Pix nos EUA? Sistema de pagamento instantâneo deve ser lançado no fim de julho

O FedNow vai permitir que empresas e indivíduos enviem e recebam dinheiro a qualquer hora do dia, com acesso imediato a valores transferidos

O Federal Reserve (Fed) deverá lançar no fim de julho o FedNow, o seu sistema de pagamento instantâneo similar ao Pix brasileiro. O banco central americano informou nesta quinta-feira, 29, que 57 organizações early-adopters – incluindo 41 instituições financeiras – estão completando os testes e certificações para operarem na nova infraestrutura.

As organizações estão nos testes finais para confirmar que estão prontas para oferecer suporte para as transações pelo FedNow, e “muitas delas” estarão no ar assim que o serviço for lançado ou logo depois, disse a autoridade monetária em comunicado.

“Estamos no caminho para o lançamento do FedNow Service, com um forte grupo de instituições financeiras e provedores de serviços de todos os tamanhos no processo de conclusão da rodada final de testes de prontidão”, comentou o vice-presidente da distrital de Boston do Fed, Ken Montgomery, que também é executivo do programa FedNow.

O BC dos EUA afirmou na nota que também continua trabalhando com organizações que planejam entrar no programa mais à frente de 2023 ou depois disso. A meta, acrescentou, é alcançar todas as 10 mil instituições financeiras do país.

O FedNow vai permitir que empresas e indivíduos enviem e recebam pagamentos instantâneos a qualquer hora do dia, com acesso imediato aos valores transferidos, segundo o banco central.

Com informações do Estadão Conteúdo