Ibovespa fecha em forte queda após divulgação da ata do Fed

As empresas de tecnologia costumam contrair mais dívidas que outros setores para financiar crescimento, por isso foram as mais afetadas na queda de hoje

A B3, Bolsa de Valores brasileira (Foto: Divulgação)

O Ibovespa amargou forte queda nesta quarta-feira (5) depois que o comitê de política monetária do banco central norte-americano (Fomc) indicou desconforto maior com a inflação. Isso pode fazer com que a autarquia suba as taxas de juros mais cedo e mais rápido que o esperado pelo mercado. Com a notícia pesada no radar, o Ibovespa fechou o pregão em queda de 2,42%, aos 101.005 pontos. 

O setor de tecnologia foi o mais afetado, já que é composto por empresas que costumam fazer mais dívida para financiar o cresimento. Locaweb (LWSA3) despencou 12,78% e Méliuz (CASH3) veio logo atrás, com queda de 9%. A Positivo (POSI3) teve desvalorização de 8,69%. 

No cenário nacional, o resultado do IPP (Índice de Preços ao Produtor), conhecido como a inflação da indústria, não ajudou. O indicador avançou 1,31% em novembro. 

Ao contrário do que aconteceu ontem, a queda do Ibovespa seguiu tendência mundial. O mercado norte-americano ainda não abriu, mas os futuros indicam que o dia tem um clima mais pesado do que o visto nos últimos dois pregões. S&P 500 e Dow Jones recuaram de seus patamares de fechamento mais altos na história. O Nasdaq Composite, que reúne as maiores empresas de tecnologia, teve forte queda de 3,34%. 

As bolsas asiáticas também fecharam em baixa hoje pela manhã, com ações de tecnologia recuando depois que a China gigantes do setor como Alibaba, JD e Tencent por aquisições e acordos que violam leis antitruste do país. O índice Hang Seng, de Hong Kong, caiu 1,64%, enquanto o japonês Nikkei teve baixa de 0,1%. Na China, o Xangai Composto recuou 1,02% e o Shenzhen Composto caiu 1,74%.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 11h01
Bolsas de NY apontam para recuperação na sessão desta sexta

Mercado americano vem de dois pregões seguidos de queda

Manhã Inteligente Publicado em 20.maio.2022 às 10h40
ETFs de renda fixa, privatização da Eletrobras, queda de lucro de empresas

Isabella Carvalho e Caio Camargo falam sobre esses e outros assuntos que podem afetar seus investimentos nesta sexta (20)

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h16
Bolsas asiáticas fecham em alta após China cortar taxa de juros

Mesmo assim, os investidores seguem atentos à perspectiva de aumento dos juros nos EUA

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h09
Fundos de ações de Petrobras e Vale renderam até 25 vezes mais que o FGTS desde o lançamento

Trabalhador poderá usar dinheiro do fundo de garantia para comprar ações da Eletrobras

Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 13h41
Bolsas americanas perdem US$ 1,5 tri em um dia, e índices operam em queda nesta quinta

Temor de inflação global maior e recessão nos EUA leva nervosismo aos mercados. Na Europa, pregões operam em queda de mais de 2%