Ações de bancos nos EUA caem depois de declaração do CEO do JPMorgan Chase 

Jamie Dimon alertou que as taxas de juros podem precisar subir ainda mais para conter a inflação 

O mercado norte-americano fechou em queda na terça-feira (26), depois que os últimos relatórios sobre vendas de imóveis e confiança do consumidor alimentaram preocupações sobre o estado da economia dos EUA. O destaque negativo ficou para as ações de bancos nos EUA, que caíram após declaração do CEO do JPMorgan Chase, Jamie Dimon.

O Dow Jones caiu 1,14%, para 33.618,88, em seu pior dia desde março. O S&P 500 caiu 1,47% para 4.273,53, fechando abaixo de 4.300 pela primeira vez desde 9 de junho. Enquanto isso, o Nasdaq recuou 1,57% para 13.063,61. 

As vendas de casas novas em agosto ficaram abaixo das expectativas. As casas contratadas totalizaram 675 mil no mês, queda de 8,7% em relação a julho, segundo o Departamento de Comércio. 

Economistas antecipavam um total de 695 mil, o que representaria uma queda de 2,7% em relação aos totais não revisados de julho. O índice de confiança do consumidor do Conference Board caiu para 103 em setembro, abaixo dos 108,7 de agosto. Os economistas previam 105,5. 

O CEO do JPMorgan Chase, Jamie Dimon, alertou que as taxas de juros podem precisar subir ainda mais para conter a inflação. O comentário aumentou o sentimento de baixa na terça-feira. As ações dos bancos caíram, com o ETF SPDR S&P Regional Banking (KRE) com baixa de mais de 1%.

Veja abaixo os destaques da Avenue no mercado internacionais de ações: 

Cintas (CTAS) 

As ações caíram 5,3% depois que a empresa divulgou seus lucros do primeiro trimestre fiscal de 2024. A empresa de vestuário corporativo registrou US$ 3,70 em lucro por ação e US$ 2,34 bilhões em receitas. Assim, superou as estimativas de consenso dos analistas de US$ 3,67 por ação em lucros e correspondendo às previsões de receita. A Cintas elevou sua orientação para o ano inteiro. O limite inferior de suas previsões de lucro por ação e receita, entretanto, ficaram abaixo das estimativas dos analistas. A companhia vale cerca de US$ 49 bilhões. 

United Natural Foods (UNFI) 

As ações caíram 27,4% na terça-feira, depois que a United Natural Foods previu lucro por ação e Ebitda ajustado no próximo ano abaixo das estimativas dos analistas, citando dificuldades de lucratividade. A orientação da empresa alimentar varia entre uma perda de 88 centavos por ação e um lucro de 38 centavos por ação, enquanto os analistas previam 1,94 dólares por ação. A receita fiscal da empresa no quarto trimestre ficou abaixo da estimativa de US$ 7,47 bilhões dos analistas. A companhia vale cerca de US$ 800 milhões. 

Ações de bancos nos EUA: Wells Fargo (WFC), JPMorgan (JPM), Goldman Sachs (GS) 

As ações dos bancos caíram na terça-feira depois que o CEO do JPMorgan Chase, Jamie Dimon, alertou que o Federal Reserve ainda poderia aumentar ainda mais as taxas de juros para conter a inflação, o que contribuiu para o sentimento geral de baixa. As ações do Wells Fargo e do Goldman Sachs caíram 2,2% e 1,5%, respectivamente, enquanto o Morgan Stanley e o JPMorgan caíram ambos cerca de 1%. 

SiriusXM (SIRI) 

As ações da empresa de mídia caíram 3,2% após a notícia de uma proposta da Liberty Media ao comitê especial de diretores independentes da SiriusXM para combinar as duas estruturas corporativas em uma entidade. A companhia vale cerca de US$ 15 bilhões. 

Amazon (AMZN) 

As ações caíram 4% depois que a Comissão Federal de Comércio e 17 procuradores-gerais estaduais processaram a Amazon na terça-feira, atingindo o varejista de comércio eletrônico com acusações antitruste. O processo alega que a Amazon usa o seu “poder de monopólio” para aumentar os preços e impedir que os rivais concorram contra ela. A companhia vale cerca de US$ 1,3 trilhão. 

Com informações da Avenue