Ações da Spirit Airlines (SAVE) e da JetBlue Airways (JBLUE) caem 22,5% e 8,7% 

Baixas ocorreram um dia depois que um juiz federal bloqueou a proposta de aquisição da Spirit por US$ 3,8 bilhões pela JetBlue 

Os mercados americanos fecharam em queda na quarta-feira (17), com as taxas do Tesouro americano subindo após a divulgação de dados econômicos mais fortes do que o esperado. O destaque negativo do dia ficou para as ações da Spirit Airlines (SAVE) e da JetBlue Airways (JBLUE), que caíram respectivamente 22,5% e 8,7%. As fortes quedas ocorreram um dia depois que um juiz federal bloqueou a proposta de aquisição da Spirit por US$ 3,8 bilhões pela JetBlue. 

O Dow Jones caiu 0,25%, para fechar em 37.266,67, enquanto o S&P 500 teve queda de 0,56%, fechando em 4.739,21. Por fim, o Nasdaq caiu 0,59%, encerrando a sessão em 14.855,62. 

Os dados das vendas no varejo de dezembro foram mais fortes do que o esperado. Nesse sentido, o números indicam um consumidor resiliente, colocando em dúvida possíveis os cortes mais agressivos das taxas de juros por parte do Federal Reserve

Além disso, as vendas no varejo aumentaram 0,6% em relação a novembro e 0,4% mês a mês, excluindo automóveis. Economistas estimavam um aumento mensal de 0,4% nas vendas no varejo e de 0,2%, excluindo automóveis. 

A taxa do Tesouro de 10 anos foi negociada pela última vez ontem em quase 4 pontos-base mais alto, em 4,102%, continuando seu aumento desde terça-feira, depois que o governador do Federal Reserve, Christopher Waller, alertou que a flexibilização da política monetária pode ocorrer mais lentamente do que o previsto. 

Até o momento, os investidores preveem uma probabilidade de cerca de 57% de que o Fed comece a cortar as taxas em março. 

Confira abaixo os destaques da corretora Avenue:

Spirit Airlines (SAVE), JetBlue Airways (JBLUE) 

As ações da Spirit Airlines (SAVE) e da JetBlue Airways (JBLUE) caíram respectivamente 22,5% e 8,7% um dia depois que um juiz federal bloqueou a proposta de aquisição da Spirit por US$ 3,8 bilhões pela JetBlue. 

Interactive Brokers (IBKR) 

As ações da corretora subiram 2,3% após divulgar resultados mistos no quarto trimestre. Na noite de terça-feira, a Interactive Brokers relatou receita ajustada de US$ 1,15 bilhão, superando a estimativa de consenso de US$ 1,14 bilhão dos analistas. Por outro lado, os lucros ajustados decepcionaram as previsões em 3 centavos por ação. A companhia vale cerca de US$ 38 bilhões. 

Sinclair (SBGI) 

As ações subiram 17,8% depois que a emissora anunciou a resolução de todos os litígios ligados ao Diamond Sports Group. Sinclair pagará US$ 495 milhões em dinheiro à Diamond como parte do acordo. A companhia vale cerca de US$ 1 bilhão. 

Tesla (TSLA) 

As ações da Tesla caíram cerca de 2% depois que a fabricante de veículos elétricos reduziu os preços de seus carros Modelo Y em toda a Europa, pouco depois de anunciar reduções de preços semelhantes na China. A companhia vale cerca de US$ 675 bilhões. 

Boeing (BA) 

O fabricante de aeronaves subiu 1,3% depois que a Administração Federal de Aviação anunciou que havia concluído a inspeção de 40 aviões 737 Max 9 da Boeing. As ações da Boeing caíram 22% em janeiro, depois que a empresa aeroespacial sofreu problemas recentes, incluindo um painel de porta que explodiu durante um voo. A companhia vale cerca de US$ 122 bilhões. 

Prologis (PLD) 

A Prologis, um dos maiores REITs de galpões e logística do mundo, reportou nesta quarta-feira (17/01/2024), antes da abertura do mercado, seus resultados do quarto trimestre de 2023 com números melhores que o mercado esperava. A Prologis possui ou investe em propriedades e projetos que totalizariam aproximadamente 115 milhões de metros quadrados em 19 países, alugando suas instalações logísticas para uma base de aproximadamente 6.700 clientes – seus cinco principais clientes são Amazon, Fedex, DHL, Maersk e GXO. 

Números Gerais: 

  • Receitas: US$ 1,89 bilhões vs. US$ 1,85 bilhões esperados pelos analistas. 
  • Lucro por Ação ajustado: US$ 0,68 vs. US$ 0,59 estimado. 
  • A Prologis possui um valor de mercado de aproximadamente US$ 120 bilhões, P/E (price/earnings) de 40,07, um dividend yield de 2,68% e no ano as suas ações caem 2,50% em 2024. 

Com informações da Avenue