Dólar opera em queda com alívio externo e ação do BC e perde o patamar de R$ 5

Moeda americana opera nas mínimas do dia

– Foto: Igal Ness/Unsplash

O dólar comercial opera em queda expressiva nesta terça-feira. O movimento observado reflete o desempenho da moeda no exterior, onde o dólar perde força tanto em relação à maioria das outras divisas. Além disso, o mercado se beneficia do leilão extraordinário de até 20 mil contratos de swap cambial anunciado ontem, após o fechamento dos mercados, pelo Banco Central, no qual foi vendida a oferta integral.

Por volta das 15h30, a moeda era negociada a R$ 4,9678, registrando queda de 2,03% no mercado a vista, perto das mínimas do dia. Já no mercado futuro, o movimento era mais forte, com o dólar para junho caindo 1,17%, a R$ 5,0680.

O índice DXY, que mede o desempenho do dólar contra uma cesta de outras seis divisas no exterior, recuava 0,22%, para 103,51 pontos. Apesar da queda, o índice continua próximo das máximas de quase 20 anos, depois de um rali que o levou a anotar nova máxima desde 2002 na semana passada. A disparada veio diante das perspectivas de uma postura mais agressiva do Federal Reserve (Fed, o banco central americano). Ante demais divisas emergentes, o dólar cai 0,55% contra o peso mexicano; recua 0,73% ante o peso chileno; e perde 1,80% em relação ao rand sul-africano.

“Não temos clima de bom humor hoje”, disse Cleber Alessie, gerente da mesa de derivativos financeiros da Commcor DTVM. “O que temos é um alívio pontual no exterior que, somado a atuação do BC, trouxe alguma força pontual pro real”, completou.

Nos últimos dias, o banco central já havia feito duas intervenções no câmbio, com a venda de US$ 571 milhões no mercado à vista em 22 de abril e de 10 mil contratos de swap cambial em 26 de abril.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 20.maio.2022 às 17h58
Dólar tem queda de 0,89% com corte de juros na China e acumula baixa de 3,64% na semana

O real seguiu o movimento das moedas de países emergentes nesta sexta (20)

Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 16h01
Dólar comercial renova mínima com fraqueza da moeda no exterior

O movimento reflete o enfraquecimento da moeda americana frente outras divisas emergentes

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 17h32
Dólar fecha em queda de 2,14%, a R$ 4,9419, com exterior positivo

A redução das medidas de restrição na China favoreceu a das commodities e beneficiou moedas de países exportadores

Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 17h38
Em sessão volátil, dólar fecha em queda de 0,14%, a R$ 5,05

O movimento acompanhou o enfraquecimento da moeda americana no mercado externo