Aula especial só com mulheres vai te ajudar a entender melhor o mercado financeiro

Iniciativa da plataforma íon Edu, do Itaú, acontece hoje (8)

A plataforma íon Edu, do Itaú Unibanco, está disponibilizando hoje (8), no Dia Internacional da Mulher, uma aula especial com mulheres que atuam no mercado financeiro. O objetivo é contribuir para ampliar a participação feminina no universo de investimentos.

O conteúdo, com o título “Sua história inspira”, é mais uma iniciativa do movimento Mina de Ouro e tem a participação de Flávia Mouta (diretora de emissores da B3), Thalita Forne (gerente de produtos da B3), Lucimara Ferreira (consultora de diversidade, equidade e inclusão com mais de 30 anos de experiência no mercado financeiro) e Roberta Anchieta (diretora de administração fiduciária do Itaú Unibanco).

Elas participam de uma dinâmica na qual contam suas experiências de vida e trajetória no mercado financeiro, trazendo as principais dificuldades enfrentadas pelas mulheres nesse cenário, dicas sobre como contornar os obstáculos e mostrando o caminho para uma nova geração de investidoras.

“Acreditamos que mulheres presentes no mundo dos investimentos e confiantes nas suas escolhas encorajam outras mulheres a protagonizarem sua vida financeira também”, destaca Juliana Ranciaro, gerente de conteúdo de investimento do Itaú Unibanco e uma das responsáveis pelo movimento Mina de Ouro, que também vai mediar a aula especial.

“O objetivo deste conteúdo é incentivar a participação feminina como investidoras ou profissionais do mercado financeiro, trazendo dicas que possam contribuir para termos cada vez mais mulheres presentes”, diz Juliana.

A aula especial pode ser acessada gratuitamente na plataforma do íon Edu neste link.

O que é o Mina de Ouro

O movimento Mina de Ouro é uma iniciativa lançada em julho de 2022 pelo Itaú Unibanco, por meio do íon Itaú, e tem como objetivo fomentar o aumento da participação de mulheres no mercado financeiro e entre investidoras.

Na base da B3, a bolsa de valores do mercado brasileiro, há cerca de 1 milhão de mulheres, o que representa menos de ¼ das pessoas físicas que investem por meio desta plataforma.

“O Mina de Ouro é mais um passo para promover diversidade de gênero na indústria de investimentos, que se soma a diversas outras iniciativas do Itaú de fomento à igualdade, inclusão e diversidade”, diz Juliana.

Atualmente estão disponíveis no canal do íon no YouTube 7 vídeos produzidos pelo movimento Mina de Ouro, abordando temas variados de investimentos e sempre com participação de mulheres.

Além disso, no aplicativo íon, disponível para clientes Itaú, o movimento conta também com uma coluna mensal com artigos de diversas autoras relacionados ao mundo dos investimentos.