Meta, dona do Facebook, perde US$ 237 bilhões em valor de mercado: veja os fundos brasileiros mais expostos

Conheça os fundos brasileiros mais expostos com o derretimento do Facebook

Pontos-chave

  • Veja abaixo os dez fundos brasileiros com o maior percentual de suas carteiras investido em BDRs do Facebook

Segundo levantamento da plataforma Comdinheiro, tem fundo brasileiro com mais de 10% do patrimônio alocados em recibos de ações da Meta (ex-Facebook). Levantamento foi divulgado em primeira mão pela coluna Capital, de Mariana Barbosa e Rennan Setti, em O Globo.

O levantamento considera apenas BDRs da Meta negociados na B3. Ou seja, é possível que veículos brasileiros que compram papéis da rede social diretamente na Nasdaq tenham exposição maior que as listadas abaixo.

Ele também considera a exposição informada em 31 de dezembro de 2021. É possível, logo, que alguns dos fundos tenham alterado o peso do Facebook em suas carteiras desde então. Além disso, algumas gestoras só abrem suas carteiras à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) após vários meses e, portanto, não foram consideradas no levantamento.

Veja abaixo os dez fundos brasileiros com o maior percentual de suas carteiras investido em BDRs do Facebook:

  • VITREO METAVERSO BDR NÍVEL I: 12,4%
  • BRADESCO FIA BDR NÍVEL I ARAPARI: 9,72%
  • ARBOR GLOBAL EQUITIES BRL MASTER FIA BDR NÍVEL I: 8,22%
  • FOCUS FIA BDR NÍVEL I: 8,06%
  • LUXOR LIPIZZANER INVESTIMENTO NO EXTERIOR FIA BDR NIVEL I: 6,42%
  • INVEXA BDR+ MASTER FIA BDR NÍVEL I: 5,93%
  • FOCUS AB FIA BDR NÍVEL I COM INVESTIMENTO NO EXTERIOR: 5,55%
  • SAFRA CONSUMO AMERICANO REAIS PB FIA BDR-NÍVEL I: 4,22%
  • SAFRA CONSUMO AMERICANO FIA BDR-NÍVEL I PB: 4,21%
  • SUNO LCP FIM CP INVESTIMENTO NO EXTERIOR: 3,42%