Queda de ações da Tesla liquida US$ 126 bilhões em valor de mercado da empresa em um dia

Ações da fabricante de veículos elétricos caíram 23% desde que Musk revelou participação no Twitter

BDRs da Tesla foram as mais negociadas em 2021 (Foto: Pixabay)

A Tesla perdeu cerca de US$ 126 bilhões em valor de mercado nesta terça-feira, quando suas ações caíram 12% com a preocupação dos investidores de que Elon Musk possa vender participação na empresa para concluir sua aquisição de US$ 44 bilhões do Twitter.

A capitalização de mercado da fabricante de veículos elétricos caiu mais de US$ 275 bilhões desde 4 de abril, quando Musk divulgou que aumentou sua participação no Twitter. Isso representa uma queda de aproximadamente 23%. O valor em dólares da participação de 17% de Musk na Tesla encolheu mais de US$ 40 bilhões, quase o dobro da parcela de capital que ele prometeu na transação do Twitter.

O preço das ações da Tesla está afundando em meio a uma venda mais ampla nos mercados de ações em todo o mundo devido à expansão econômica mais lenta e à inflação persistente.

Além disso, os investidores fugiram de empresas de alto crescimento (‘growth’) enquanto o Federal Reserve, o banco central dos EUA, se prepara para embarcar em uma série de aumentos na taxas de juros nos EUA.

Com agências.


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 17.maio.2022 às 20h10
Deputados do PT apelam ao STF para barrar privatização da Eletrobras no TCU

Parlamentares do PT entraram com pedido de liminar no STF para suspender o julgamento da privatização da estatal

Redação IF Atualizado em 17.maio.2022 às 19h14
NY: Empresas de tecnologia recuperam perdas; ações de aéreas americanas fecham em alta

Dados positivos de vendas no varejo nos EUA e sinais de reabertura na China alimentam otimismo

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 15h48
Ação da Hapvida despenca 16% e lidera perdas do Ibovespa

Itaú BBA tem recomendação "outperform" para o papel, com preço-alvo de R$ 17 para o fim de 2022

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 14h22
Nubank: analistas veem resultados positivos, mas inadimplência gera cautela

Desde o IPO, em 8 de dezembro, quando foi precificado a US$ 9, o papel do banco digital acumula queda de 50,2%

Valor Econômico Publicado em 17.maio.2022 às 12h07
Setor de tecnologia faz ajustes nos EUA

Austeridade decorre da venda de ações por investidores aflitos pela taxa de juros e desaceleração

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 11h27
Ibovespa opera em alta e busca retomar marca de 110 mil pontos

Bolsa busca quinto dia de ganhos, em meio ao alívio no exterior