Dica do especialista: títulos públicos prefixados antes que os juros comecem a cair

Papéis com prazo para 2025 estão pagando 12,5% ao ano

DICA DO ESPECIALISTA
Victor Vietti, do Itaú Unibanco, mostra os investimentos para você ficar de olho – ou evitar

Pontos-chave

  • Selic deve subir mais um pouco, encerrando o ciclo de alta
  • O ideal é que você trave seus ganhos

Os juros devem começar a cair. Os especialistas em investimentos do Itaú Unibanco, por exemplo, avaliam que o Copom pode elevar a Selic para 13,75% e aí, então, comece a reduzir os juros básicos da economia.

Ao saber disso, você pode se antecipar e travar seus ganhos. Como? “É hora de olhar para os títulos públicos prefixados do Tesouro Direto, que travam os rendimentos até o vencimento”, afirma o especialista líder em investimentos do Itaú Unibanco, Victor Vietti.

Victor citou no Manhã Inteligente desta terça-feira (21) que uma das melhores opções é o Tesouro prefixado com prazo de vencimento para 2025 e que está pagando cerca de 12,5% ao ano. “Quase 1% por mês”, disse Victor.

Sobre o Nosso Manhã Inteligente

Vem com a gente: o Manhã Inteligente acontece de segunda a sexta-feira, aqui no site da Inteligência Financeira e também nas nossas redes sociais (Linkedin e Instagram) e YouTube, sempre às 9h30.

A Inteligência Financeira é um canal jornalístico e este conteúdo não deve ser interpretado como uma recomendação de compra ou venda de investimentos. Antes de investir, verifique seu perfil de investidor, seus objetivos e mantenha-se sempre bem informado.

Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h23
Track&Field anuncia programa de recompra de ações; conheça a estratégia

Muitos motivos levam uma empresa a realizar uma OPA, e você pode ganhar dinheiro com isso

Valor Econômico Publicado em 01.jul.2022 às 11h39
Análise: PEC dos Combustíveis dificulta o trabalho do Banco Central para baixar a inflação

O assunto novo levantado pelo Copom em junho é o risco de as medidas colocarem o pé no acelerador da economia, num momento em que a política monetária pisa no freio

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h13
Dólar dispara e supera R$ 5,33 com temores de recessão global no radar

Mercado também repercute aprovação de PEC que libera gasto bilionário às vésperas das eleições

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 10h21
Criptomoedas iniciam julho no vermelho com bitcoin abaixo de US$ 20 mil

Bitcoin teve sua pior perda trimestral em mais de uma década