Boletim Focus: mercado sobe projeção para a inflação pela terceira vez seguida, de 5,15% para 5,38%

Novo relatório mostra também uma leve uma melhora na expectativa de crescimento do PIB no ano

Banco Central do Brasil
Prédio do Banco Central do Brasil em Brasília (Foto: Michel Filho/Agência O Globo)

Os analistas das instituições financeiras elevaram pela terceira semana consecutiva a previsão para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) em 2022, de 5,15% para 5,38%. A taxa esperada para a inflação oficial no final do ano está acima da meta estipulada pelo Banco Central, de 3,5% – com o teto de tolerância em 5%. Os dados são do novo boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (31) pelo BC.

O mercado melhorou a projeção para o crescimento do PIB em 2022. Agora, o mercado aponta uma alta de 0,30% na atividade econômica ante uma expansão de 0,29% no relatório anterior.

No cenário para o câmbio, os especialistas mantiveram a expectativa em R$ 5,60. A estimativa para a Selic também não sofreu ajuste. O mercado aposta que os juros básicos da economia devem encerrar 2022 em 11,75% ao ano. A taxa atualmente está em 9,25% ao ano.

Avaliações para 2023

A projeção para o IPCA no ano que vem subiu, de 3,40% para 3,50%. A previsão para o PIB caiu, de 1,69% para 1,55%. A perspectiva para o câmbio ficou em R$ 5,50. Já para a Selic, a expectativa é que a taxa feche 2023 em 8% ao ano.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

1 min
Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

JOTA Publicado em 01.jul.2022 às 16h58
Semana política: PEC “vale-tudo” une governo e oposição por votos

Enquanto isso, em campanha, Lula acena a empresários e ao mercado, diz Fábio Zambeli, do JOTA

2 min
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h28
Bilionários dão adeus a US$ 1,4 tri no 1º semestre; veja quem perdeu mais

A fortuna de Elon Musk caiu quase US$ 62 bilhões. Jeff Bezos viu sua riqueza diminuir em cerca de US$ 63 bilhões. O patrimônio líquido de Mark Zuckerberg foi reduzido em mais da metade

4 min
Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h08
Efeito bumerangue: entenda como quem tem menos grana vai pagar, no futuro, a conta da ‘PEC Eleitoral’

Aumento de gastos tende a pressionar a inflação e prejudicam, principalmente, as pessoas de menor poder aquisitivo

4 min
Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 18h17
União Europeia chega a acordo histórico para regular critpoativos. ‘É o fim do Velho Oeste digital’, diz parlamentar

NFT com preço fixo, como ingressos para eventos ou itens em games, não serão regulados. Provedores deverão divulgar impacto ambiental dos ativos digitais

5 min