Tesouro IPCA sobe 2,11% e é o melhor investimento de novembro

Na lanterna, fundos imobiliários e bitcoin amargam perdas

Investidores observam painel no prédio da Bolsa de Valores em São Paulo
Pessoas observam painel eletrônico da da Bolsa de Valores, com gráfico do Ibovespa (Foto: Marco Ankosqui/Agência O Globo)

A renda fixa segue ganhando força no Brasil, enquanto ativos de renda variável amargam perdas. Dentre os investimentos mais populares no país, o Tesouro Direto IPCA+ foi o que mais rendeu em novembro, com valorização de 2,11% segundo dados do buscador de investimentos Yubb.

No mês passado, expectativas para a inflação de 2021 e de 2022 foram revisadas para cima, deixando estes ativos ainda mais vantajosos e procurados, o que eleva seu preço no mercado. O Tesouro IPCA com juros semestrais também teve um bom desempenho, com ganho de 1,72%.

Considerando as criptomoedas mais negociadas, o Ethereum teve o melhor desempenho em novembro, com alta de 7,38%. Tida como a segunda maior moeda digital, atrás apenas do bitcoin, ela foi beneficiada por um movimento de queima de moedas, semelhante à recompra de ações. No mês, a moeda bateu diversas vezes seu valor recorde e atualmente está na casa dos R$ 26,5 mil.

Por outro lado, na lanterna está o bitcoin (-7,81%). Após bater o recorde de US$ 68.925 (cerca de R$ 382 mil) no início de novembro, a maior e mais famosa criptomoeda sofreu com realização de lucros após novas críticas da China às moedas digitais e com a aversão a risco provocada pela variante ômicron do coronavírus.

O Ifix, índice fundos imobiliários, também foi pressionado pelo temor de investidores em torno da ômicron e recuou 3,64% no mês passado, o pior desempenho mensal desde março de 2020, quando o índice derreteu 15,8% com o início da pandemia de Covid-19. Também contribuíram para a desvalorização das cotas a alta da inflação e dos juros.

Os mesmos motivos pressionaram o Ibovespa, que teve o quinto mês seguido de desvalorização, renovando a mínima pontuação no ano (101.915 pontos). No acumulado de novembro, a queda do índice foi de 1,53%.

O mercado acionário está tão em baixa, que até a poupança nova — depósitos a partir de 4 de maio de 2012 — teve um desempenho melhor do que o do Ibovespa, com alta de 0,44%.

Confira o quanto renderam os principais investimentos em novembro de 2021:

Fonte: Yubb

Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 17.maio.2022 às 19h14
NY: Empresas de tecnologia recuperam perdas; ações de aéreas americanas fecham em alta

Dados positivos de vendas no varejo nos EUA e sinais de reabertura na China alimentam otimismo

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 17h32
Dólar fecha em queda de 2,14%, a R$ 4,9419, com exterior positivo

A redução das medidas de restrição na China favoreceu a das commodities e beneficiou moedas de países exportadores

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 15h48
Ação da Hapvida despenca 16% e lidera perdas do Ibovespa

Itaú BBA tem recomendação "outperform" para o papel, com preço-alvo de R$ 17 para o fim de 2022

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 15h36
Muitos investidores de criptomoedas não sabem o que estão comprando, diz dirigente do BoE

Jon Cunliffe, do banco central britânico, intensificou o pedido para que as autoridades regulem os criptoativos