Boletim Focus aponta inflação maior e alta menor do PIB em 2021

A avaliação do mercado é que o IPCA vai fechar o ano acima de 10%

Foto: Jorge William/Agência O Globo

Os especialistas do mercado financeiro subiram pela 34ª semana seguida a expectativa para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) em 2021. A taxa passou de 10,12% para 10,15%, conforme o boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (29) pelo Banco Central (BC). Houve um avanço também na estimativa para 2022, de 4,96% para 5%.

Para o PIB (Produto Interno Bruto) deste ano, o mercado baixou a projeção pela sétima vez consecutiva, de 4,80% para 4,76%. O crescimento da atividade econômica em 2022 também foi revisada para baixo, de 0,70% para 0,58%.

O relatório do BC reforça ainda a expectativa de que o Copom (Comitê de Política Monetária) irá elevar a taxa Selic em 1,5 ponto percentual na última reunião de 2021, de 7,75% para 9,25% ao ano. O panorama é de mais altas no ano que vem, com os juros básicos da economia indo a 11,25% ao ano.

A perspectiva para o dólar foi mantida em R$ 5,50 tanto para 2021 quanto para 2022. Clique aqui para conferir o boletim completo.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 19.maio.2022 às 09h06
IGP-M desacelera para 0,39% na segunda prévia de maio, aponta FGV

Houve recuos nos preços ao produtor, ao consumidor e nos custos da construção

Manhã Inteligente Publicado em 17.maio.2022 às 11h57
Banco Central e Selic, abertura de capital, novela Musk e Twitter

Isabella Carvalho e Victor Vietti falam sobre os principais assuntos que podem afetar seus investimentos nesta terça (17)

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 07h26
Freio na economia chinesa deve fazer Brasil crescer menos

Analistas projetam expansão menor em 2023 e inflação global maior, também devido à guerra na Ucrânia e à alta de juros nos EUA