Ibovespa tem ligeira alta em dia de feriado nos Estados Unidos, mas continua em 124 mil pontos

Ibovespa registra alta de 0,15% sem fluxo de capital estrangeiro, mas com piora de expectativas de inflação no radar; dólar sobe

A bolsa de valores hoje abriu em baixa com a falta de agenda interna e feriado nos Estados Unidos. Mas, ao longo do pregão desta segunda-feira (27), se recuperou e conseguiu encerrar a sequência de seis pregões negativos que acumulava desde semana passada. Assim, o Ibovespa, índice de referência, registrou ligeira alta de 0,15%, a 124.496 pontos. Entre os destaques positivos do dia, as ações preferenciais da Petrobras (PETR4) subiram mais de 1%, enquanto ações de bancos e varejistas recuaram.

Assim como a bolsa, o câmbio operou sob baixa volatilidade nesta segunda. O dólar registrou alta de 0,08%, cotado a R$ 5,1713.

Confira destaques da bolsa de valores, Ibovespa, dólar e índices da Europa nesta segunda-feira. Vale lembrar que as bolsas de Nova York não abriram em razão de feriado nos Estados Unidos.

Ibovespa hoje

Após seis sessões em queda, o Ibovespa reagiu positivamente nesta segunda à ausência do pregão em Nova York. Apesar de registrar um pequeno avanço, o índice não teve grandes emoções devido à falta de fluxo de capital estrangeiro.

O principal destaque do dia no Ibovespa foram as falas de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central. Em um evento, o chefe do BC deu um tom mais otimista à última votação do Copom, que preocupou mercados e desancorou expectativas, diz Alexsandro Nishimura, economista da Nomos.

Por outro lado, o Boletim Focus, consulta realizada pelo BC junto a economistas do mercado financeiro, divulgado nesta segunda registrou aumento de expectativas de inflação para o fim de 2024. É a terceira vez seguida em que o IPCA, indicador de aumento de preços, foi revisado para cima.

O IPCA terminal de 2024 foi de 3,80% para 3,86%. Já as estimativas de inflação para 2025 e 2026 também aumentaram: 3,74% para 3,75% e de 3,50% para 3,58%, respectivamente.

Para Inácio Alves, analista da Melver, a revisão do IPCA no Focus “pode ter impedido um movimento de alta” na bolsa de valores hoje.

“As expectativas da semana estão, agora, na divulgação do Caged e do IPCA-15 nesta terça-feira, além da taxa de desemprego e fluxo cambial na quarta-feira”, elenca o analista.

Entre as ações em alta, os papéis da Petrobras (PETR3;PETR4) se valorizaram mais de 1% com o aumento de preço do barril de petróleo no exterior. A ação ON subiu 1,02%, enquanto a PN teve ganho de 1,09%.

As ações prefenciais da Raízen também se destacaram, com alta de 2,47%. O papel pegou embalo da abertura de uma nova planta de diesel em Guariba (SP), diz Christian Iarussi, sócio da The Hill Capital. A inauguração da planta foi anunciada na sexta-feira.

Dólar hoje

O dólar hoje registrou leve valorização contra o real, diante da ausência do pregão nas bolsas de Nova York. Iarussi nota que, no exterior, a moeda operou o dia em queda devido à valorização de commodities como petróleo e o minério de ferro.

“Mas no Brasil ele operou positivo. Sem muitos motivos, mas por necessidade de fluxo. Podemos ver distorções no câmbio”, diz o analista ao se referir a pregões futuros.

Assim, no cenário internacional, o dólar se desvalorizou contra outras moedas importantes como euro e iene. O índice DXY, que compara a moeda norte-americana com outras de economias desenvolvidas, registrou queda de 0,13%, a 104,59 pontos.

Melhor ação da bolsa de valores hoje

As ações da Triunfo, holding de infraestrutura dona da administradora de aeroportos Viracopos, subiram 6,78% na Bovespa nesta segunda-feira. A ação teve o melhor desempenho da bolsa de valores hoje, considerando todos os papéis listado dentro e fora de índices da B3.

Veja em seguida a lista das cinco principais altas da B3. A lista elenca apenas papéis da bolsa com mais de mil operações registradas de compra ou venda no mesmo pregão.

  1. Triunfo Participações ON (TPIS3): +6,78%
  2. Plano&Plano ON (PLPL3): +4,54%
  3. Ser Educacional ON (SEER3): +4,18%
  4. Recrusul ON (RCSL3): +3,68%
  5. Guararapes ON (GUAR3): +3,60%

Piores ações da bolsa de valores hoje

Pelo mesmo critério, a ação com pior desempenho da bolsa de valores hoje foi Clearsale ON (CSLA3). O papel recuou 5,63% durante o pregão.

Confira, a seguir, as cinco piores ações da bolsa de valores nesta segunda-feira. O ranking segue os mesmos critérios da lista de melhores ações.

  1. Clearsale ON (CSLA3): -5,63%
  2. Gafisa ON (GFSA3): -5,21%
  3. Mater Dei ON (MATD3): -4,87%
  4. Azevedo&Travassos PN (AZEV4): -4,03%
  5. Yduqs ON (YDUQ3): – 3,96%

Bolsas da Europa

Assim como o Ibovespa, as bolsas europeias encerraram o pregão desta segunda-feira (27) em alta, impulsionadas por mais sinalizações de que o Banco Central Europeu (BCE) vai iniciar o seu ciclo de flexibilização em sua reunião do próximo dia 6.

A sessão também foi marcada pela baixa liquidez nos mercados globais devido aos feriados nos Estados Unidos e no Reino Unido, que deixaram os mercados de ambos os países fechados.

O índice Stoxx 600, que compila ações de 17 países da Europa, fechou em alta de 0,28%, a 522,03 pontos. O índice DAX, da bolsa de Frankfurt, subiu 0,44%, a 18,774,71 pontos, enquanto o parisiense CAC 40 avançou 0,46%, a 8.132,49 pontos.

Com informações do Valor Econômico