Quanto renderam as ações da Nvidia?

Saiba quanto você somaria em sua conta se tivesse investido na empresa no ano passado e há 5 anos

Ela é o momento! A Nvidia (BDR: NVDC34 / Nasdaq: NVDA) alcançou novos recordes no pregão desta sexta-feira (24), na Nasdaq, e agora vale mais que Amazon (AMZO34) e Tesla (TSLA34) juntas. Desde o início do ano até o fechamento de quinta-feira, as ações da Nvidia subiram 110%, o correspondente a um aumento de 10% no índice S&P 500 e uma alta de 11% no índice Nasdaq Composite no mesmo período.

Dito isso, quanto será que você teria ganhado se tivesse investido R$ 1 mil na empresa há cinco anos, quando o BDR da Nvidia foi lançado no Brasil? E um ano atrás? Com a ajuda de Thiago Guedes, diretor de Negócios da Bridgewise no Brasil, a gente fez os cálculos. Confira a seguir.

Quanto você teria hoje se tivesse investido R$ 1 mil em ações da Nvidia há 5 anos?

Em seu lançamento, em 2019, um BDR da Nvidia valia R$ 3,35. Passados cinco ano, hoje, de acordo com o fechamento de quinta-feira (23), custa R$ 111,04, uma variação de 3.214,63%. Ou seja, se você tivesse investido R$ 1 mil em 2019, teria em sua conta neste ano aproximadamente R$ 33 mil. Isso sem contar os dividendos.

Além disso, caso você tivesse comprado na época as ações da empresa por meio de uma conta global, e não o BDR, somaria um pouco mais, cerca de R$ 33,35 mil. Nesse sentido, entretanto, é preciso descontar algumas despesas, como explica Guedes, da Bridgewise. “Se você calcular os custos, mais câmbio e alguns corretagem, isso pode vir a praticamente ficar o mesmo valor do BDR”.

Fonte: Bridgewise no Brasil

Ações da Nvidia compradas há 1 ano: quanto renderam?

Agora, se você tivesse comprado BDRs da Nvdia o lucro seria um pouco menor, mas, mesmo isso, muito bom! Em 22 de maio, um BDR, que hoje vale R$ 111,04, custava R$ 32,49 – valorização de 241,77% em 12 meses. Em resumo, se você tivesse investido R$ 1 mil há um ano na empresa, teria hoje cerca de R$ 3,4 mil.

Fonte: Bridgewise no Brasil

Últimos resultados da Nvidia

A Nvidia (BDR: NVDC34 / Nasdaq: NVDA) reportou na quarta-feira (22), após o fechamento do mercado, seus números do seu primeiro trimestre fiscal de 2025, que corresponde aos meses de janeiro a março de. De acordo com a Avenue, seus números se mostraram melhores que o esperado pelo mercado e suas ações reagiram positivamente ao anúncio no aftermarket. Confira os números:

  • Receitas: US$ 26,04 bilhões contra US$ 24,65 bilhões esperados pelos analistas;
  • Lucro por ação ajustado de US$ 6,12, ante US$ 5,58 estimados;
  • A empresa tem valor de mercado de aproximadamente US$ 2,320 bilhões, P/E (price/earnings) de 78,86, um dividend yield de 0,02%. No ano, as ações da Nvidia sobem cerca de 91%.

Como investir em ações da Nvidia? Vale a pena?

Além do investimento direto nas ações na Nasdaq, que pode ser realizado via conta global, aqui no Brasil é possível ter Nvidia na carteira por meio dos BDRs. Esses certificados de ações emitidas pela empresa estrangeira são negociados na B3 com o código NVDC34.

Em Nova York, os papéis da fabricante de chips acumulam valorizações de mais de 100% e acima de 200% em 2024 e nos últimos 12 meses, respectivamente. A disparada ocorre diante do “boom” em Inteligência Artificial.

O Itaú BBA colocou os BDRs na Carteira do Grafista, que leva em consideração a análise gráfica. “A NVDC34 (Nvidia BDR) segue sustentando a forte tendência de alta, com negociações em níveis de preço que mostram otimismo para os próximos meses. A região de R$ 101,50 foi superada recentemente e acionou novo gatilho para entrada no ativo, com alvo inicial projetado para R$ 134,70”, diz a avaliação do banco de investimentos para este momento.

Ou seja, pelo atual preço (acima de R$ 100), o ativo ainda tem espaço para uma alta de cerca de 30%.

De acordo com 40 analistas de Wall Street, o preço-alvo médio da ação da Nvidia é de US$ 1.179,72, com previsão máxima de US$ 1.400 e mínima de US$ 870. Os dados são da TipRanks, empresa de tecnologia financeira que usa Inteligência Artificial para analisar dados financeiros para fornecer ferramentas de pesquisa de mercado de ações para investidores de varejo.

Dos 40 analistas, 37 recomendam a compra das ações da Nvidia e três têm avaliação neutra para os papéis.

No pregão de sexta-feira (24), Nvidia (Nasdaq: NVDA) fechou cotada a US$ 1.064,69.

Pagamento de dividendos

A Nvidia informou que aumentou o pagamento de dividendos aos acionistas em 150%. De US$ 0,04 por ação para US$ 0,10 por ação ordinária. Então, pós-desdobramento, o dividendo será equivalente a US$ 0,01 por ação.

Dessa forma, o provento será pago na sexta-feira, 28 de junho de 2024. Com base na posição acionária em 11 de junho de 2024.

Em relação aos BDRs, de acordo com documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários, o valor aprovado é de USD 0,10, com base na taxa de conversão de 5,1502 BRL/USD de 22 de maio de 2024. Isso equivale a aproximadamente R$ 0,007257621 por BDR.

Assim, os investidores que possuírem BDRs da Nvidia Corp até 7 de junho de 2024 terão direito a receber o pagamento, que ocorrerá em 4 de julho de 2024.