Renda fixa vs. Renda variável: Como avaliar riscos e oportunidades agora?

O repórter Cauê Fabiano apresenta nesta quarta-feira (1), na GloboNews, as vantagens e desvantagens destes investimentos; IF aprofunda o assunto

CDBs, renda fixa, LCA, Tesouro Direto
– Ilustração: Marcelo Andreguetti/IF

Se você ainda não sabe, toda quarta-feira, por volta das 22h, Inteligência Financeira tem presença garantida na GloboNews. Quem conduz os programetes, como são chamados na TV os conteúdos de curta duração, é o repórter Cauê Fabiano. Toda semana tem um tema novo sobre investimentos e finanças. Nesta quarta-feira (1), o Cauê desdobra dois assuntos que estão quicando no noticiário: renda fixa e renda variável.

No atual cenário, esse assunto ganhou ainda mais relevância. Quem investe em ações – renda variável, portanto – ficou de cabelo em pé hoje ao acompanhar o fechamento da Bolsa. Não viu? Bom, basta dizer que o Ibovespa terminou o pregão desta quarta-feira em queda de 1,12%, aos 100.775 pontos. É o pior patamar de 2021.

Por outro lado, a renda fixa segue ganhando força no Brasil, enquanto ativos de renda variável amargam perdas. Em uma reportagem da IF, publicada hoje, mostramos que dentre os investimentos mais populares no país, o Tesouro Direto  IPCA+ foi o que mais rendeu em novembro, com valorização de 2,11%, segundo dados do buscador de investimentos Yubb.  

Quais os riscos da renda fixa?

Renda fixa é quando você empresta o seu dinheiro para alguém que precisa do dinheiro agora, e recebe de volta com juros lá na frente. Esse empréstimo pode ser para o governo, para uma empresa. Essa classe de ativos se chama renda fixa justamente por ter uma rentabilidade mais previsível, tem regras e prazos bem definidos. Pode ser fixada em um percentual mensal ou seguir um índice. E é por isso que usamos os termos pré e pós fixados.

Se você compra um ativo de um título público, você está emprestando o seu dinheiro para que o governo federal consiga ter o valor em caixa para fazer um investimento em educação, ou concluir uma obra. Na hora da compra você tem que estar de acordo com o tempo para o resgate do seu investimento e com a taxa de juros que o governo vai precisar pagar em cima do seu dinheiro quando for te devolver. É aí que você pode lucrar.

Não é porque os juros estão subindo que a renda fixa vira alegria garantida, não é assim que funciona. Você pode escolher um investimento a longo prazo, mas ter um contratempo e precisar tirar antes. Ou então, se você comprar um título privado e a empresa ou instituição financeira que você emprestou o seu dinheiro perde a capacidade de pagar por esse dinheiro na data do vencimento, o risco de perder dinheiro aumenta.

Quer saber mais sobre renda fixa e como minimizar os riscos na hora de investir? Veja a entrevista com Rafael Panonko, analista-chefe da Toro Investimentos.

Ainda há oportunidades em renda variável?

A renda variável é um tipo de aplicação financeira em que você não consegue prever os retornos. Ou seja, o seu retorno, como o nome diz, varia. Por isso, falamos que esse tipo de ativo tem mais risco, você fica exposta a volatilidade do mercado, que é maior ou menor dependendo da percepção e análise dos agentes econômicos (investidores, empresas, instituições financeiras) sobre os acontecimentos.

Você deve estar se perguntando, é possível encontrar boas oportunidades em renda variável neste momento? Para descobrir a resposta, vale conferir nesta entrevista da Anne Dias, editora da Inteligência Financeira, com a Sandra Blanco, estrategista-chefe da Órama Investimentos.

Dando um “spoiler”, segundo Blanco, é preciso olhar a empresa para saber se ela “tem bons produtos e serviços no mercado, se tem bons lucros, como performou em momentos de crise, se tem uma gestão de excelência”. E quando um ativo está em queda, o que o investidor pode fazer? Para saber, é só dar um play.


Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação

Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 15h36
Muitos investidores de criptomoedas não sabem o que estão comprando, diz dirigente do BoE

Jon Cunliffe, do banco central britânico, intensificou o pedido para que as autoridades regulem os criptoativos

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 14h22
Nubank: analistas veem resultados positivos, mas inadimplência gera cautela

Desde o IPO, em 8 de dezembro, quando foi precificado a US$ 9, o papel do banco digital acumula queda de 50,2%

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 11h27
Ibovespa opera em alta e busca retomar marca de 110 mil pontos

Bolsa busca quinto dia de ganhos, em meio ao alívio no exterior

Valor Econômico Publicado em 17.maio.2022 às 07h47
Maior parte das ações na Bolsa acumula queda desde início de 2021

Das 100 ações do IBrX, 64 têm perda no período

Diogo Rodriguez Publicado em 16.maio.2022 às 17h04 Duração 1 min.
O que é investir? Basicamente, é emprestar dinheiro

A gente ouve falar muito em investimentos. Mas o que é investir? O que significa esse ato? Veja mais no Me Explica na IF

Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 15h16
Estrangeiros já sacaram R$ 12,6 bilhões da Bolsa em maio

Movimento positivo no ano diminuiu para R$ 45,03 bilhões