Ibovespa sobe puxado por capital estrangeiro e tem terceiro pregão seguido de ganhos

Em Nova York, o dia foi de oscilação intensa e o S&P 500 encerrou o pregão em queda de 0,54%, o Nasdaq fechou em baixa de 1,40% e o Dow Jones recuou 0,02%

A elevada demanda estrangeira por ações locais seguiu impulsionando o Ibovespa e fez novamente o índice caminhar na contramão de seus pares em Nova York. Mesmo com os investidores ainda digerindo a decisão do Federal Reserve (Fed) da véspera, o Ibovespa enfileirou seu terceiro pregão seguido de ganhos e fechou em 112.289 pontos, maior patamar desde outubro.

A rede de petshops Petz ficou entre as maiores altas da B3, após anunciar a compra da fabricante de tapetes higiênicos Petix por R$ 70 milhões. A ação terminou o pregão em alta de 1,3%, cotada a R$ 88,32. No setor de commodities, a Petrobras foi o destaque com elevação de 3,15%, a R$ 34,03.

Em Nova York, o dia foi de oscilação intensa e o S&P 500 encerrou o pregão em queda de 0,54%, o Nasdaq fechou em baixa de 1,40% e o Dow Jones recuou 0,02%.

O pano de fundo dos negócios continuou sendo a postura mais dura do que a esperada pelo banco central americano em sua decisão de política monetária anunciada ontem. O presidente da instituição, Jerome Powell, não descartou um ritmo maior e mais intenso de altas de juros no país para fazer frente à inflação nos EUA.

Assim, teve sequência o movimento de rotação das carteiras dos investidores para fora de ativos de risco dos Estados Unidos, que afetou especialmente as ações do setor de tecnologia — o que ficou evidente com o desempenho inferior do Nasdaq em relação a seus pares.

O movimento, contudo, tem desencadeado uma busca global por ativos que vinham sendo negociados a múltiplos mais descontados, como é o caso das ações de países emergentes e, mais especificamente, do Brasil.

Pelo 17º pregão consecutivo em 2022 — todos no ano em que há dados contabilizados — os investidores estrangeiros compraram ações no mercado secundário à vista da B3, em montante que já se aproxima de R$ 23 bilhões.

Com informações do ValorPro, serviço de informações em tempo real do Valor Econômico.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h23
Track&Field anuncia programa de recompra de ações; conheça a estratégia

Muitos motivos levam uma empresa a realizar uma OPA, e você pode ganhar dinheiro com isso

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h13
Dólar dispara e supera R$ 5,33 com temores de recessão global no radar

Mercado também repercute aprovação de PEC que libera gasto bilionário às vésperas das eleições