Ibovespa tem queda de 0,25% e perde patamar dos 118 mil pontos

Desempenho das melhores e piores ações foi influenciado pela temporada de balanços

A bolsa brasileira registrou leve queda nesta quarta-feira (19). O Ibovespa, puxado por baixa nos papéis ordinários de Vale (VALE3), encerrou o pregão em 0,25%, no patamar de 117.552 pontos, alternando entre perdas e ganhos, na tarde desta quarta-feira. No mesmo dia, as ações da Petrobras avançaram, com alta de 0,73% nas ações PN (PETR4) e 0,5% nos títulos ON (PETR3).

O dólar operou em alta volatilidade no pregão, mas fechou o dia em queda de 0,48%, cotado a R$ 4,7852.

Melhores e Piores da bolsa de valores

Com a abertura da temporada de resultados, os balanços divulgados por enquanto pesaram nos preços das ações de algumas empresas da Bovespa.

A companhia com pior desempenho da bolsa de valores desta quarta-feira foi a Romi. Os papéis da empresa caíram mais de 11% com a divulgação do balanço, que decepcionou o mercado com indicadores que vieram abaixo das expectativas.

Por outro lado, a WEG (WEGE3) subiu 5,48% após a divulgação de seu balanço financeiro, acima das previsões do mercado para o lucro líquido e Ebitda (lucro antes de impostos, juros, dívidas, amortização e depreciações). A companhia animou analistas e bancos, que emitiram relatórios com sentimento positivo sobre o ativo.

A lista de melhores e piores contempla todas as ações da B3 com movimentação de mais de R$ 1 milhão no dia e foi atualizada às 17h30, podendo haver alterações.

Confira as melhores e piores ações da bolsa nesta quarta feira

Melhores

  1. Ser Educacional ON (SEER3): +14,10%
  2. EcoRodovias PN (ECOR3): +8,70%
  3. Oi PN (OIBR4): +8,03%
  4. WEG ON (WEGE3) +5,48%
  5. Cruzeiro do Sul ON (CSED3): +5,36%

Piores

  1. Romi ON (ROMI3): -11,81%
  2. Alpargatas PN (ALPA4): -7,66%
  3. Sequoia Logística ON (SEQL3): -7,14%
  4. Intelbras ON (INTB3): -4,97%
  5. Pão de Açúcar ON (PCAR3): -4,62%

Bolsas dos Estados Unidos

As bolsas dos Estados Unidos subiram acompanhadas por bons resultados de empresas do setor financeiro, acima do esperado, como os casos de Morgan Stanley e Bank of America. Netflix, Tesla e IBM divulgaram seus balanços nesta quarta-feira (19)

O Dow Jones teve sua oitava alta consecutiva em pregões, o que não acontecia desde setembro de 2019. O índice encerrou o dia em alta de 0,31%, aos 35.061 pontos. O S&P 500 acumulou um ganho de 10 pontos hoje, encerrando o dia com ganhos de 0,24% aos 4.565 pontos. Por fim, a Nasdaq teve uma alta ligeira de 0,03%, no patamar de 14.358 pontos.

Bolsas da Europa

Os mercados acionários da Europa fecharam mistos nesta quarta-feira com Londres em destaque entre altas, seguindo esperanças de que bancos centrais europeus poderão ser menos rígidos nas decisões monetárias, após desaceleração do índice de preços ao consumidor (CPI, pela sigla em inglês) na zona do euro e no Reino Unido em junho.

Entretanto, temores sobre os efeitos do ciclo de aperto em vigência também influenciaram os negócios nesta sessão.

Em Londres, o FTSE 100, subiu 1,80%, a 7.588,20 pontos, enquanto o índice DAX, em Frankfurt, fechou em queda de 0,10%, a 16.108,93 pontos. O CAC 40, em Paris, avançou 0,11%, a 7.326,94 pontos, e o FTSE MIB, em Milão, fechou em alta de 0,02%, a 28.712,31 pontos. Já em Madri, o índice Ibex 35 cedeu 0,06.

Com informações do Estadão Conteúdo