Cripto: de olho em ETF e na espera do Fed, bitcoin e ethereum sobem

Enquanto o bitcoin e o ethereum têm dificuldades em firmar alta robusta, outras criptomoedas menores têm saltado, como os Tokens Cardano e Solana

O bitcoin e o ethereum subiram nesta terça-feira (30), diante do “sentimento bullish” no mercado de criptomoedas. Analistas apontam que investidores ainda reagem ao desempenho dos fundos ETFs de bitcoin, porém, aguardam por catalisadores desta semana, como a decisão do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) e balanços de empresas de tecnologia.

Por volta das 17h30 (de Brasília), o bitcoin subia a 1,07%, a US$ 43.578,18, e o ethereum avançava 2,53%, a US$ 2.306,49, de acordo com a Binance.

O Julius Baer nota que os fundos ETFs de bitcoin continuam como foco do mercado e influenciando nas cotações da moeda. O banco afirma que os fluxos de entrada líquida dos ETFs conseguiram superar US$ 1 bilhão graças a alta demanda, apesar das vendas desencadeadas pelas saídas do ETF da Grayscale, graças a retiradas da FTX. “Entretanto, as ineficiências do mercado não desapareceram totalmente”, alerta o Julius, em relatório.

O analista da FxPro Alex Kuptsikevich observa que o bitcoin excedeu hoje a média móvel de 50 dias, ao superar a marca de US$ 43,3 mil, no entanto, ressalta que ainda faltam “evidências sólidas” de uma tendência “bullish”. E enquanto o bitcoin e o ethereum têm dificuldades em firmar alta robusta, outras criptomoedas menores têm saltado, como os Tokens Cardano e Solana.

Nesta semana, analistas consultados pela Barrons projetam que as criptomoedas devem ter catalisadores semelhantes aos do mercado acionário, acompanhando resultados corporativos de big techs americanas, decisão monetária do Fed e o principal relatório de empregos dos EUA, o payroll.

Com informações de Dow Jones Newswires e Estadão Conteúdo