Paulo Valle, secretário do Tesouro Nacional, explica como funciona novo título para aposentadoria

Em entrevista exclusiva, Valle conta como funcionará o Tesouro RendA+, o novo título público que estará disponível a partir de 30 de janeiro

O governo criou um novo título público para funcionar com uma renda adicional à aposentaria. Chamado de Tesouro RendA+, o novo título público estará disponível no aplicativo (app) do Programa Tesouro Direto para pessoas físicas, a partir de 30 de janeiro. Até lá, as pessoas podem ir pensando no novo investimento.

Para compreender melhor, o secretário do Tesouro Nacional, Paulo Valle, um dos criadores do Tesouro Direto, há 20 anos, já adianta que o título tem o objetivo da educação previdenciária. Após o período longo de acumulação, 20 anos, 30 anos, 40 anos, o valor acumulado é automaticamente convertido em prestações mensais durante 20 anos, corrigido pela inflação.

27/12/2022- RendaA+ - Aposentadoria Complementar Extra, o novo título do Tesouro Direto
Paulo Valle, secretário do Tesouro Nacional. Foto: Divulgação/Ministério da Economia

Na entrevista, disponível também no YouTube da IF , Paulo Valle conta como funciona esse período de acumulação e também como vai funcionar o período de pagamento do benefício. O secretário do Tesouro também explica se o investidor tem de aplicar, todo mês, a mesma quantia durante o período de acumulação, E, por fim, Paulo Valle explica por que todo brasileiro precisa ter, ao menos, um título da dívida pública.

Como princípio previdenciário, o ideal é começar cedo a contribuição, pagando todo mês pequenos montantes. Assim, quando você chegar no seu período de aposentadoria, você já tem uma renda significativa para complementar a renda do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Segundo Paulo Valle, o simulador especial para o novo título de aposentadoria do Tesouro estará disponível em 30 de janeiro ao público, quando começa efetivamente a ser vendido. O simulador vai mostrar quantos títulos você precisa adquirir para ter a renda sonhada lá na frente. A máquina faz o cálculo. E o investidor faz o cadastro, seleciona uma corretora, faz a compra e paga via pix – nova modalidade trazida para facilitar o pagamento.