IF HOJE: Fed divulga ata de sua reunião de maio

Mercado aguarda as percepções do BC americano sobre a possibilidade de recessão econômica

Jerome Powell, o presidente do Fed, o banco central dos EUA (Foto: Fed/divulgação)

Nesta quarta-feira (25), o Fed (Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos) divulga o relatório da sua última reunião de política monetária, que aconteceu no início de maio.

A comunicação é muito aguardada pelo mercado, que segue em busca de pistas sobre como deve seguir o ciclo de aperto promovido pelo BC americano e quais as percepções do Fed sobre a possibilidade de recessão.

POR QUE IMPORTA?

O documento irá expor as divergentes opiniões dos membros do Fomc (comitê de política monetária do Fed), dando uma ideia mais ampla de quais as leituras da autoridade sobre o atual cenário macroeconômico dos EUA e global. Os pontos de atenção são a inflação e uma possível recessão econômica.

COMO IMPACTA OS INVESTIMENTOS?

As direções da política monetária da maior economia do mundo impactam o mercado global. Ao menor sinal de alterações na sua condução, ativos financeiros tendem a oscilar. Caso o Fed sinalize subir mais juros por mais tempo, sem temer uma recessão, ações podem se desvalorizar e o dólar ganhar mais força. Caso contrário, ativos de risco tendem a se beneficiar.

Fique por dentro:

Trocas de comando em empresas não impactam preços do petróleo, diz IBP

O Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (IBP) avalia que trocas no comando de qualquer empresa que atue no país não têm impacto sobre os preços do petróleo nem nos de derivados, pois não são controlados pelos agentes produtores, mas pela relação entre oferta e demanda no mundo. Segundo o presidente do IBP, Eberaldo de Almeida Neto, a preservação da prática de preços de combustíveis é importante para manter o mercado abastecido e para a atração de investimentos no setor.

Câmara rejeita emendas e mantém salário mínimo de R$ 1.212 em 2022

A Câmara dos Deputados aprovou nessa terça-feira (24) a medida provisória (MP) que fixou o salário mínimo em R$ 1.212 este ano e rejeitou iniciativas da oposição para aumentar o valor. A proposta segue para análise do Senado, que precisa aprova-la até 1º de junho para que o projeto não perca a validade – o que faria o piso voltar ao patamar de 2021. O salário mínimo de R$ 1.212 está em vigor desde 1º de janeiro de 2022 porque medidas provisórias têm força de lei a partir da publicação. Os deputados aprovaram a proposta em votação simbólica, mas rejeitaram as emendas dos partidos de oposição para elevar o valor, sob o argumento de que a inflação do período corroeu o poder de compra dos trabalhadores.

Biden oferece encontro bilateral para convencer Bolsonaro a ir à Cúpula das Américas

O assessor especial da Casa Branca para a Cúpula das Américas, Christopher Dodd, disse nessa terça-feira (24) ao presidente Jair Bolsonaro (PL) que o líder americano Joe Biden está disposto a realizar um encontro bilateral com ele às margens da agenda. O evento ocorre em Los Angeles (EUA), no início de junho. Durante a conversa com Dodd, Bolsonaro e assessores expuseram a preocupação de que a cúpula tratasse também de temas caros ao país. O Palácio do Planalto defende que o encontro verse também sobre de assuntos como integração de cadeias produtivas, energias renováveis e combustíveis verdes, entre outros. O recado foi que temas como democracia e imigração, importantes para a agenda americana, podem ser discutidos, mas sem monopolizar as conversas. O governo brasileiro deve dar uma resposta nos próximos dias quanto à participação de Bolsonaro.

Favorito de Bolsonaro perde eleição interna do PL para disputar vice-presidência da Câmara

Favorito do presidente Jair Bolsonaro (PL) para o cargo, o deputado major Vitor Hugo (GO) perdeu nesta terça-feira (24) a eleição interna para escolha de quem será o candidato oficial do partido para a vice-presidência da Câmara dos Deputados. O escolhido pela bancada foi o deputado Lincoln Portela (MG), que já era do partido antes da filiação do presidente.

Além de presidir as sessões da Câmara na ausência do presidente Arthur Lira (PP-AL), o vice-presidente da Câmara também é o responsável por comandar as sessões do Congresso quando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), não está.

Para acompanhar hoje:

8h: Brasil – Sondagem do consumidor da FGV em maio
9h30: EUA – Encomendas de bens duráveis em abril
11h30: EUA – Estoques de petróleo (até 20 de maio)
14h30: Brasil – Relatório mensal da dívida pública em abril
15h: EUA – Ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve
22h: Coreia do Sul – Decisão de política monetária 1,50%

(Com Valor Econômico)


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 24.jun.2022 às 12h53
Inflação e baixa renda inibem recuperação do consumo no Brasil

Indicador da FGV mostrou uma melhora da confiança entre as faixas de maior poder aquisitivo

Redação IF Atualizado em 24.jun.2022 às 10h40
Com alta nos planos de saúde, IPCA-15 de junho fica em 0,69%

No acumulado deste ano, a prévia da inflação oficial ficou em 5,65%

Redação IF Publicado em 23.jun.2022 às 15h01
O que a crise do Lehman Brothers tem a ver com o risco de faltar gás na Europa?

Parte do continente declarou 'emergência inicial' com as ameaças da Rússia de cortar o fornecimento do produto