Cyrela (CYRE3) pode ter bons resultados ao longo de 2023. Mas é hora de investir nas ações da empresa?

Empresa informou que distribuirá R$ 192 milhões em dividendos aos acionistas

A Cyrela (CYRE3) informou ao mercado que distribuirá R$ 192 milhões em dividendos aos seus acionistas. Além disso, a empresa comunicou, em abril, em prévia de seus resultados operacionais, que as vendas líquidas contratadas somaram R$ 1,545 bilhão no primeiro trimestre de 2023. Isso representa um aumento de 17,7% sobre o mesmo período de 2022.

Nesse sentido, muitos investidores se perguntam se vale comprar CYRE3 neste momento. A seguir, confira mais informações sobre a empresa, segundo analistas, para tomar uma decisão.

O que é Cyrela (CYRE3)?

A Cyrela foi constituída em 1962 por Elie Horn, empresário sírio radicado no Brasil e considerado o maior filantropo do país hoje. Surgiu como uma empresa do setor da construção civil, voltada para construção e empreendimentos residenciais localizados em São Paulo.

A empresa foi listada na bolsa brasileira em 2005. Assim, tem suas ações negociadas sob o ticker CYRE3.

Em 2007, iniciou-se a operação no segmento de lajes corporativas de alto padrão. No mesmo ano, nasceu a Cyrela Commercial Properties (CCP), a partir da cisão da operação englobando imóveis corporativos, centros de logística e shopping centers. As ações da CCP iniciam suas negociações no na bolsa em 9 de agosto.

A companhia também atua por meio das marcas Living, com foco no segmento de médio padrão, e Vivaz, com foco no programa Minha Casa Minha Vida.

E, além de uma participação na Tecnisa, a Cyrela detém o controle da incorporadora Plano & Plano. Ademais, há as joint ventures Cury, que desenvolve projetos no segmento econômico em SP e RJ, e a Lavvi, voltada para médio e alto padrão em SP.

Vale a pena investir em Cyrela (CYRE3)?

Em 17 de março de 2023, quando a Cyrela divulgou o seu resultado do quarto trimestre do ano passado, CYRE3 fechou o pregão em forte queda, de 7,47%, cotada a R$ 14,74.

Na ocasião, a empresa reportou que reduziu seu lucro líquido em 4,5% sobre o mesmo período do ano passado, para R$ 208 milhões. No total de 2022, o indicador caiu 11,5%, somando R$ 809 milhões.

De acordo com o Credit Suisse, a Cyrela encerrou 2022 com um desempenho impressionante e nadando contra a maré, considerando a deterioração da dinâmica do setor.

Na avaliação dos analistas do banco, a empresa conseguiu entregar um retorno sobre patrimônio líquido de 12,5%. Isso justificaria a vantagem em relação aos pares e reforça a posição da empresa como líder do segmento de média e alta renda.

Já o Citi afirma que os resultados financeiros da Cyrela no quarto trimestre de 2022 foram dentro do esperado, mas a liquidez  da companhia é algo para se ficar atento nos próximos períodos.

De acordo com os analistas do banco, a empresa impulsionou seu lucro ao vender ações da Cury, e isso pode continuar ao longo de 2023.

Em relatório, o Bradesco BBI pontuou que a Cyrela apresentou resultados mistos no quarto trimestre de 2022, com números operacionais robustos e um lucro líquido razoável, apesar de uma pequena queda em margem bruta.

Resiliência da receita

Para o Safra, o desempenho positivo das vendas da companhia ao longo do ano contribuiu para a resiliência de sua receita.

“Enquanto isso, a margem mais baixa dos desenvolvimentos recentes pressionou o ajuste da empresa, com margem bruta para ainda saudáveis 33,1%, levando seu lucro líquido a sólidos R$ 208 milhões, impulsionado por um robusto resultado de equivalência patrimonial de suas coligadas, bem como por um resultado financeiro melhor do que o esperado”, destacam os analistas do banco.

Sendo assim, o Credit Suisse e Citi têm recomendação de compra para as ações da Cyrela, com preço-alvo de R$ 21 e R$ 18, respectivamente.

O Bradesco BBI segue a mesma linha, mas aponta preço-alvo de R$ 22. Mais otimista, o Safra, que também recomenda a compra de CYRE3, sugere preço-alvo de R$ 32,30.

Prévia do resultado

A Cyrela (CYRE3) divulgou no mês passado a prévia de seus resultados operacionais do primeiro trimestre de 2023. As vendas líquidas contratadas somaram R$ 1,545 bilhão no período, um aumento de 17,7% sobre a mesma etapa de 2022.

Além disso, a empresa também informou que lançou oito empreendimentos no trimestre, totalizando um volume de R$ 1,345 bilhão, 30% superior ao realizado no três primeiros meses do ano passado (R$ 1,038 bilhão) e 52% abaixo do último trimestre de 2022 (R$ 2,821 bilhões).

A empresa divulga os resultados do primeiro trimestre de 2023 em 11 de maio.

Como comprar ações da Cyrela (CYRE3)?

Primeiramente, para comprar ações da Cyrela (CYRE3), você deve abrir uma conta em uma corretora de valores. Depois disso, é só transferir o dinheiro que deseja investir para a sua conta e começar a negociar por meio do ticker CYRE3.

Dividendos da Cyrela (CYRE3)

Os acionistas  da Cyrela aprovaram, em assembleia geral ordinária (AGO), a distribuição de R$ 192 milhões em dividendos, o equivalente a R$ 0,5113 por ação. 

Sendo assim, os proventos serão entregues aos acionistas com posição em 2 de maio e pagos até o final do exercício de 2023, conforme parcelas e datas a serem definidas pela companhia.

Vale destacar que as ações passaram a ser negociadas “ex-dividendos” desde 3 de maio.