Quanto renderam R$ 1 mil em ações do Nubank? 

Saiba qual foi a variação dos BDRs da fintech e o que esperar para o futuro dos papéis

Em agosto deste ano, o Nubank iniciou um processo de mudanças e encerrou seu programa de BDR nível III, deixando de ser uma companhia listada no Brasil. Assim, a fintech migrou para um BDR nível I e está listada hoje apenas na bolsa americana.

Portanto, quem deseja investir em ações do Nubank pode comprar os BDRs da empresa. Com as recentes mudanças, eles passaram a ser negociados sob o ticker ROXO34. O nome mudou e os últimos resultados impressionaram. No terceiro trimestre deste ano, o banco digital registrou um lucro líquido ajustado de US$ 355,6 milhões.

“Analisando o mercado, nós gostamos bastante do Nubank. Admiramos o histórico de execução e a operação rentável que eles conseguiram construir em relativamente pouco tempo na indústria brasileira de investimento”, ressalta Larissa Quaresma, analista da Empiricus Research. 

Quanto renderam as ações do Nubank? 

Para fazer essa conta é preciso considerar o antigo BDR, o NUBR33, junto ao novo. Segundo a analista, o NUBR33 registrou, de novembro de 2022 a agosto de 2023, uma valorização de 46%. Já o ROXO34, de agosto a novembro deste ano, subiu 4%. No acumulado, considera-se o retorno composto, e não somado – chegando, portanto, a 51,8%. Neste cenário, um investimento de R$ 1 mil traria R$ 518.

Vale a pena investir? 

Na visão de Larissa, a grande dificuldade em relação ao BDR do Nubank é o valuation. “Hoje ele negocia a um múltiplo de preço sobre valor patrimonial (P/VPA) de 8 vezes. Consideramos isso muito caro em relação ao restante das empresas do setor financeiro brasileiro”.

Segundo a analista, mesmo que o Nubank tenha uma rentabilidade alta e um nível de crescimento alto, que de certa forma justifica uma parte desse prêmio, há pouco upside nesse patamar de preço atual. O potencial de upside nada mais é do que a possibilidade de valorização de uma ação. 

Larissa usou como base de comparação o Itaú Unibanco. “O banco tem um ROI (retorno sobre o investimento) parecido, de 21%, e um certo crescimento de lucro, mas negocia a 1,5 vezes o valor patrimonial”, explica. A analista tem uma recomendação neutra para o BDR do Nubank. “Não achamos que quem têm ações deve vender, ao mesmo tempo que não achamos que quem não tem deve comprar”, pontua.