Itaú lança carteira recomendada ESG com renda fixa e variável

A Carteira Itaú ESG oferece de saída 77 ativos de diferentes classes que passam pelo primeiro crivo ESG

ESG, Sustentabilidade, Empresas, Investir
Ilustração: Marcelo Andreguetti

Pontos-chave

  • A Carteira Itaú ESG é dividida em quatro perfis de risco: conservador, moderado, arrojado e agressivo
  • A revisão da carteira para os diferentes perfis de investidor será mensal
  • Na primeira carteira sugerida e divulgada nesta

O Itaú Unibanco lança nesta sexta-feira (5) sua carteira de recomendações que leva em consideração critérios ESG, a primeira do mercado local. A carteira traz uma recomendação de portfólio, com percentuais e seleção de ativos de renda fixa e variável, nacionais e internacionais. O banco mira um segmento crescente de investidores interessados em aplicar seu dinheiro em negócios que sigam critérios sustentáveis.

A Carteira Itaú ESG é dividida em quatro perfis de risco: conservador, moderado, arrojado e agressivo. O produto foi criado considerando investidores de varejo e os chamados qualificados, que possuem ao menos R$ 1 milhão em investimentos.

A Carteira Itaú ESG oferece de saída 77 ativos de diferentes classes (selecionados de um conjunto de mais 1 mil ativos) que passam pelo primeiro crivo ESG para depois serem testados em modelos de diversificação que levam em conta a relação risco/retorno.

A revisão da carteira para os diferentes perfis de investidor será mensal. Os ativos recomendados podem incluir títulos de dívida corporativa, como debêntures; fundos ESG, do lado da renda fixa.

Em renda variável, os ativos incluem fundos que investem em companhias que apresentam padrões de destaque em seus setores com base nos pilares ESG; ETFs que repliquem índices ESG locais ou internacionais, além de títulos de dívida americana; ações; COEs (Certificado de Operações Estruturadas), atrelados a índices de sustentabilidade; CDBs (Certificado de Depósito Bancário) e outros títulos emitidos por instituições que apresentam padrões ESG.

Na primeira carteira sugerida e divulgada nesta sexta não entram ainda ações. O Itaú deve lançar, em breve, uma carteira recomendada de ações ESG, que ajudará na composição do portfólio, mas também pode servir de sugestão para quem prefere só os papéis.


Você também pode gostar
Isabella Carvalho Atualizado em 16.maio.2022 às 15h36
Blockchain verde: entenda o conceito que está transformando o mercado de criptos

Modelo surge como alternativa sustentável para a mineração de moedas digitais

4 min
Valor Econômico Atualizado em 19.abr.2022 às 18h23
América Latina desperdiça oportunidade histórica em desenvolvimento verde, diz FT

A omissão dos governos latino-americanos em investir em energia renovável deve deixar muito espaço para o setor privado

5 min
Valor Econômico Publicado em 28.mar.2022 às 08h02
Pressão saudável: empresas com capital aberto avançam mais em ESG

É o que mostra estudo feito pela consultoria Resultante sobre evolução das empresas de capital aberto e divulgado com exclusividade para o Prática ESG

3 min
Valor Econômico Publicado em 11.mar.2022 às 08h04
Desmate tem pouca atenção de gigantes do agro, diz estudo

Pesquisadores do Núcleo de Sustentabilidade da Fundação Dom Cabral analisaram os relatórios e políticas de sustentabilidade de 19 companhias brasileiras e estrangeiras do setor

3 min
Valor Econômico Publicado em 08.mar.2022 às 07h57
Estudo mostra Amazônia perto do ‘ponto de ruptura’

Cerca de 75% do bioma está perdendo resiliência desde o início dos anos 2000 e pode transforma floresta tropical em algo parecido com um Cerrado ambientalmente pobre

3 min