Petrobras: Conselho debateu troca de presidência, mas não houve decisão

'Fatos julgados relevantes serão oportunamente divulgados ao mercado', de acordo com a Petrobras, em comunicado enviado à CVM

— Foto: Leo Pinheiro/Valor

O conselho de administração da Petrobras debateu, em reunião realizada ontem, a substituição do presidente da companhia a pedido do governo federal, mas não tomou qualquer nova decisão com relação ao tema, diz a empresa, em comunicado.

“Fatos julgados relevantes serão oportunamente divulgados ao mercado”, de acordo com a Petrobras, em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A CNN reportou que o conselho da Petrobras debateu uma manobra para a aprovação interna de Caio Mario Paes de Andrade como o novo presidente sem a assembleia geral de acionistas, ou sequer, a lista com todos os indicados do governo para o colegiado.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h23
Track&Field anuncia programa de recompra de ações; conheça a estratégia

Muitos motivos levam uma empresa a realizar uma OPA, e você pode ganhar dinheiro com isso

Manhã Inteligente Publicado em 01.jul.2022 às 11h11
Queda generalizada nas Bolsas de Valores do Brasil e EUA, PEC aprovada pelo Senado

Isabella Carvalho e Caio Camargo falam sobre esses e outros assuntos que podem afetar seu bolso nesta sexta (1)

Valor Econômico Publicado em 01.jul.2022 às 08h34
Cenário de recessão pode piorar mercado acionário nos EUA, alerta pesquisador

Noriel Roubini considera como 'perigosamente ingênua' a visão de analistas que a recessão será leve e de curta duração

Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 18h48
Fleury compra Pardini e se aproxima da Dasa no setor de diagnóstico; fusão não altera perspectiva de crescimento, diz Itaú BBA

As ações da Pardini fecharam com alta de 18,99%, negociadas a R$ 19,99, e as da Fleury subiram 16,10%, cotadas a R$ 16,30