Ibovespa fecha em queda de 1,39%, aos 102.948, menor patamar de 2021

Investidores repercutiram as projeções mais fracas do governo para a economia

(Foto: Amanda Perobelli/Reuters)

Apesar de ter aberto mercado em leve alta nesta quarta-feira (17), o Ibovespa voltou a fechar no vermelho. Ao longo da tarde, o índice ampliou a queda, com a piora das perspectivas econômicas do governo, fechando aos 102.948, 45 pontos (baixa de 1,39%), o menor patamar de 2021. O volume negociado foi de R$ 22,8 bilhões.

Pela manhã, o Ministério da Economia anunciou que revisou para baixo a perspectiva para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) em 2022 para uma alta de 2,1% contra um avanço de 2,5% no relatório passado, de setembro. Mesmo com a piora, a estimativa é mais otimista que a observada no mercado. Conforme o último boletim Focus, se espera um crescimento de 0,93% no próximo ano.

Altas e baixas do dia

Entre as maiores quedas Locaweb (LWSA3) perdeu 9,44%, Banco Inter (BIDI3) caiu 7,32%, Eletrobras (ELET6) recuou 6,61% e Qualicorp (QUAL3) teve perda de 6,59%.

As ações de varejistas também sofreram, mais uma vez, com a perspectiva de alta de inflação e desaquecimento da economia: Magazine Luiza (MGLU3), um dos maiores volumes do dia, recuou 4,83%; Via (VIIA3) fechou em baixa de 2,97%; e Americanas (AMER3) caiu 2,58%.

Na outra ponta, Méliuz (CASH3) saltou 4,49% após apresentar balanço.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2023 subiu três pontos-base a 12,02%; DI para janeiro de 2025 operava em alta de 12 pontos-base a 12,05%; e o DI para janeiro de 2027 subia 14 pontos-base, a 11,9%.

As Bolsas em Nova York fecharam em baixa. O Dow Jones fechou em queda de 0,58%, aos 35.931 pontos; o S&P 500 teve queda de 0,26%, a 4.688 pontos; e a Bolsa eletrônica Nasdaq recuou 0,33% a 15.921 pontos.

Dólar

O dólar comercial fechou em alta 0,46% para R$ 5,5246. O dólar turismo ganhava 0,44%, a R$ 5,7387.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 17h52
Ibovespa sobe 1,39% com alta das commodities; na semana, avanço é de 1,46%

Investidores estão otimistas com a retomada dos estímulos econômicos pela China

Redação IF Atualizado em 20.maio.2022 às 17h58
Dólar tem queda de 0,89% com corte de juros na China e acumula baixa de 3,64% na semana

O real seguiu o movimento das moedas de países emergentes nesta sexta (20)

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 17h32
Dólar fecha em queda de 2,14%, a R$ 4,9419, com exterior positivo

A redução das medidas de restrição na China favoreceu a das commodities e beneficiou moedas de países exportadores

Redação IF Atualizado em 13.maio.2022 às 17h55
Ibovespa fecha em alta e acumula ganho de 1,70% na semana

Nesta sexta-feira, após ajustes, Ibovespa encerra sessão em alta de 1,17%, aos 106.924 pontos

Redação IF Atualizado em 11.maio.2022 às 17h45
Ibovespa tem dia de alta, impulsionado por petroleiras

Petrobras e Petro Rio foram as maiores altas do pregão