Buffett, renda passiva e o novo ETF DIVD11

O que eles têm em comum? Tudo começa com a visão de longo prazo

No primeiro fim de semana de maio, um evento especial agitava os corações dos investidores e entusiastas financeiros ao redor do mundo. Sim, era a tão aguardada reunião anual da Berkshire Hathaway, uma verdadeira festa para os admiradores dos mestres dos investimentos e da renda passiva, Warren Buffett e o saudoso Charlie Munger.

Para aqueles que não estão familiarizados, a reunião anual da Berkshire Hathaway é um evento épico no mundo dos negócios. É uma celebração de sabedoria financeira, onde investidores ávidos se reúnem em Omaha, Nebraska, para ouvir as palavras dos gurus dos investimentos.

Reunião sem Charlie Munger

Este ano, porém, a atmosfera estava diferente. Era a primeira reunião desde a partida de Charlie Munger, o parceiro de Buffett por décadas. Sua ausência deixava um vazio palpável, mas seus ensinamentos e legado permeavam cada canto da sala.

Em meio às homenagens a Munger, é dificil deixar de refletir sobre uma das características marcantes de Buffett: suas frases de efeito que ecoam na mente de todos nós.

Quem nunca ouviu falar da famosa citação: “Se você não encontrar uma maneira de ganhar dinheiro enquanto dorme, você trabalhará até morrer”? Uma verdadeira lição sobre a importância de buscar renda passiva, de acordo com Buffett.

O que é renda passiva?

Mas afinal, o que é renda passiva?

Bem, trata-se daquela renda que chega até nós sem a necessidade de um esforço constante.

É como um riacho que flui tranquilamente, alimentando nossas finanças enquanto desfrutamos da vida.

E uma das formas mais eficazes de alcançar essa tranquilidade financeira é através de ativos pagadores de proventos, inclusive ações pagadoras de dividendos (a depender do perfil do investidor).

As ações que distribuem bons dividendos aos acionistas regularmente não apenas proporcionam um fluxo constante de renda passiva, mas também demonstram a solidez e o compromisso de uma empresa com seus investidores.

É como se cada dividendo recebido fosse um reconhecimento pelo nosso investimento.

ETF revolucionário

E falando em investimentos, não posso deixar de mencionar o novo lançamento da Itaú Asset: o DIVD11, um ETF que promete revolucionar o mercado.

Com oferta aberta desta segunda-feira (13) até o dia 06 de junho e com liquidação financeira em 10 de junho (após o término da oferta), este ETF é uma oportunidade única para os investidores diversificarem seus portfólios e colherem os frutos dos dividendos.

Ah, e o mais interessante de tudo: o ETF concentra os pagamentos numa única data, no 10º dia útil de cada mês, o que ajuda no planejamento financeiro.

Construa seu futuro financeiro

E assim, enquanto os dias passam e o mercado flutua, podemos encontrar conforto no fato de que estamos construindo nosso próprio futuro financeiro. Um dividendo de cada vez, com foco em renda passiva, de acordo com Buffett.

Então, que possamos abraçar essa jornada com otimismo e bom humor, lembrando sempre das sábias palavras de Buffett: “O mercado é como a montanha-russa, mas no final, os investidores de longo prazo sempre saem ganhando”.