Indicadores econômicos alimentam discussão sobre rumo dos juros nesta semana

Divulgação da ata do Copom também deve dar indicações da estratégia para a Selic

Rua de comércio popular no Rio de Janeiro (RJ) (Foto: Brenno Carvalho/Agência O Globo)

A decisão do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) de aumentar a taxa básica de juros Selic em 1 ponto percentual, para 12,75% ao ano, na semana passada, estava dentro das previsões dos especialistas. Agora, a discussão é: quantas elevações ainda serão feitas, e quando? A resposta a essas perguntas determinará tanto estratégias de investimento para os próximos meses quanto tendências de consumo e de gestão das empresas.

Os analistas do mercado financeiro esperam mais uma alta de 0,75 ponto percentual nos juros em junho, levando a Selic a 13,75% ao ano, segundo a pesquisa semanal Focus, feita pelo BC. Até o final do ano, a taxa ficaria nesse nível.

A calibragem dos juros é realizada para tentar segurar a inflação. Na terça (10), o BC publica a ata da mais recente reunião do Copom, dando detalhes sobre o que motivou a decisão e o seu grau de preocupação com o ritmo de avanço dos preços.

Diversos indicadores que saem nesta semana também devem ajudar a balizar as expectativas para a Selic.

Do lado da atividade econômica, tem dados de vendas do varejo e produção de veículos na terça (10) e de crescimento do setor de serviços na quinta (12). O grau de aquecimento dessas atividades vai sinalizar o que se pode esperar da inflação futura. A atual e oficial será divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística na quarta (11).

Juros nos EUA

O aumento da inflação não é um fenômeno exclusivamente brasileiro. Muitos países estão sofrendo com a alta dos preços, em parte devido à guerra na Ucrânia, que fez subir a cotação de gêneros alimentícios como o trigo.

O Fed (Federal Reserve, banco central americano) na semana passada também aumentou sua taxa básica de juros do intervalo de 0,25% a 0,5% ao ano para de 0,75% a 1% ao ano. A elevação dos juros nos EUA tem um interesse extra para os brasileiros: as aplicações de renda fixa na nação tida como a mais segura para investimentos no mundo ficam mais atraentes, encorajando os estrangeiros a levar seu dinheiro para lá.

Nos últimos meses, o debate sobre o rumo dos juros americanos tem sido alimentado adicionalmente pos comentários píublicos feitos por diretores do Fed e por membros do seu comitê de política monetária. Nesta semana, são nove para prestar atenção.

Agenda

Domingo (8)

  • 20h – EUA: discurso de Raphael Bostic, membro do comitê de política monetária do Fed

Segunda-feira (9)

  • 9h45 – EUA: discurso de Raphael Bostic, membro do comitê de política monetária do Fed

Terça-feira (10)

  • 8h: divulgação da ata do Copom
  • 8h40 – EUA: discurso de John C. Williams, presidente da sucursal do Fed em Nova York
  • 9h: vendas no varejo (março), do IBGE
  • 10h: produção e vendas de veículos (abril), da Anfavea
  • 14h – EUA: discurso de Christopher Waller, diretor do Fed
  • 16h – EUA: discurso de Loretta Mester, presidente da sucursal do Fed em Cleveland
  • 20h – EUA: discurso de Raphael Bostic, membro do comitê de política monetária do Fed

Quarta-feira (11)

  • 5h – Zona do Euro: discurso de Christine Lagarde, presidente do BCE (Banco Central Europeu)
  • 9h30 – EUA: divulgação do IPC (Índice de Preços ao Consumidor) (abril)
  • 11h30 – EUA: estoques de petróleo bruto
  • 12: IPCA (abril), do IBGE

Quinta-feira (12)

  • 9h: crescimento do setor de serviços (março), do IBGE
  • 9h30 – EUA: pedidos de seguro-desemprego (semanal)
  • 9h30 – EUA: divulgação do IPP (Índice de Preços ao Produtor) (abril)
  • 16h – EUA: discurso de Mary Daly, membro do comitê de política monetária do Fed

Sexta-feira (13)

  • 11h – EUA: divulgação do índice Michigan de confiança do consumidor
  • 12h – EUA: discurso de Noel Kashkari, membro do comitê de política monetária do Fed
  • 13h – EUA: discurso de Loretta Mester, presidente da sucursal do Fed em Cleveland

Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 17.maio.2022 às 20h10
Deputados do PT apelam ao STF para barrar privatização da Eletrobras no TCU

Parlamentares do PT entraram com pedido de liminar no STF para suspender o julgamento da privatização da estatal

JOTA Atualizado em 17.maio.2022 às 18h52
Análise: Em campanha por ‘super bancadas’, centrão rejeita ataques de Bolsonaro às urnas

Lideranças temem prejuízo eleitoral, mas QG político associa estridência à cobrança por mudanças na Petrobras

Valor Econômico Publicado em 17.maio.2022 às 12h07
Setor de tecnologia faz ajustes nos EUA

Austeridade decorre da venda de ações por investidores aflitos pela taxa de juros e desaceleração

Manhã Inteligente Publicado em 17.maio.2022 às 11h57
Banco Central e Selic, abertura de capital, novela Musk e Twitter

Isabella Carvalho e Victor Vietti falam sobre os principais assuntos que podem afetar seus investimentos nesta terça (17)

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 11h22
Governo mexe na tabela do frete para conter insatisfação de caminhoneiros

Presidente editou medida provisória reduzindo de 10% para 5% o gatilho que permite revisão da tabela