Bolsonaro diz que indicado para comandar Petrobras vai ‘resolver questão dos combustíveis’

Presidente reclamou da demora para Caio Paes de Andrade assumir o cargo

Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que, diferentemente dos outros presidentes que escolheu para comandar a Petrobras, com o atual indicado para o cargo, Caio Mário Paes de Andrade, será “resolvida esta questão dos combustíveis”. Bolsonaro voltou a reclamar da demora na análise dos novos nomes da diretoria pelo conselho e argumentou que a estatal não deveria reajustar os preços imediatamente à elevação de preços do petróleo.

Quarto presidente da Petrobras no governo Bolsonaro, Caio Mário Paes de Andrade foi escolhido no mês passado para substituir José Mauro Ferreira Coelho, que ocupa o cargo há apenas dois meses.

“Nós somos os acionistas com o maior número de papéis, mas não temos este poder de mudar rapidamente. Já estamos há um mês tentando trocar o presidente da Petrobras e ainda não conseguimos”, reclamou o presidente, em entrevista ao “Canal Leda Nagle”, no Youtube. Bolsonaro afirmou que “não resolveu” trocar o presidente da estatal em outras ocasiões, mas agora será diferente”.

“Não resolveu, mas pode ter certeza que você vai descobrindo as coisas com o tempo. Vai ser resolvida esta questão dos combustíveis. Vai ser transparente. Até a questão da PPI, você não precisa reajustar imediatamente quando aumenta o preço lá fora”, sustentou.

O presidente repetiu que não interfere nos preços da Petrobras, mas que ela “está dando dica aí que quer aumentar de novo” o preço na refinaria. “A Petrobras está tendo lucros extorsivos. Quanto mais o petróleo aumenta lá fora, mais a Petrobras fatura, não podia ser assim”, finalizou.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Manhã Inteligente Publicado em 30.jun.2022 às 12h06
PIB dos Estados Unidos, investimentos em debêntures, golpes financeiros

Isabella Carvalho e Ítalo Martinelli comentam esses e outros assuntos que podem afetar seu bolso nesta quinta (30)

Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 10h53
Inflação com consumo nos EUA sobe 0,6% em maio; ativos domésticos são pressionados pelo cenário mais adverso no exterior

O Ibovespa tem forte queda enquanto o dólar opera em alta ante o real no início desta quinta-feira