Dica do especialista: fundo com foco em títulos de crédito privado

Ativo busca superar o CDI no longo prazo

DICA DO ESPECIALISTA
Victor Vietti, do Itaú Unibanco, mostra os investimentos para você ficar de olho – ou evitar

Pontos-chave

  • O Itaú Active Fix All é um produto pós-fixado, que segue as oscilações da taxa básica de juros
  • Em 12 meses, a rentabilidade do papel foi de 123,6% do CDI

Quanto maior o risco, maior o retorno. E também maior o tombo. Os especialistas em investimento recomendam que você, investidor e investidora, deva ter um pedaço, por menor que seja, em ativos com algum risco, justamente para tentar aumentar sua rentabilidade e, é claro, sempre respeitando seu perfil. E você deve compensar esse risco e possíveis perdas com títulos menos agressivos. Neste racional, Victor Vietti, especialista líder em investimentos do Itaú Unibanco, citou no Manhã Inteligente desta quarta-feira (4) o fundo Itaú Active Fix All, cujo objetivo é superar o CDI no longo prazo. O investimento tem em carteira ativos de crédito privado, com diversificação de emissores financeiros e não financeiros de baixo e médio risco.

O que é o Itaú Active Fix All

O Itaú Active Fix All é um produto pós-fixado, que segue as oscilações da taxa básica de juros. “Mas tem um tempero a mais de crédito privado”, afirma Victor. Isso porque o ativo tem em carteira em títulos privados financeiros e não financeiros, além de uma pitada de crédito público. Em 12 meses, a rentabilidade do papel foi de 123,6% do CDI. “Ele tem risco de crédito privado, mas o gestor tem sido habilidoso, até porque este tipo de risco está bem longe do risco de Bolsa, por exemplo”, diz Victor. A taxa de administração é de 0,5% ao ano e a de performance de 20%, aplicados sempre que o rendimento exceder 100% do CDI.

Sobre o Nosso Manhã Inteligente

Vem com a gente: o Manhã Inteligente acontece de segunda a sexta-feira, aqui no site da Inteligência Financeira e também nas nossas redes sociais (Linkedin e Instagram) e YouTube, sempre às 9h30.


Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação

Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 15h36
Muitos investidores de criptomoedas não sabem o que estão comprando, diz dirigente do BoE

Jon Cunliffe, do banco central britânico, intensificou o pedido para que as autoridades regulem os criptoativos

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 14h22
Nubank: analistas veem resultados positivos, mas inadimplência gera cautela

Desde o IPO, em 8 de dezembro, quando foi precificado a US$ 9, o papel do banco digital acumula queda de 50,2%

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 11h27
Ibovespa opera em alta e busca retomar marca de 110 mil pontos

Bolsa busca quinto dia de ganhos, em meio ao alívio no exterior

Valor Econômico Publicado em 17.maio.2022 às 07h47
Maior parte das ações na Bolsa acumula queda desde início de 2021

Das 100 ações do IBrX, 64 têm perda no período

Diogo Rodriguez Publicado em 16.maio.2022 às 17h04 Duração 1 min.
O que é investir? Basicamente, é emprestar dinheiro

A gente ouve falar muito em investimentos. Mas o que é investir? O que significa esse ato? Veja mais no Me Explica na IF

Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 15h16
Estrangeiros já sacaram R$ 12,6 bilhões da Bolsa em maio

Movimento positivo no ano diminuiu para R$ 45,03 bilhões