8
Cogna (COFN3)Balanço divulgado em 9/8
Arezzo (ARZZ3)Balanço divulgado em 10/8
Petz (PETZ3)Balanço divulgado em 10/8
B3 (B3SA3)Balanço divulgado em 10/8
CPFL (CPFE3)Balanço divulgado em 10/8
Cyrela (CYRE3)Balanço divulgado em 10/8
Eneva (ENEV3)Balanço divulgado em 10/8
Eztec (EZTC3)Balanço divulgado em 10/8
Locaweb (LWSA3)Balanço divulgado em 10/8
Yduqs (YDUQ3)Balanço divulgado em 10/8
Rumo (RAIL3)Balanço divulgado em 10/8
Sabesp (SBSP3)Balanço divulgado em 10/8
Via VIIA3)Balanço divulgado em 10/8
Cosan (CSAN3)Balanço divulgado em 14/8
Natura&Co (NTCO3)Balanço divulgado em 14/8
IRB Brasil (IRBR3)Balanço divulgado em 14/8
Itaúsa (ITSA4)Balanço divulgado em 14/8
JBS (JBSS3)Balanço divulgado em 14/8
Marfrig (MRFG3)Balanço divulgado em 14/8
Localiza (RENT3)Balanço divulgado em 14/8
Raízen (RAIZ4)Balanço divulgado em 14/8
São Martinho (SMTO3)Balanço divulgado em 14/8
Magazine Luiza (MGLU3)Balanço divulgado em 14/8
Copel (CPLE6) Balanço divulgado em 14/8
Vibra (VBBR3)Balanço divulgado em 14/8
Embraer (EMBR3)Balanço divulgado em 14/8
BRF (BRFS3) Balanço divulgado em 14/8
Aliansce Sonae (ALSO3) Balanço divulgado em 14/8
XP (XP.O)Balanço divulgado em 14/8
Nubank (NU.N)*XP (XP.O)Balanço divulgado em 15/8

*Ações negociadas em bolsas no exterior